conecte-se conosco

Curitiba

Com veto a fogos de artifício com barulho, comércio de Curitiba passa por fiscalização

Publicado

A venda de fogos de artíficio com barulho está proibida em Curitiba desde dezembro de 2020. Por isso, o trabalho de fiscalização junto ao comércio, em função das proximidades das festas de fim de ano, foi intensificado. Na última sexta-feira, 19 de novembro, a Polícia Civil e agentes da prefeitura visitaram 12 estabelecimentos para  orientar os proprietários. A ação teve a participação das secretarias do Meio Ambiente, Urbanismo, da Defesa Civil de Curitiba, Guarda Municipal e o Corpo de Bombeiros.

As orientações foram voltadas ao decreto 1821/2021, em vigor desde dezembro de 2020, que regulamenta a lei que proíbe a soltura de fogos com barulho na cidade, ou seja podem ser usados apenas fogos de artifício com efeitos de cores, os que produzem efeito visual sem tiro. E ainda determina que os consumidores sejam orientados no ato da compra e que o comércio mantenha o cadastro de quem adquirir os produtos.

Ao todo, foram fiscalizados 12 comércios, sendo eles na região da Cidade Industrial de Curitiba, Campo de

Leia mais:  Um em cada cinco curitibanos admite usar o celular enquanto dirige

Santana, Boqueirão, Alto Boqueirão, Sítio Cercado, Capão Raso, Santa Felicidade e Mossunguê.

Alguns dos estabelecimentos foram notificados quanto a ausência de Certificado de Vistoria, regularização de documento e atualização de Certificado de Licenciamento do Corpo de Bombeiros. A ações de orientação e fiscalização continuará até o final deste ano.

Comentários Facebook

Curitiba

Covid-19: remessa comCovid-19: remessa com 65,5 mil vacinas para crianças chega ao Paraná 65,5 mil vacinas para crianças chega ao Paraná

Publicado

A Sesa (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná) recebeu na madrugada desta terça-feira (18) mais 65.500 vacinas da Pfizer/BioNTech para crianças, de 5 a 11 anos, contra a Covid-19.

Esta é a segunda remessa direcionadA Sesa (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná) recebeu na madrugada desta terça-feira (18) mais 65.500 vacinas da Pfizer/BioNTech para crianças, de 5 a 11 anos, contra a Covid-19.

Esta é a segunda remessa direcionada ao público infantil e faz parte do 78º Informe Técnico do governo federal. O documento orienta os municípios a vacinarem seguindo a ordem de prioridades, começando pelas crianças com comorbidades e deficiências permanentes.a ao público infantil e faz parte do 78º Informe Técnico do governo federal. O documento orienta os municípios a vacinarem seguindo a ordem de prioridades, começando pelas crianças com comorbidades e deficiências permanentes.

As vacinas destinadas às crianças chegaram ao Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, às 23h10, e nos próximos dias serão distribuídas para as 22 Regionais de Saúde do Paraná.

Leia mais:  Ação integrada remove cinco caminhões de lixo de casa de acumulador em Curitiba

“Estamos só no começo ainda na vacinação deste novo público. Receberemos e vamos distribuir muitos lotes como este, para que, desta forma, consigamos atingir as mais de 1 milhão de crianças do Estado. Estou confiante de que, assim como foi com os adolescentes, teremos bastante comparecimento aos postos de vacinação”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

A imunização das crianças depende de consentimento dos pais ou responsáveis. Caso eles não estejam presentes no momento da vacinação, é necessário entregar uma autorização por escrito.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana