conecte-se conosco

Curitiba

Ipem-PR verifica taxímetros de veículos em Curitiba

Publicado

AEN

O Instituto de Pesos e Medidas do Paraná (Ipem-PR) faz a verificação periódica dos taxímetros instalados nos veículos utilizados para o transporte de passageiros em Curitiba. O trabalho iniciou em 13 de maio o encerramento está previsto para 31 de julho. Até esta sexta-feira (14) foram verificados 1.128 veículos, dos 2.949 táxis cadastrados junto à Companhia de Urbanização Curitiba (Urbs).

O presidente do Ipem-PR, Rubico Camargo, explica que o objetivo da verificação é constatar se o preço registrado no taxímetro corresponde ao trajeto percorrido pelo veículo, com base na distância e no tempo do percurso. De acordo com ele, a ação é importante tanto para o consumidor quanto para o taxista.

“No caso do passageiro, a verificação garante a veracidade do valor que está sendo cobrado. Para o taxista, elimina a concorrência desleal e o uso da tabela com o reajuste de preço, demonstrando confiança para o profissional no momento de realizar a cobrança do consumidor”, destaca Camargo.

A verificação periódica dos taxímetros é obrigatória. O agendamento pode ser feito no site do Ipem-PR (clique aqui).

Os proprietários podem escolher uma data dentro do período estipulado. Os veículos que não tiverem os taxímetros verificados estão sujeitos a autuação.

Leia mais:  Bandidos armados roubam carrão de luxo e mais dois veículos de loja em Curitiba

BALANÇO – Segundo o Ipem-PR, em 2017 foram verificados 2.992 taxímetros. No ano seguinte foram 2.891. De acordo com o gerente de Verificação Metrológica, José Roberto Barcellos, essa redução ocorreu em função do Decreto nº 100/2018, da Prefeitura de Curitiba, que estabelece alterações no Regulamento dos Serviços de Transporte Individual de Passageiros – Táxi, ampliando o tempo de paralisação dos serviços de táxi pelo prazo máximo de 24 meses.

DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS – Para a verificação subsequente periódica o taxista deve apresentar no momento da chegada o Certificado do Veículo (CRVL), o último Certificado de Verificação Metrológica, o Álvara/Permissão da Prefeitura de Curitiba e a Guia de Recolhimento da União (GRU), que pode ser emitida através do site do Ipem-pr, acompanhada do comprovante de pagamento. Para os veículos que utilizam GNV é necessário apresentar também o Certificado de Segurança Veicular, dentro da validade prevista. A pista em que o procedimento é realizado fica na Rua José Gulin, no bairro Bacacheri.

NA PRÁTICA – Durante o procedimento, o metrologista confere o selo do lacre, as marcas de verificação do Inmetro, se algum dígito está queimado e, ainda, se os dados do veículo conferem com o certificado cedido pelo Inmetro. Depois, o metrologista simula corridas com o taxista, na bandeira 1 e na bandeira 2, por uma pista pré-demarcada, que segue as definições do Inmetro. Se aprovado, é colocada uma marca de verificação no instrumento e o taxista recebe o certificado.

Leia mais:  Motorista bêbado bate em carro estacionado e em van escolar em Curitiba

Em caso de reajuste de tarifas ou de alguma manutenção no taxímetro, primeiro os taxistas devem comparecer a uma das oficinas credenciadas junto ao Ipem-PR e ao Inmetro para alterar a tarifa ou fazer a manutenção do aparelho. Posteriormente, devem dirigir-se para os ensaios metrológicos na pista.

OUVIDORIA – Em caso de dúvida, ou para fazer alguma denúncia, o cidadão deve entrar em contato com a Ouvidoria do Ipem-pr por meio do telefone 0800 645 0102, de segunda a sexta, de 8h às 12h e 13h às 17h, ou através do site do Ipem-PR: http://www.ipem.pr.gov.br, no link “Ouvidoria”.

Comentários Facebook

Curitiba

Curitiba é escolhida por revista americana como a cidade mais inspiradora em preservação de áreas verdes

Publicado

Curitiba foi escolhida, segundo a revista americana Wired, como a cidade mais inspiradora em preservação de áreas verdes. O ranking foi postado no perfil do Instagram da revista, que conta com 1,6 milhão de seguidores.

Além de Curitiba, representada na foto por uma belíssima capivara, estão no ranking as cidades de Seul (Coreia do Sul), Copenhagen (Dinamarca), Nova Iorque (Estados Unidos) e Singapura (cidade-estado situada na Ásia).
Ao citar Curitiba a Wired apresentou a capital paranaense como uma cidade planejada, com dez mini florestas, ou seja, os parques de Curitiba. Além disso destacou o reflorestamento de 136 mil árvores entre os anos de 2013 e 2016. A publicação destacou ainda que um dos parques, que é representado na postagem como o Barigui, tem capivaras como moradoras

Comentários Facebook
Leia mais:  500 vagas de emprego estão abertas em Curitiba e RMC. Veja como se candidatar
Continue lendo

Mais Lidas da Semana