conecte-se conosco

OESTE E SUDOESTE

Dois homens são presos em Guaíra suspeitos de jogar gasolina e colocar fogo em casal de namorados, diz polícia

Publicado

Dois homens foram presos suspeitos de jogar gasolina e colocar fogo em um casal de namorados, em Guaíra, nesta quinta-feira (19), segundo a Polícia Civil.

De acordo com as investigações, uma jovem de 24 anos teve mais de 70% do corpo queimado. Ela morreu três dias depois do incêndio, em um hospital de Curitiba, conforme a polícia.

A segunda vítima, que também foi queimada, é o namorado da jovem. De acordo com a Polícia Civil, ele está internado em estado grave, no Hospital de Queimados de Londrina, no norte do Paraná.

Outras duas pessoas, que estavam na mesma casa, conseguiram fugir do incêndio na residência, segundo a polícia.

Conforme a Polícia Civil, os suspeitos, de 18 e 35 anos, estão sendo investigados pelos crimes de homicídio e três tentativas de homicídio. O caso ocorreu no dia 7 de dezembro, em Mercedes, também no oeste.

A polícia informou ainda que existe um terceiro suspeito envolvido no incêndio. Ele ainda não foi localizado.

Os suspeitos têm passagens por diversos crimes, como roubo, furtos e porte ilegal de arma de fogo, segundo a polícia.

Leia mais:  Adolescente é apreendido suspeito de matar o próprio pai a tiros, em Pato Branco

De acordo com a Polícia Civil, as investigações ainda apuram as motivações do crime.

As prisões foram realizadas pela Polícia Civil de Marechal Cândido Rondon, também no oeste, e contou com o apoio das equipes policiais de Toledo e Guaíra.

Comentários Facebook

OESTE E SUDOESTE

Homens invadem cadeia de Medianeira pelo telhado, cortam cadeados, e soltam 34 presos, diz diretor

Publicado

Trinta e quatro presos fugiram da cadeia pública de Medianeira, no oeste do Paraná, por volta das 3h deste domingo (5).

Segundo o diretor da cadeia, que preferiu não se identificar, pelo menos dois homens de fora pularam o muro, entraram pelo telhado, cortaram os cadeados, e liberaram os presos de duas alas.

Um agente penitenciário estava no local e pediu reforço, ainda conforme o diretor, mas não conseguiu conter a fuga a tempo.

Trinta e um homens e três mulheres escaparam. Até o início da manhã, um deles tinha sido recapturado.

A cadeia pública tem capacidade para 55 presos e estava superlotada com 111 pessoas, segundo o funcionário.

O Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) confirmou a fuga e disse que agentes do Setor de Operações Especiais (SOE) foram acionados e que policiais militares fazem buscas na região.

Comentários Facebook
Leia mais:  Quase 400 mil pessoas passaram pela Expobel
Continue lendo

Mais Lidas da Semana