conecte-se conosco

Região Metropolitana

Coronavírus circula por 79% das cidades da Região Metropolitana de Curitiba

Publicado

O novo coronavírus já circula por quase todos os municípios da Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Um levantamento feito pelo Bem Paraná com base nos dados divulgados diariamente pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) mostra que 23 dos 29 municípios que compõem a RMC, o equivalente a 79,3% do total, já confirmaram casos de Covid-19, com a doença apresentando incidência de 23,47 casos para cada grupo de 100 mil habitantes.

O boletim mais recente da Sesa, divulgado na tarde de ontem, mostra que os municípios da RMC já registraram 858 casos de Covid-19, com a confirmação de 44 óbitos em seis cidades diferentes, o que significa que 20,7% dos municípios já tiveram alguma morte em decorrência do vírus.

Em números absolutos, Curitiba é a cidade mais afetada, com 582 pacientes contaminados e 31 mortes. A capital paranaense, vale lembrar, concentra quase 53% dos 3,66 milhões de habitantes da Grande Curitiba.

Se considerada a taxa de incidência por 100 mil habitantes, entretanto, a capital paranaense fica em quarto lugar, com 30,11, atrás dos municípios de Agudos do Sul (85,37), Quitandinha (42) e Balsa Nova (38,64). Os dois primeiros municípios já confirmaram oito casos da nova doença cada um, enquanto o último tem cinco registros. A taxa de incidência, portanto, fica elevada pelo fato dessas cidades apresentarem uma população muito pequena – 9.371, 19.049 e 12.941, respectivamente.

Leia mais:  Bairros de Curitiba e RMC ficam sem água na próxima semana

Os municípios que ainda não confirmaram casos de Covid-19, por sua vez, são seis: Tunas do Paraná, Piên, Doutor Ulysses, Cerro Azul, Bocaiúva do Sul e Adrianópolis. Juntas, essas cidades somam uma população de 63.737 pessoas, o equivalente a apenas 1,74% de toda a população que vive na RMC.

Vírus está em todos os 75 bairros da Capital

Na última quarta-feira, a Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba informou que todos os 75 bairros da capital paranaense já registraram casos de moradores infectados pela Covid-19. Se considerados os dados por regionais, Matriz e Santa Felicidade apresentam a maior taxa de incidência de moradores com casos confirmados.

Secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak disse, em live transmitida na página oficial da Prefeitura no Facebook, que o vírus chegou na cidade pela região central e foi se espalhando por todo o município.

“Isso quer dizer que já estamos com o vírus espalhado por todos os cantos e que ele é democrático, não escolhe idade, classe social, muito menos bairro”, alerta a especialista. “Do ponto de vista dos cuidados, as recomendações são as mesmas para todos, e muito especialmente para os grupos de risco. É isolamento social, uso de máscaras, higiene e nada de aglomeração” .

Leia mais:  Tiros, gritaria e choro! Rapaz é morto por homens com colete escrito ‘Polícia Civil’

A regional Matriz é a que apresenta maior número de casos (189) e também a maior taxa de incidência (105,6 registros para cada grupo de 100 mil habitantes) da doença. Na sequência aparece Santa Felicidade, com 100 casos e taxa de 64,3. Na outra ponta, a regional do Tatuquara é a menos impactada até aqui – 9 casos e taxa de 10,5.

Comentários Facebook

Região Metropolitana

IPVA 2022 Paraná: veja como pagar com Pix ou em até 12x

Publicado

Primeira parcela e cota única do IPVA 2022 Paraná começa a vencer e pagamento pode ser feito via Pix ou em até 12x no app Zul+

O IPVA 2022 Paraná começou a vencer hoje (17/01) em todo o estado. E embora esteja mais caro devido à valorização dos carros no Brasil, há uma boa notícia para o motorista paranaense.

O Zul+, principal Autotech da América Latina, permite o pagamento do tributo de maneira descomplicada e inteligente. Com o app, é possível quitar o IPVA e o licenciamento do veículo em menos de 1 minuto com Pix ou em até 12x no cartão de crédito.

Quando vence o IPVA 2022 no Paraná?

O IPVA 2022 começa a vencer no dia 17 de janeiro no Paraná para veículos com placa final 1 e 2. Vale lembrar que o pagamento adiantado já está disponível e não é necessário aguardar o dia exato do vencimento do seu veículo para quitar o imposto.

Veja o calendário completo do IPVA 2022 PR abaixo e saiba até quando você pode pagar.

Saiba como pagar o IPVA 2022 no Paraná

Você pode pagar o IPVA 2022 PR de maneira simples, segura e inteligente com o app Zul+. Veja o passo a passo a seguir:

Leia mais:  Prefeitura e MRV inauguram primeira escola municipal do Distrito da Warta, em Londrina

1) Baixe o app Zul+ aqui

2) Acesse a função de “IPVA”

3) Cadastre seu veículo para consultar o valor do tributo

4) Escolha a melhor opção de pagamento: Pix, parcelado com o Governo ou em até 12x no cartão de crédito

5) Deslize o dedo para pagar

É seguro pagar o IPVA no Zul+?

Sim! O Zul+ é a principal Autotech da América Latina e mais de 3 milhões de motoristas já utilizaram o app para pagar suas taxas.

 Ao todo, são mais de 19 milhões de transações realizadas, 110 mil avaliações nas lojas de aplicativos e uma nota 4,9 de 5 estrelas. Tudo isso graças à simplicidade e segurança que o app oferece ao motorista brasileiro.

 Vale dizer que após você confirmar o pagamento do IPVA no app, o Zul+ quita o débito junto à Secretaria da Fazenda e te envia um comprovante via e-mail com todas as informações necessárias.

O que acontece depois de pagar o IPVA?

Com o IPVA quitado, você já consegue realizar o licenciamento anual do veículo. No app Zul+, você inclusive pode fazer os dois juntos.

Leia mais:  Tiros, gritaria e choro! Rapaz é morto por homens com colete escrito ‘Polícia Civil’

 O licenciamento é fundamental para regularizar a circulação do veículo no Brasil e liberar a emissão do documento eletrônico, o CRLV Digital 2022.

E o que acontece se você não pagar o IPVA?

O IPVA atrasado não rende multa de trânsito e nem apreensão do veículo. No entanto, deixar de pagar o imposto não é uma boa ideia. Confira abaixo todas as consequências do não pagamento:

1) Juros de 0,33% por dia de atraso

2) Bloqueio do licenciamento e do CRLV Digital

3) Nome inscrito na dívida ativa

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana