conecte-se conosco

Cidades

Professores de Educação Física podem fazer capacitação online para trabalhar com alunos deficientes

Publicado

O Bemdito Foto: Eduardo Fonseca/Revista Adventista

O Ministério da Educação (MEC) oferece curso de capacitação a professores de Educação Física para pessoas com deficiência. O trabalho é resultado de uma parceria com o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). A expectativa do MEC é de 100 mil professores formados pelo curso até 2025. Para participar basta clicar aqui.

De acordo com a diretora de Acessibilidade, Mobilidade, Inclusão e Apoio a Pessoa com Deficiência do MEC, professora Patrícia Neves Raposo, os trabalhos, em muitos pontos, convergem. O curso, denominado “Movimento Paralímpico: fundamentos básicos do esporte”, tem duração de 40 horas. A capacitação é dividida em quatro módulos e oferece as seguintes informações: história dos esportes paraolímpicos; principais regras de cada modalidade; entrevistas com atletas brasileiros.

Ao final, o professor recebe sugestões de atividades práticas para aulas. O curso é gratuito e está disponível na plataforma de ensino a distância do MEC, o Avamec. Dessa forma, o professor pode acessar o conteúdo a qualquer hora, pelo computador, celular ou tablet.

O início do curso é imediato: basta escolher uma das turmas. Aqueles que cumprirem todas as etapas em até 60 dias ganham um certificado.

Leia mais:  Criança recebe descarga elétrica ao tentar tirar pipa de fiação com bambu e vai parar no hospital, em Ponta Grossa

Comentários Facebook

Cidades

Prefeito evangélico é alvo de macumba em Mato Grosso

Publicado

O prefeito Jeferson Ferreira Gomes (DEM), de Comodoro, extremo oeste de MT, que é evangélico, foi surpreendido por um “despacho espiritural” no cemitério da cidade. A informação é do site Olhar Direto.

Segundo a publicação, o despacho foi descoberto na primeira quinzena neste mês.

No local havia um papel com nome do prefeito em cruz, garrafa de cachaça e um sapo morto. Tudo junto e misturado. O “trabalho” foi descoberto por uma moradora que visitava o túmulo de parente.

O despacho estava na porta, com terra de cemitério sobre o nome.

Não se sabe por quais motivos, alguém deseja a morte do prefeito, que não comentou o assunto.

Mistério!

Comentários Facebook
Leia mais:  Criança recebe descarga elétrica ao tentar tirar pipa de fiação com bambu e vai parar no hospital, em Ponta Grossa
Continue lendo

Mais Lidas da Semana