conecte-se conosco

Curitiba

Vítimas de explosão em apartamento de Curitiba passam por cirurgia

Publicado

G1 PR

Três vítimas da explosão de um apartamento em Curitiba passam por cirurgia na manhã desta segunda-feira (1º), segundo informações do Hospital Universitário Evangélico Mackenzie.

De acordo com o hospital, esta é a primeira cirurgia pela qual Raquel Lamb e Gabriel Araújo, moradores do apartamento, e Caio Santos, técnico que realizava um serviço de impermeabilização de sofá no local, passam após a explosão.

Mateus Lamb, de 11 anos, também estava no apartamento e foi arremessado do 6º andar do prédio pela explosão. Ele não resistiu aos ferimentos e foi sepultado neste domingo (30).

O procedimento cirurgico acontece para a retirada do tecido morto causado pelas queimaduras e para que os curativos sejam trocados.

Reavaliação das queimaduras

Segundo o hospital, os médicos realizaram uma reavaliação nos ferimentos dos três e identificou que, na verdade, o técnico que realizava o serviço no apartamento teve 65% do corpo queimado na explosão. Inicialmente, os socorristas tinham avaliado que as queimaduras atingiram 35% do corpo dele.

Os médicos também identificaram que Raquel teve menos ferimentos do que inicialmente tinha sido identificado. De acordo com o hospital, ela está com 55% do corpo queimado, ao invés de 80%.

Leia mais:  Justiça autoriza prorrogação do uso da Força Nacional no Paraná e outros quatro estados

Comentários Facebook

Curitiba

VÍDEO: Ônibus com 37 pessoas perde o freio na serra entre Curitiba e Joinville

Publicado

Um ônibus de viagem que fazia o trajeto Belém (PA) – Florianópolis (SC) perdeu os freios enquanto trafegava na rodovia BR-376 na madrugada da Última quarta-feira, 6. O veículo ocupado por 37 passageiros, sendo oito crianças, atingiu 118 km/h e só parou depois de entrar na área de escape do quilômetro 671,7, em Guaratuba (PR). Ninguém se feriu.

De acordo com a Arteris Litoral Sul, concessionária do trecho, o ônibus entrou 115 metros na área de escape por volta da 1h45. O condutor relatou às equipes que não conseguiu mais utilizar os freios dois quilômetros antes da área e, como ele já conhecia o dispositivo, direcionou o ônibus para entrada.

O motorista e os passageiros foram transportados até um posto de apoio para seguirem viagem com suporte da empresa responsável.

Segundo a concessionária, essa foi a sexta vez que um ônibus usou a área de escape, inaugurada em agosto de 2011. Neste período ela foi utilizada por 257 veículos pesados, ajudando a salvar 376 vidas.

Leia mais:  Apenas a Ponta da Pita permanece imprópria para banho

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana