conecte-se conosco

Região Metropolitana

Hospital é interditado por más condições de higiene no Paraná

Publicado

O Hospital Madre Tereza de Calcutá, em Palmeira, na região dos Campos Gerais do Paraná, foi interditado pela Vigilância Sanitária Estadual. A interdição aconteceu na última terça-feira (7), mas a informação só foi divulgada nesta sexta-feira (10) pelo Coren-PR (Conselho Regional de Enfermagem do Paraná).

Segundo o Conselho, a interdição foi determinada depois de uma vistoria da 3ª Regional de Saúde sobre a grave situação irregular em que funcionava o hospital. A situação teria sido verificada em uma fiscalização do Coren-PR realizada em novembro de 2019.

A fiscalização só pôde ser feita após a entidade conseguir na Justiça um mandado de segurança. O Coren-PR relata que tentou entrar na unidade hospitalar antes, mas foi impedido pela direção do Hospital.  A fiscalização foi motivada por uma denúncia anônima.

O Coren-PR relatou que os fiscais encontraram materiais enferrujados, medicamentos vencidos, condições inadequadas de higiene e limpeza, entre outras infrações sanitárias.

Além disso, o Hospital não possuía médico de plantão e os auxiliares de enfermagem não tinham a supervisão de um enfermeiro. “Foi comunicado o Conselho Regional de Medicina sobre a inexistência de médico em plantão, entre outros eventos que expunham a população e os profissionais de saúde a risco eminente”, explica a Enfermeira chefe do Departamento de Fiscalização, Deliziê Martins.

Leia mais:  Polícia Civil prende grupo na RMC que tem líder preso em penitenciária de Cascavel

O hospital é uma instituição privada e não possui vínculo com o SUS (Sistema Único de Saúde).

Por meio de nota, a Secretaria Estadual de Saúde informou que as irregularidades foram comprovadas e por isso a Vigilância Sanitária fez a interdição cautelar do local. A pasta disse ainda que a medida por ser retirada após a regularização do hospital.

O Ministério Público do Paraná vai investigar o caso.

O Paraná Portal tentou contato com a direção do Hospital Madre Tereza de Calcutá, mas até a publicação desta reportagem ninguém foi encontrado.

Comentários Facebook

Região Metropolitana

Setran alerta para site que promove leilões de veículos de forma ilegal

Publicado

A Setran (Superintendência de Trânsito) denunciou na Polícia Civil um site falso de leilões de veículos. A plataforma usa dados falsos e ainda afirma ter a chance do órgão municipal.

O site falso (setranleiloes.com/br/) apresenta telefones e e-mails inverídicos e se intitula como o site oficial dos leilões de veículos da Setran.

As informações e indicações dos leilões promovidos pela Setran são publicados sempre no site (https://transito.curitiba.pr.gov.br/patio/leilao-eletronico-de-veiculos/52).

Vale lembrar que todos os domínios de secretarias e órgãos da Prefeitura de Curitiba tem sempre a extensão (curitiba.pr.gov.br) dentro do endereço eletrônico.

O boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Civil nesta quarta-feira (6), mas o site falso de leilões segue ativo normalmente.

Comentários Facebook
Leia mais:  Acidente entre carro e moto bloqueia principal rodovia de Colombo
Continue lendo

Mais Lidas da Semana