conecte-se conosco

Brasil

Mulher volta do trabalho e descobre que marido matou seu filho

Publicado

Um pai de 34 anos matou o próprio filho, de 2, e depois se matou em Patos de Minas na noite de terça-feira (20). Evandro Araújo não aceitava o fim do casamento quando decidiu cometer o crime. A mulher havia chegado do trabalho quando encontrou os corpos.

Aos gritos, pediu ajuda a vizinhos que chamaram a Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas pai e filho já estavam mortos.

Segundo a PM, os vizinhos e familiares disseram que o casal não brigava. A mulher, no entanto, disse que o casal estava se divorciando.

Nas redes sociais, o casal postava várias fotografias do bebê, que foi sepultado nesta quarta-feira.

Comentários Facebook
Leia mais:  Justiça nega pedido de liberdade e mantém prisão de Paulo Preto

Brasil

PRF alerta que não procedem as informações das Redes Sociais que afirmam sobre as proibições das remoções no CTB

Publicado

A Lei 14.229/21 contemplou processos que já existiam em normativos internos, mantendo condicionantes para veículos prosseguirem viagem.

Redes Sociais informavam que eram proibidas remoções de veículos, mas não é verdade

Diante das alterações recentes no CTB – Código de Trânsito Brasileiro, a PRF – Polícia Rodoviária Federal esclarece que não procedem as informações difundidas nas redes sociais que afirmam sobre a proibição das remoções por agentes de trânsito.

Quanto à aplicação da medida administrativa de remoção do veículo, o texto trata da possibilidade do condutor flagrado com irregularidades que impunham a remoção, poder prosseguir com a viagem.

Mas é importante destacar que tais possibilidades preservaram condicionantes aos agentes de trânsito: oferecer condições de segurança para circulação e desde que não consiga sanar a irregularidade no local da infração.

O coordenador geral de Segurança Viária, o PRF inspetor André Luiz Azevedo, informou que na maioria dos casos em que veículos são flagrados com irregularidades há risco à segurança viária, com a necessidade de remoção.

Leia mais:  Imposto sobre Uber e Netflix: o que se sabe sobre a nova CPMF de Paulo Guedes

André acrescenta que assegurar condições seguras do veículo para circular, visa a preservar a segurança do condutor também e demais usuários das rodovias, sendo dever primário do agente da fiscalização garantir essas condições para justificar a liberação.

Redação – Brasil do Trecho

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana