conecte-se conosco

Brasil

Cantor do The Voice Kids, de 15 anos, é assassinado a tiros

Publicado

Revelado nacionalmente durante sua participação no The Voice Kids, da TV Globo, o cantor Arthur Almeida foi morto na tarde desta quinta-feira (30), em Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco. Mais conhecido como Tuca Almeida, o garoto de 15 anos era natural de Belo Horizonte, e morava em Pernambuco desde 2014 junto com sua família materna.

De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco, um grupo de seis homens entrou em um estabelecimento comercial procurando pelo cunhado de Arthur, que estava com ele.  “De acordo com informações preliminares, um grupo formado por seis homens encapuzados adentrou em um estabelecimento comercial, efetuando disparos de arma de fogo. Procuravam, supostamente, pelo cunhado da vítima, que estava no local acompanhando o jovem e conseguiu fugir”, diz a nota da Polícia Civil enviada ao Diário de Pernambuco.

Ainda segundo o jornal, ocunhado de Arthur é um presidiário colocado em liberdade como medida de prevenção à disseminação da Covid-19 no sistema penitenciário.

Notas de pesar
Tuca Almeida participou da versão infantil do The Voice em 2018, quando tinha apenas 13 anos. Na ocasião da audição às cegas, ele se apresentou com a canção “Price Tag”, de Jessie J., e mostrou todo o seu talento no palco do programa, mas não permaneceu na competição, já que os jurados Simone e Simaria, Claudia Leitte e Carlinhos Brown não viraram as cadeiras.

Leia mais:  Morre aos 56 anos o ex-secretário-geral da Presidência Gustavo Bebianno

Apesar de ter sido eliminado ainda na fase inicial do The Voice Kids, ele não desanimou: passou a fazer campanhas publicitárias regionais e também se apresentava em alguns eventos.

No Instagram, Tuca fez sua última publicação no dia 6 de março; é lá que amigos e admiradores já publicam mensagens de conforto e pesar aos familiares. Em seu perfil, ele definia a mãe, Matilde Azevedo, como “a pessoa mais especial” de sua vida.

O Colégio Madre de Deus, onde o garoto cursava o primeiro ano do ensino médio, lamentou a morte. “Era um menino de ouro e muita luz, que só fazia o bem, além de um excelente aluno. O colégio, por meio de sua administração, professores, funcionários, colegas e comunidade, lamenta profundamente essa tragédia e neste momento de dor e perda, transmite os seus sentimentos aos familiares, amigos e colegas. Estamos de luto”, encerra a nota.

Comentários Facebook

Brasil

PRF alerta que não procedem as informações das Redes Sociais que afirmam sobre as proibições das remoções no CTB

Publicado

A Lei 14.229/21 contemplou processos que já existiam em normativos internos, mantendo condicionantes para veículos prosseguirem viagem.

Redes Sociais informavam que eram proibidas remoções de veículos, mas não é verdade

Diante das alterações recentes no CTB – Código de Trânsito Brasileiro, a PRF – Polícia Rodoviária Federal esclarece que não procedem as informações difundidas nas redes sociais que afirmam sobre a proibição das remoções por agentes de trânsito.

Quanto à aplicação da medida administrativa de remoção do veículo, o texto trata da possibilidade do condutor flagrado com irregularidades que impunham a remoção, poder prosseguir com a viagem.

Mas é importante destacar que tais possibilidades preservaram condicionantes aos agentes de trânsito: oferecer condições de segurança para circulação e desde que não consiga sanar a irregularidade no local da infração.

O coordenador geral de Segurança Viária, o PRF inspetor André Luiz Azevedo, informou que na maioria dos casos em que veículos são flagrados com irregularidades há risco à segurança viária, com a necessidade de remoção.

Leia mais:  De cada dez atendimentos por acidente no SUS, oito são motociclistas

André acrescenta que assegurar condições seguras do veículo para circular, visa a preservar a segurança do condutor também e demais usuários das rodovias, sendo dever primário do agente da fiscalização garantir essas condições para justificar a liberação.

Redação – Brasil do Trecho

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana