conecte-se conosco

Curitiba

Obras alteram embarque e desembarque em estações-tubo do Terminal Guadalupe, a partir desta quarta-feira (19)

Publicado

G1 PR

Estações-tubo que ficam ao lado do Terminal Guadalupe, na Rua João Negrão, entre as ruas Pedro Ivo e André de Barros, em Curitiba, serão interditadas a partir desta quarta-feira (19) para obras, segundo o município.

A previsão é de que os trabalhos de revitalização da placa de concreto que fica em frente às estações que recebem ônibus das linhas Sítio Cercado (sentido horário), Caiuá/Cachoeira e Reforço Guadalupe/Fazendinha, motivo da interdição, terminem em 21 dias.

A Prefeitura de Curitiba informou que, durante o fechamento das estações em frente às obras, os passageiros devem embarcar e desembarcar nas estações-tubo da mesma rua, da seguinte forma:

  • Passageiros da linha Sítio Cercado (sentido horário): embarque e desembarque na estação-tubo que recebe as linhas Boqueirão/Centro Cívico e Barreirinha/Guadalupe.
  • Passageiros das linhas Caiuá/Cachoeira e Reforço Guadalupe/Fazendinha: embarque e desembarque na estação-tubo que atende a linhaSítio Cercado (sentido anti-horário).

O município informou que deve inserir cartazes com orientações e manter cobradores nas estações-tubo para repassar informações sobre a mudança aos passageiros.

Comentários Facebook
Leia mais:  Trânsito do Paraná é o segundo que mais mata ciclistas, mostra levantamento

Curitiba

Covid-19: remessa comCovid-19: remessa com 65,5 mil vacinas para crianças chega ao Paraná 65,5 mil vacinas para crianças chega ao Paraná

Publicado

A Sesa (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná) recebeu na madrugada desta terça-feira (18) mais 65.500 vacinas da Pfizer/BioNTech para crianças, de 5 a 11 anos, contra a Covid-19.

Esta é a segunda remessa direcionadA Sesa (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná) recebeu na madrugada desta terça-feira (18) mais 65.500 vacinas da Pfizer/BioNTech para crianças, de 5 a 11 anos, contra a Covid-19.

Esta é a segunda remessa direcionada ao público infantil e faz parte do 78º Informe Técnico do governo federal. O documento orienta os municípios a vacinarem seguindo a ordem de prioridades, começando pelas crianças com comorbidades e deficiências permanentes.a ao público infantil e faz parte do 78º Informe Técnico do governo federal. O documento orienta os municípios a vacinarem seguindo a ordem de prioridades, começando pelas crianças com comorbidades e deficiências permanentes.

As vacinas destinadas às crianças chegaram ao Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, às 23h10, e nos próximos dias serão distribuídas para as 22 Regionais de Saúde do Paraná.

Leia mais:  Viu luzes no céu de Curitiba neste domingo? Saiba o que foi isso e quando o fenômeno vai se repetir

“Estamos só no começo ainda na vacinação deste novo público. Receberemos e vamos distribuir muitos lotes como este, para que, desta forma, consigamos atingir as mais de 1 milhão de crianças do Estado. Estou confiante de que, assim como foi com os adolescentes, teremos bastante comparecimento aos postos de vacinação”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

A imunização das crianças depende de consentimento dos pais ou responsáveis. Caso eles não estejam presentes no momento da vacinação, é necessário entregar uma autorização por escrito.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana