conecte-se conosco

Curitiba

Bombeiros recebem plataformas especiais de combate a incêndios vindas da Finlândia

Publicado

Tribuna Paraná

O Corpo de Bombeiros do Paraná ganhou um importante reforço esta semana. Na solenidade de comemoração do Dia do Bombeiro terça-feira (2), no quartel-geral em Curitiba, o comando da corporação entregou um dos três caminhões que terão as novas plataformas de combate a incêndio fabricadas na Finlândia.

Este primeiro equipamento será encaminhado para Londrina, no norte do estado. Em agosto está prevista a chegada das outras duas plataformas que serão destinadas para o combate a incêndios em Curitiba e Maringá.

As plataformas possuem 54 metros de altura e podem lançar até 4 mil litros de água e poderiam ser usadas, por exemplo, na explosão do apartamento no bairro Água Verde que vitimou um menino de 11 anos e deixou mais três pessoas feridas gravemente no último sábado (29).

Segundo o comando do Corpo de Bombeiros, as plataformas são mais modernas, por exemplo, do que as usadas no incêndio na Catedral de Notre-Dame, em Paris, na Frana, em abril.

“É um equipamento importantíssimo. Há sete anos estávamos lidando com a burocracia internacional para a compra deste equipamento, que é fruto de longo trabalho de pesquisas, de saber onde teríamos o melhor material possível”, destaca o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Samuel Santos.

Leia mais:  Calor em Curitiba e nas praias! Veja a previsão para o último fim de semana antes do retorno do frio

A fabricante finlandesa Bronto Skylift, especializada em veículos de combate a incêndio, venceu a licitação reaberta pelo governo do Paraná em 2018 para compra dos veículos ao custo de R$ 7,1 milhões. Originalmente, a licitação era de 2011, com ordem de compra de 2013. Entretanto, para conter despesas na Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), o então governador Beto Richa (PSDB) havia adiado a negociação.

O comandante da Polícia Militar (PM), corporação da qual os Bombeiros fazem parte, coronel Péricles de Matos, destacou a importância do equipamento nas três maiores cidades do Paraná. “Se observarmos o desenho das cidades, vamos ver uma verticalização. Então precisamos conceder aos bombeiros a capacidade de atender em elevação”, ressalta Matos.

Galpões

Outra questão que foi destacada na entrega da plataforma terça-feira é a capacidade hidráulica do equipamento. “Não é importante só em edificações altas, mas também em grandes galpões, onde esse tipo de equipamento pode fazer o ‘dilúvio’ que baixa o calor e permite que nossos homens adentrem ao estabelecimento”, explica o coronel Santos.

Leia mais:  Oficinas credenciadas pela JMK para conserto de veículos oficiais do Paraná ficam no prejuízo

Dentro deste perfil citado pelo coronel Matos, o equipamento poderia ter sido usado, por exemplo, no incêndio que destruiu um barracão industrial em Pinhais, na região metropolitana, na noite de terça-feira (2).

Comentários Facebook

Curitiba

VÍDEO: Ônibus com 37 pessoas perde o freio na serra entre Curitiba e Joinville

Publicado

Um ônibus de viagem que fazia o trajeto Belém (PA) – Florianópolis (SC) perdeu os freios enquanto trafegava na rodovia BR-376 na madrugada da Última quarta-feira, 6. O veículo ocupado por 37 passageiros, sendo oito crianças, atingiu 118 km/h e só parou depois de entrar na área de escape do quilômetro 671,7, em Guaratuba (PR). Ninguém se feriu.

De acordo com a Arteris Litoral Sul, concessionária do trecho, o ônibus entrou 115 metros na área de escape por volta da 1h45. O condutor relatou às equipes que não conseguiu mais utilizar os freios dois quilômetros antes da área e, como ele já conhecia o dispositivo, direcionou o ônibus para entrada.

O motorista e os passageiros foram transportados até um posto de apoio para seguirem viagem com suporte da empresa responsável.

Segundo a concessionária, essa foi a sexta vez que um ônibus usou a área de escape, inaugurada em agosto de 2011. Neste período ela foi utilizada por 257 veículos pesados, ajudando a salvar 376 vidas.

Leia mais:  No litoral do Paraná, 30 toneladas de lixo foram coletadas na virada do ano

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana