conecte-se conosco

Curitiba

Bandidos armados roubam carrão de luxo e mais dois veículos de loja em Curitiba

Publicado

Tribuna Paraná

Cinco homens armados com revólveres invadiram uma loja de veículos usados e levaram três carros na tarde desta segunda-feira (8), entre eles, um modelo de luxo, que pode custar cerca de R$ 100 mil . O objetivo dos ladrões, segundo os funcionários, era roubar cinco carros, mas dois veículos “não pegaram”. Na ação, que ocorreu por volta das 15h15, cinco pessoas foram presas no banheiro do estabelecimento. A loja fica na Avenida Nossa Senhora da Luz, no Bacacheri, em Curitiba. Apesar do medo, ninguém ficou ferido.

Dois funcionários da loja contaram que o grupo se apresentou como possíveis clientes e pediram para ver um carro modelo Peugeot. Nesse momento, pelo menos dois deles apontaram armas de fogo – a princípio revólveres – para o rosto dos vendedores. Cinco pessoas que estavam no piso superior da loja foram amarradas com presilhas de nylon e presas no banheiro. Uma outra funcionária que estava no porão não foi vista pelos criminosos. Por estar concentrada no trabalho, ela não teria percebido a ação no piso de cima.

Leia mais:  Avanço de frente fria vai derrubar a temperatura em Curitiba! Tem até previsão de geada!

Prejuízo

Foram levados o primeiro Peugeot que os suspeitos pediram para ver, um Audi Q5 e uma Renault Duster. Um segundo Peugeot não pegou na partida e os criminosos não encontraram a chave de um Volvo T5.
Ainda segundo os funcionários, todos ficaram presos no banheiro por pelo menos 15 minutos. Os celulares que haviam sido solicitados pelos criminosos foram devolvidos. Somente os veículos foram levados. Os funcionários foram soltos pelo dono da loja, que não estava no local no momento do assalto. Ele preferiu não dar entrevista.

A Polícia Militar (PM) foi acionada logo após a ação e chegou a ir até a loja, mas já não dava mais tempo de fazer rondas em busca dos suspeitos. Imagens de segurança entregues à PM devem auxiliar nas investigações. As imagens não foram cedidas à reportagem. A loja fechou pouco depois das 18h, mas, apesar do susto das pessoas, ela deve funcionar normalmente na terça-feira (9).

Terceiro carro roubado pelos ladrões. Foto: Reprodução/Whatsapp.

Comentários Facebook

Curitiba

Covid-19: remessa comCovid-19: remessa com 65,5 mil vacinas para crianças chega ao Paraná 65,5 mil vacinas para crianças chega ao Paraná

Publicado

A Sesa (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná) recebeu na madrugada desta terça-feira (18) mais 65.500 vacinas da Pfizer/BioNTech para crianças, de 5 a 11 anos, contra a Covid-19.

Esta é a segunda remessa direcionadA Sesa (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná) recebeu na madrugada desta terça-feira (18) mais 65.500 vacinas da Pfizer/BioNTech para crianças, de 5 a 11 anos, contra a Covid-19.

Esta é a segunda remessa direcionada ao público infantil e faz parte do 78º Informe Técnico do governo federal. O documento orienta os municípios a vacinarem seguindo a ordem de prioridades, começando pelas crianças com comorbidades e deficiências permanentes.a ao público infantil e faz parte do 78º Informe Técnico do governo federal. O documento orienta os municípios a vacinarem seguindo a ordem de prioridades, começando pelas crianças com comorbidades e deficiências permanentes.

As vacinas destinadas às crianças chegaram ao Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, às 23h10, e nos próximos dias serão distribuídas para as 22 Regionais de Saúde do Paraná.

Leia mais:  Ano Novo: veja o que abre e o que fecha em Curitiba

“Estamos só no começo ainda na vacinação deste novo público. Receberemos e vamos distribuir muitos lotes como este, para que, desta forma, consigamos atingir as mais de 1 milhão de crianças do Estado. Estou confiante de que, assim como foi com os adolescentes, teremos bastante comparecimento aos postos de vacinação”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

A imunização das crianças depende de consentimento dos pais ou responsáveis. Caso eles não estejam presentes no momento da vacinação, é necessário entregar uma autorização por escrito.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana