conecte-se conosco

Política

Eleições 2020

Publicado

Ivan Santos com colaboração dos editores do Bem Paraná

O PSB terá candidatos a prefeito nas principais cidades do Paraná em 2020. O assunto foi um dos temas de uma reunião entre o deputado estadual Luiz Cláudio Romanelli e o deputado federal Aliel Machado ontem em Curitiba. No início da semana, o tema já fora tratado em reunião de bancada da legenda. “Temos quadros preparados para se colocar à disposição da população. O fortalecimento da legenda no Paraná passa pelas disputas municipais das principais cidades do Estado”, afirma Romanelli.

Chapas
Pré-candidato a prefeito de Ponta Grossa (Campos Gerais), Aliel Machado adianta que o PSB já trabalha na construção de chapas para prefeito e vereador em Curitiba, Londrina, Maringá, Foz do Iguaçu, Cascavel. Em Curitiba, o pré-candidato é o deputado federal Luciano Ducci, “Além disso, temos uma forte bancada de deputados estaduais com estruturas bem montadas no interior. Devemos apresentar nomes também para as médias e pequenas cidades”, afirma ele.

Auxílio saúde
Servidores da Assembleia Legislativa promoveram um protesto na sessão da Casa na última quarta-feira, cobrando o pagamento do auxílio saúde aprovado no final do ano passado. A lei contemplava também os funcionários do Tribunal de Contas do Estado, mas segundo os servidores da Assembleia, desde então apenas os servidores do TCE tem recebido o benefício, que varia de R$ 353,99 mensais para a faixa etária entre 18 e 23 anos, a R$ 1.297,19 para 59 anos ou mais. A direção do Legislativo alega que o orçamento da Casa não comporta a despesa. O sindicato da categoria contesta

Leia mais:  Policiais civis podem aderir à greve de servidores dia 25 no Paraná

Vale-alimentação
Indícios de irregularidade levaram o Tribunal de Contas a suspender a licitação da Copel para a contratação de empresa para implementação, gerenciamento e administração de cartões eletrônicos de vale-alimentação, destinados a empregados e administradores da empresa e suas subsidiárias. O TCE acatou representação da empresa Policard Systems e Serviços que apontou irregularidades no edital, como prazo exíguo para apresentação da rede credenciada de estabelecimentos comerciais; e obrigatoriedade da contratada possuir sede, filial ou escritório de representação em Curitiba.

Festas
O Ministério Público estadual entrou com ação na Justiça contra a prefeitura de Farol (região Oeste) por atos de improbidade administrativa, a prefeita Angela Maria Moreira Kraus (PSDB) e quatro empresas, em razão de gastos excessivos com a promoção de festas e eventos no município. Segundo o MP, a prefeitura pretende gastar neste ano até R$ 860.718,00 para a realização de festas e eventos – valor considerado excessivo pela promotoria para um município com cerca de 3.500 habitantes e que tem dívidas acumuladas superiores a R$ 3,1 milhões, incluindo débitos relacionados a serviços de saúde e fornecimento de medicamentos.

Leia mais:  Paraná lança edital para contratação de manutenção da frota

Fora da curva
Os gastos previstos para este ano superam o total somado dos três anos anteriores. Além disso, há indícios de ilegalidade em alguns procedimentos licitatórios realizados pela prefeitura para a organização das festas.

Nepotismo
O MP também entrou com ação contra o prefeito de Nova Aliança do Ivaí (Noroeste), Adir Shimitz (PP), acusado de “transnepotismo”, ou “nepotismo interinstitucional”. Segundo os promotores, o prefeito teria nomeado como servidores oito parentes de sete vereadores, em troca de apoio político.

Comentários Facebook

Política

Eleitores têm até 6 de maio para procurar cartório e regularizar situação eleitoral

Publicado

Para votar nas Eleições Municipais de 2020, os eleitores devem estar atentos ao prazo de 6 de maio, que é o último dia para regularizar a situação na Justiça Eleitoral. A partir do dia 7 de maio até o final da eleição, o Cadastro Eleitoral ficará fechado – período em que nenhuma alteração poderá ser efetuada no registro do eleitor –, sendo permitida somente a emissão da segunda via do título. Esse prazo é importante para que a Justiça Eleitoral tenha um retrato fiel do eleitorado que participará do pleito.
Diversos serviços podem ser solicitados diretamente nos cartórios eleitorais, sem a necessidade de intermediação de terceiros. São eles: emissão do título de eleitor, transferência de domicílio eleitoral, revisão dos dados e cadastramento biométrico, entre outros. Todos esses serviços são gratuitos.

Dia 6 de maio também é a data-limite para o cidadão procurar o cartório para pedir a mudança de domicílio eleitoral e regularizar sua situação, estando apto a exercer o direito de voto.

É possível verificar a regularidade do título acessando o Portal do TSE. Basta clicar em Serviços ao Eleitor e, depois, em Situação Eleitoral. As informações necessárias são nome completo e data de nascimento.

Leia mais:  Governo repassa R$ 40 milhões para transporte coletivo de Curitiba, e Urbs garante passagem a R$ 4,50 até 2020

Fonte: Blog Politica em Debate

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana