conecte-se conosco

Curitiba

Prefeitura cria Vale Alimentar e estende benefício a 17 mil estudantes carentes

Publicado

A Prefeitura de Curitiba instituiu o Vale Alimentar, no valor de R$ 70 mensal por família, para compensar a falta de alimentação nas escolas e nos CMEIs durante a paralisação das aulas, decretada em função da pandemia de coronavírus. Trata-se da extensão de um benefício que é dirigido as famílias em situação de vulnerabilidade social e que recebem o Bolsa Família do governo federal.

Aproximadamente 17 mil estudantes – 12,8 mil do ensino fundamental e cerca de quatro mil da educação infantil – serão beneficiados.

 

“Curitiba é maior que seus desafios e com estas medidas estamos garantindo alimentação para quem mais precisa”, afirma o prefeito Rafael Greca.

Como vai funcionar

As famílias irão retirar os alimentos em uma das 34 lojas do programa Armazém da Família, da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (SMSAN), existentes no município. Para evitar a aglomeração de pessoas nas lojas, o atendimento será escalonado para 750 pessoas por dia.

Quem tiver direito ao benefício será cadastrado no sistema dos Armazéns da Família, com base em informações da Secretaria Municipal da Educação.

Leia mais:  Homem é preso após assediar adolescente no transporte coletivo de Curitiba

Para pegar os alimentos, o responsável pelo estudante precisa se dirigir a uma das lojas, com o Cadastro de Pessoa Física (CPF) e um documento com foto em mãos.

A logística final de entrega está sendo concluída. O início da distribuição ainda será informado.

Montagem da cesta

O Vale Alimentar dá ao beneficiário a oportunidade de montar uma cesta com os gêneros que a família escolher.

Com R$ 70 é possível comprar nos Armazéns da Família – que vendem produtos até 30% mais baratos que nos mercados convencionais – uma cesta básica com 1 achocolatado 700g, 5kg de açúcar, 5kg de arroz branco tipo1, 500g de café a vácuo, 3 latas de extrato de tomate, 1kg de farinha de mandioca, 5kg de farinha de trigo, 2kg de feijão preto, 3 litros de leite integral, 1,5kg de macarrão c/ovos – espaguete e 1 óleo de soja 900ml.

Quem preferir usar o vale para comprar carnes poderá levar para casa 7kg de peito de frango congelado, 4,5kg de filé de tilápia congelada ou 4,5kg de pernil suíno.

Leia mais:  Curitiba registra aumento do número de mortos no trânsito no primeiro semestre

Comentários Facebook

Curitiba

VÍDEO: Ônibus com 37 pessoas perde o freio na serra entre Curitiba e Joinville

Publicado

Um ônibus de viagem que fazia o trajeto Belém (PA) – Florianópolis (SC) perdeu os freios enquanto trafegava na rodovia BR-376 na madrugada da Última quarta-feira, 6. O veículo ocupado por 37 passageiros, sendo oito crianças, atingiu 118 km/h e só parou depois de entrar na área de escape do quilômetro 671,7, em Guaratuba (PR). Ninguém se feriu.

De acordo com a Arteris Litoral Sul, concessionária do trecho, o ônibus entrou 115 metros na área de escape por volta da 1h45. O condutor relatou às equipes que não conseguiu mais utilizar os freios dois quilômetros antes da área e, como ele já conhecia o dispositivo, direcionou o ônibus para entrada.

O motorista e os passageiros foram transportados até um posto de apoio para seguirem viagem com suporte da empresa responsável.

Segundo a concessionária, essa foi a sexta vez que um ônibus usou a área de escape, inaugurada em agosto de 2011. Neste período ela foi utilizada por 257 veículos pesados, ajudando a salvar 376 vidas.

Leia mais:  Sem ferimentos, mas com os pés amarrados, homem é encontrado morto em Curitiba

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana