conecte-se conosco

Região Metropolitana

Caso Aline: pai da jovem é preso suspeito de cometer o crime

Publicado

G1 PR

O pai da terapeuta ocupacional Aline Miotto Nadolny, de 27 anos, foi preso preventivamente – por tempo indeterminado – nesta quinta-feira (13), em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba. Ela foi encontrada morta, em 6 de junho, ao lado da Colônia Penal Agrícola de Piraquara.

Pela manhã, Luiz Carlos Nadolny, de 48 anos, prestou depoimento à polícia e confessou o crime. A motivação, segundo ele, foi um problema familiar. O G1 tenta contato com a defesa dele.

A prisão foi autorizada pelo juiz Rubens dos Santos Junior, da Vara Criminal de Piraquara.

Corpo de Aline foi encontrado em matagal ao lado da Colônia Penal Agrícola, em Piraquara — Foto: Reprodução/RPC

Corpo de Aline foi encontrado em matagal ao lado da Colônia Penal Agrícola, em Piraquara — Foto: Reprodução/RPC

Segundo a polícia, o corpo da terapeuta foi encontrado pelo marido dela. Ele relatou à polícia que a mulher tinha desaparecido na manhã do mesmo dia.

O corpo da jovem tinha sinais de violência, com ferimentos no rosto. Conforme a polícia, ela foi enforcada com um cachecol, que pertencia à vítima.

Leia mais:  Prefeitura da Grande Curitiba faz barreira sanitária neste fim de semana

A jovem Aline Miotto Nadolny era natural de Santa Catarina, e estava morando em Curitiba com o companheiro, no bairro Alto da XV.

Em 6 de junho, ela saiu a pé, e a quase dez quadras do apartamento onde morava, o sinal do celular dela parou de funcionar. Segundo a polícia, isso aconteceu por volta das 6h.

Nove horas depois, o corpo da jovem foi encontrado em um matagal, ao lado da Colônia Penal Agrícola em Piraquara – há 22 km de distância de onde o celular dela parou de dar sinal.

A informação da polícia é de que a vítima, de 27 anos, prestava serviço no presídio. Contudo, o Departamento Penitenciário do Estado do Paraná (Depen) afirmou que ela não fazia parte do quadro de funcionários da Colônia Penal Agrícola.

Segundo o Instituto Médico-Legal (IML), a causa da morte foi esganadura.

O companheiro dela prestou mais de três horas depoimento no sábado (8). No depoimento, ele disse que percebeu que havia algo errado quando ele mandou mensagem para a mulher e, horas depois, ela ainda não havia respondido.

Leia mais:  Recadastramento de taxistas na Grande Curitiba deve ser feito até o início de agosto

O companheiro ainda disse que ligou para o lugar onde ela trabalhava e foi informado que ela não tinha ido trabalhar. Durante as investigações, a polícia apreendeu o computador e o celular do companheiro dela.

Conforme a polícia, havia também a suspeita de envolvimento de presos na morte de Aline. A Delegacia de Piraquara é quem investiga o caso.

Comentários Facebook

Região Metropolitana

Festival de Empreendedorismo reúne 50 expositores no Barigui

Publicado

Frequentadores do Parque Barigui tiveram a oportunidade de conhecer e até comprar, neste sábado (20/11), produtos e serviços de quem empreende e tem negócio em Curitiba e região. O 3º Festival de Empreendedorismo do Vale do Pinhão reuniu, das 10h às 18h, 50 expositores em uma feira no Salão de Atos da Prefeitura.

O evento do ecossistema de inovação do Vale do Pinhão foi organizado pela Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação.

O público pode conferir, durante a feira,  itens de artesanato e produtos de moda e acessórios, beleza, lazer e bem-estar, saúde, casa e decoração. Uma área com artesanato gastronômico e cafés especiais também integrou a programação.

No estande da  artesã Ana Nilcen, os visitantes podiam encontrar porta-guardanapos, porta-copos, jogo americano, enfeites de porta e bordados também, todos os produtos feitos à mão. ‘’Parece que as pessoas este ano estão mais dispostas a comemorar, então confeccionamos produtos tanto para decoração de fim de ano como para uso no dia a dia’’, contou Ana.

Já as empreendedoras Karla Camacho e Elza Bernarde apresentaram para o público produtos de beleza naturais criados por elas e que levam a marca Kaé.  Uma parte dos cosméticos, inclusive, é produzida artesanalmente pelas próprias sócias curitibanas.  A linha conta com xampus e condicionadores sólidos, óleos corporais, sabonetes em barra, sabonetes líquidos, além de toda a linha facial como os séruns, hidratantes e desodorantes sem alumínio.

“A iniciativa do festival do Vale do Pinhão é fantástica e uma grande oportunidade para nós empreendedores mostrarmos a nossa marca e quem somos’’, disse Karla.

Além da feira de empreendedores, também ocorreu, neste sábado (20/11), das 14h às 17h, o Business Round do Festival de Empreendedorismo do Vale do Pinhão. A rodada de negócios foi realizada no formato de “pitch” onde os empreendedores apresentaram produtos e serviços para ponteciais parceiros de negócios, fornecedores e investidores.

Leia mais:  Prefeitura de São José dos Pinhais retoma a Festa do Pinhão

Programação híbrida

A 3ª edição do Festival de Empreendedorismo do Vale do Pinhão teve início, na última terça-feira (16/11), com capacitações diárias on-line com especialistas em inovação do Vale do Pinhão. Temas como Empreendendo do Zero, Atendimento ao Cliente e Franquia Pode Ser o Seu Negócio foram abordados por nomes como Eduardo Taffa, CEO do Sofá Novo de Novo; Márcia Giubertoni, consultora de negócios do Sebrae/PR; e Marcio Aurelio, CEO e co-fundador da Aurelio Luz Franchising & Varejo.

Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba, explicou que o evento encerra as atividades de capacitação no ano dos programas municipais Bom Negócio, Emprendedora Curitibana e Worktiba, oferecendo troca de experiências e conhecimento, além da feira de negócios para apresentação de produtos e serviços.

“O festival começou há dois anos e busca criar oportunidades para que os empreendedores de Curitiba e região possam fazer conexões, se capacitem e apresentem produtos para a população e para potenciais parceiros”, reforçou Cris Alessi.

O 3º Festival de Empreendedorismo do Vale do Pinhão  teve como patrocinadores Datatem, Conta Azul, Positivo Tecnologia, OpenMEI, Dinie e Viacredi.

Leia mais:  Atropelamento na BR-277, em Campo Largo, termina com dois feridos graves

O Instituto Municipal de Turismo, o Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), a Nobis, o Sebrae/PR, a Unibrasil, a Uninter e aUniversidade Positivo foram apoiadores do evento.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana