conecte-se conosco

Curitiba

Após ‘acidente’, casal de turistas vira refém de bandidos e passa por momentos de tensão

Publicado

Um casal de Balneário Camboriú, Santa Catarina, que passeava por Curitiba, enfrentou momentos de pânico na noite desta quinta-feira (27). Depois do que acreditavam ser um acidente, bandidos deram voz de assalto e fizeram homem e mulher reféns num SUV de luxo até que começaram a ser perseguidos pela polícia. A ação, que começou nas proximidades da Praça da Espanha, no Batel, em Curitiba, só acabou na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), depois de uma extensa perseguição policial.

A ação aconteceu por volta das 22h, no momento em que o casal voltava de um jantar em Santa Felicidade. Quando passava pela Alameda Presidente Taunay, o casal foi atingido por um veículo, que tinha sido roubado de um motorista de aplicativo. Neste carro, estavam dois assaltantes.

No momento em que o casal desceu do carro para ver o que tinha acontecido, os bandidos apontaram a arma e deram voz de assalto. Os assaltantes entraram no carro do casal, fazendo os dois reféns, mas não contavam com um detalhe: uma das vítimas estava ao telefone no momento do acidente e a pessoa, do outro lado da linha, percebeu que algo estranho tinha acontecido.

Leia mais:  Chuva e frente fria em Curitiba nesta quarta-feira! Veja a previsão!

Ação frustrada

A pessoa do outro lado da linha era o filho do casal, que, ao perceber que a mãe e o pai estavam em perigo, não só acionou a Polícia Militar (PM) como também conseguiu rastrear o celular da mãe. O rapaz foi passando informações aos policiais, que conseguiram encontrar com o SUV de luxo já em Araucária, Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

Quando viram que tinham sido encontrados, os bandidos tentaram fugir, mas foram perseguidos. Os assaltantes pegaram a PR-423 e, ainda em fuga, conseguiram chegar até a Vila Verde, na CIC, onde acabaram se dando mal. “Eles colidiram contra um meio-fio, furaram o pneu e caíram na ribanceira”, contou o delegado Reinaldo Zequinão, da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), à RPC.

Um preso

Segundo o delegado, neste momento, um dos bandidos fugiu entrando num matagal. “Ele trocou tiros com os policiais, enquanto o outro assaltante se rendeu e foi preso. Os criminosos estavam bem exaltados e falavam a todo o momento que estavam fugindo, mas sem explicar o que era”, disse Reinaldo.

Leia mais:  Câmara vota com urgência projeto pra salvar transporte coletivo de Curitiba na pandemia

O casal, que ainda estava no carro no momento do acidente, saiu sem nenhum ferimento, mas estava em choque. Os dois devem voltar a Balneário Camboriú ainda nesta sexta-feira (28). A informação é a de que os bandidos tinham a intenção de levar o carro, um Range Rover, até Campo Largo, também na RMC. O outro assaltante não foi encontrado.

Por Redação / Tribuna do Paraná

Comentários Facebook

Curitiba

Covid-19: remessa comCovid-19: remessa com 65,5 mil vacinas para crianças chega ao Paraná 65,5 mil vacinas para crianças chega ao Paraná

Publicado

A Sesa (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná) recebeu na madrugada desta terça-feira (18) mais 65.500 vacinas da Pfizer/BioNTech para crianças, de 5 a 11 anos, contra a Covid-19.

Esta é a segunda remessa direcionadA Sesa (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná) recebeu na madrugada desta terça-feira (18) mais 65.500 vacinas da Pfizer/BioNTech para crianças, de 5 a 11 anos, contra a Covid-19.

Esta é a segunda remessa direcionada ao público infantil e faz parte do 78º Informe Técnico do governo federal. O documento orienta os municípios a vacinarem seguindo a ordem de prioridades, começando pelas crianças com comorbidades e deficiências permanentes.a ao público infantil e faz parte do 78º Informe Técnico do governo federal. O documento orienta os municípios a vacinarem seguindo a ordem de prioridades, começando pelas crianças com comorbidades e deficiências permanentes.

As vacinas destinadas às crianças chegaram ao Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, às 23h10, e nos próximos dias serão distribuídas para as 22 Regionais de Saúde do Paraná.

Leia mais:  Mulheres de Curitiba ganham ‘mimo’ na Rua

“Estamos só no começo ainda na vacinação deste novo público. Receberemos e vamos distribuir muitos lotes como este, para que, desta forma, consigamos atingir as mais de 1 milhão de crianças do Estado. Estou confiante de que, assim como foi com os adolescentes, teremos bastante comparecimento aos postos de vacinação”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

A imunização das crianças depende de consentimento dos pais ou responsáveis. Caso eles não estejam presentes no momento da vacinação, é necessário entregar uma autorização por escrito.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana