conecte-se conosco

Curitiba

Feriado será sem água em bairros de Curitiba e São José dos Pinhais. Rodízio vai até domingo

Publicado

O problema da falta de água em Curitiba e região, que assola moradores de diversos bairros que não aguentam mais ficar sem o abastecimento de água, vai seguir pelo menos até o próximo domingo (3), passando inclusive pelo feriado do Dia do Trabalho, nesta sexta-feira (1º). Segundo a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), mais bairros de Curitiba e São José dos Pinhais poderão ficar sem água por causa de um rodízio no abastecimento de água.

Esta constante falta de água até fez o prefeito de Curitiba cobrar uma providência por parte da Sanepar para solucionar o problema.  “O problema é que os reservatórios não conversam entre si, de forma que a Sanepar possa racionar água em toda a cidade”, disse. O prefeito ressaltou também a importância das pessoas economizarem água, principalmente neste época de cuidados e higiene intensificados por causa do coronavírus. “Os engenheiros da Sanepar não são pajés, não conseguem fazer chover”, finalizou o prefeito. Em resposta, a Sanepar disse que está fazendo obras para melhorar o sistema e que avisa com antecedência os moradores sobre as falhas no sistema. O órgão, inclusive, fez um alerta no começo de abril sobre a importância de se economizar água durante a pandemia.

Leia mais:  Rodoviária terá 25 mil embarques em 900 ônibus neste feriado

Veja os locais afetados pelo rodízio

30 de abril – Quinta-feira

São José dos Pinhais: Bairro Preto, Arujá, Del Rey, Quississana, Costeira, Ouro Fino.

Curitiba: Água Verde, Batel, Centro, Rebouças.

Curitiba: Cabral, Juvevê, Hugo Lange, Alto da Glória, Centro, Jardim Social, Bacacheri, Alto da XV, Cristo Rei, Prado Velho, Jardim Botânico.

Curitiba: Campo de Santana, Caximba, CIC, Ganchinho, Tatuquara, Umbará, Sítio Cercado.

São José dos Pinhais: Contenda; Francisco Kuzmanl.

*Retorno previsto para às 8h do dia seguinte

1º de Maio – Sexta-feira

São José dos Pinhais: Afonso Pena, Águas Belas, Independência, Boneca do Iguaçu, Iná, Aviação, Rio Pequeno, São Cristóvão.

Curitiba: Alto Boqueirão, Boqueirão, Ganchinho, Hauer, Pinheirinho, Sítio Cercado, Xaxim, Bigorrilho, Campina do Siqueira, Seminário, Batel, Mercês, Centro.

São José dos Pinhais: Cachoeira, Campina do Taquaral Agarau, Campo Largo da Roseira, Cotia.

*Retorno previsto para às 8h do dia seguinte

2 de maio – sábado

São José dos Pinhais:Aristocrata, Centro, Zaniolo, Braga, Cruzeiro, Águas Belas, Ouro fino, Costeira, Pedro Moro, Santo Antônio, Colônia Rio Grande, Itália, Bom Jesus.

Leia mais:  Entrega de refeições para moradores de rua na Praça Rui Barbosa vira caso de polícia

Curitiba:Campo de Santana, CIC, Ganchinho, Pinheirinho, Sítio Cercado, Tatuquara, Umbará, Jardim Botânico, Rebouças, Centro, Cristo Rei, Hugo Lange, Prado Velho, Juvevê, Alto da XV, Abranches, Bom Retiro, Mercês, Pilarzinho, São Lourenço, Vista Alegre, Cascatinha.

São José dos Pinhais: Contenda; Francisco Kuzman.

*Retorno previsto para às 8h do dia seguinte

3 de maio – Domingo

São José dos Pinhais: Cachoeira,Campina do Taquaral Agarau, Campo Largo da Roseira, Cotia.

 

Comentários Facebook

Curitiba

Covid-19: remessa comCovid-19: remessa com 65,5 mil vacinas para crianças chega ao Paraná 65,5 mil vacinas para crianças chega ao Paraná

Publicado

A Sesa (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná) recebeu na madrugada desta terça-feira (18) mais 65.500 vacinas da Pfizer/BioNTech para crianças, de 5 a 11 anos, contra a Covid-19.

Esta é a segunda remessa direcionadA Sesa (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná) recebeu na madrugada desta terça-feira (18) mais 65.500 vacinas da Pfizer/BioNTech para crianças, de 5 a 11 anos, contra a Covid-19.

Esta é a segunda remessa direcionada ao público infantil e faz parte do 78º Informe Técnico do governo federal. O documento orienta os municípios a vacinarem seguindo a ordem de prioridades, começando pelas crianças com comorbidades e deficiências permanentes.a ao público infantil e faz parte do 78º Informe Técnico do governo federal. O documento orienta os municípios a vacinarem seguindo a ordem de prioridades, começando pelas crianças com comorbidades e deficiências permanentes.

As vacinas destinadas às crianças chegaram ao Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, às 23h10, e nos próximos dias serão distribuídas para as 22 Regionais de Saúde do Paraná.

Leia mais: 

“Estamos só no começo ainda na vacinação deste novo público. Receberemos e vamos distribuir muitos lotes como este, para que, desta forma, consigamos atingir as mais de 1 milhão de crianças do Estado. Estou confiante de que, assim como foi com os adolescentes, teremos bastante comparecimento aos postos de vacinação”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

A imunização das crianças depende de consentimento dos pais ou responsáveis. Caso eles não estejam presentes no momento da vacinação, é necessário entregar uma autorização por escrito.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana