conecte-se conosco

Curitiba

Prefeitura começa a aplicar 55 mil testes em grupos prioritários

Publicado

A Prefeitura de Curitiba vai ampliar os testes para diagnosticar a covid-19 na cidade. Além dos quadros sintomáticos respiratórios graves, serão testados também os casos leves com vulnerabilidade, os moderados e os profissionais da cidade que estão prestando serviços essenciais diretamente à população.

Os grupos prioritários para aplicação dos 55 mil testes, entre sorológico e molecular (RT-PCR), foram definidos pela Secretaria Municipal da Saúde. O anúncio da ampliação dos testes foi feito nesta terça-feira (2/6) pelo prefeito Rafael Greca e pela secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak.

“Estes testes vão nos ajudar no enfrentamento do vírus e na defesa da população”, declarou Greca.

Para Márcia, a ampliação dos testes ajudará no diagnóstico casos sintomáticos respiratórios na fase inicial da covid-19 e avaliar melhor a distribuição do vírus entre a população.

“Além de melhorar o apoio ao tratamento, podemos evitar a disseminação do vírus, proteger os demais servidores e a população em geral do contágio, e nos permite ainda o retorno ao trabalho de profissionais com resultado negativo para covid-19, mantendo a força de trabalho essencial na prestação de serviços à população”, disse a secretária.

Leia mais:  Única solução para o trânsito de Curitiba é reduzir número de carros, mostra estudo

Grupos para testagem

Os grupos definidos para testagens incluem os contatos, como familiares, de pacientes já confirmados com a doença e também familiares e contatos próximos de pessoas que foram a óbito pela covid-19. Pessoas em situação de rua ou em vulnerabilidade social e ainda os profissionais da cidade mais expostos à transmissão do vírus também terão testes.

“São trabalhadores que não puderam ficar em home office, em isolamento”, lembrou Márcia.

Os testes serão aplicados em todos os moradores e cuidadores das instituições de longa permanência; contatos de pessoas que foram a óbito por covid-19 na cidade; trabalhadores da saúde; como os das UPAs, do Samu e de hospitais, equipes da Fundação de Ação Social (FAS), guardas municipais, fiscais, servidores do Abastecimento que trabalham no atendimento de restaurantes populares e Armazéns da Família; pessoal do serviço funerário; prestadores de serviços, como equipes de limpeza pública, motoristas e cobradores do transporte público; pessoas em situação de rua e de vulnerabilidade social; além de pacientes que fazem diálise.

Leia mais:  Acidente com ônibus que saiu de Curitiba a São Paulo deixa vários feridos

A rede municipal de saúde vai entrar em contato com as pessoas que serão testadas. Não é necessário procurar a rede.

“A testagem precisa seguir uma lógica específica, não podemos sair testando aleatoriamente toda a população. Precisamos de um critério e ele se aplica primeiramente aos mais expostos e vulneráveis, então priorizamos dentro do que temos disponível os trabalhadores da linha de frente da cidade e também a rede de contato de pessoas confirmadamente infectadas”, disse a secretária.

A testagens começam nesta semana e o primeiro grupo são as equipes das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), do Samu, de hospitais e os guardas municipais. As demais etapas serão de forma escalonada e comunicadas na sequência.

Comentários Facebook

Curitiba

Curitiba é escolhida por revista americana como a cidade mais inspiradora em preservação de áreas verdes

Publicado

Curitiba foi escolhida, segundo a revista americana Wired, como a cidade mais inspiradora em preservação de áreas verdes. O ranking foi postado no perfil do Instagram da revista, que conta com 1,6 milhão de seguidores.

Além de Curitiba, representada na foto por uma belíssima capivara, estão no ranking as cidades de Seul (Coreia do Sul), Copenhagen (Dinamarca), Nova Iorque (Estados Unidos) e Singapura (cidade-estado situada na Ásia).
Ao citar Curitiba a Wired apresentou a capital paranaense como uma cidade planejada, com dez mini florestas, ou seja, os parques de Curitiba. Além disso destacou o reflorestamento de 136 mil árvores entre os anos de 2013 e 2016. A publicação destacou ainda que um dos parques, que é representado na postagem como o Barigui, tem capivaras como moradoras

Comentários Facebook
Leia mais:  Prefeitura cria Vale Alimentar e estende benefício a 17 mil estudantes carentes
Continue lendo

Mais Lidas da Semana