conecte-se conosco

Política

Vereadores de Santo Antônio da Platina propõem reajustar salários e aumentar número de parlamentares

Publicado

Por RPC Londrina

Vereadores de Santo Antônio da Platina, no Norte Pioneiro do Paraná, estão propondo reajustar os próprios salários de R$998 para R$4.251 para a próxima legislatura. Os parlamentares também querem aumentar a quantidade de cadeiras do Legislativo municipal, passar de nove para treze.

Na cidade de 45 mil habitantes, o assunto causa polêmica entre os moradores.

“Acho que não é hora de mexer nisso, é preciso respeitar a situação do país e pensar nisso mais tarde quando a situação melhorar”, diz um morador.

“Tudo está errado, tanto o aumento de salário quanto o aumento no número de vereadores. Nossa cidade é pequena, não tem necessidade”, diz outra moradora.

São duas propostas em tramitação.Uma pretende reajustar o salário dos vereadores em 325%. O segundo projeto pretende ampliar o número de vereadores de nove para 13. As propostas são assinadas pela mesa diretora da câmara.

O primeiro secretário da Casa, o vereador Genivaldo Marques (PSDB) defende as alterações. Explicou que as mudanças seguem as regras da Constituição Federal e que há orçamento para isso.

Leia mais:  Votação de reajuste esquenta pauta pré-recesso da Assembleia

“Na realidade não é um aumento, estamos retornando naquilo que era no passado, daquela polêmica, e estamos consertando esse erro. Mesmo tendo esse número maior de vereadores nesse subsídio que estamos colocando ainda vai sobrar economia para Santo Antônio da Platina”, afirmou o vereador Genivaldo Marques.

Comentários Facebook

Política

Eleitores têm até 6 de maio para procurar cartório e regularizar situação eleitoral

Publicado

Para votar nas Eleições Municipais de 2020, os eleitores devem estar atentos ao prazo de 6 de maio, que é o último dia para regularizar a situação na Justiça Eleitoral. A partir do dia 7 de maio até o final da eleição, o Cadastro Eleitoral ficará fechado – período em que nenhuma alteração poderá ser efetuada no registro do eleitor –, sendo permitida somente a emissão da segunda via do título. Esse prazo é importante para que a Justiça Eleitoral tenha um retrato fiel do eleitorado que participará do pleito.
Diversos serviços podem ser solicitados diretamente nos cartórios eleitorais, sem a necessidade de intermediação de terceiros. São eles: emissão do título de eleitor, transferência de domicílio eleitoral, revisão dos dados e cadastramento biométrico, entre outros. Todos esses serviços são gratuitos.

Dia 6 de maio também é a data-limite para o cidadão procurar o cartório para pedir a mudança de domicílio eleitoral e regularizar sua situação, estando apto a exercer o direito de voto.

É possível verificar a regularidade do título acessando o Portal do TSE. Basta clicar em Serviços ao Eleitor e, depois, em Situação Eleitoral. As informações necessárias são nome completo e data de nascimento.

Leia mais:  Greca pede autorização para emprestar R$ 584 milhões

Fonte: Blog Politica em Debate

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana