conecte-se conosco

Política Nacional

Articulação para aprovação no Plenário começa já, diz secretário da Previdência

Publicado

Camila Turtelli e Eduardo Rodrigues - Estadão Conteúdo

Após a aprovação da reforma da Previdência na Comissão Especial da Câmara, o secretário especial da Previdência, Rogério Marinho, disse na madrugada desta sexta-feira, 5, que o trabalho do governo para seu êxito no plenário da Casa começa já. “Vamos lutar para manter incólume o que saiu aqui da comissão”, afirmou.

Marinho disse que a equipe econômica vai começar a conversar com as bancadas, reorganizar o que remanesceu da votação e parabenizar o relator e o presidente da comissão. “O debate, por mais áspero do que possa parecer, é absolutamente necessário para que a população faça juízo de valor sobre o tema. E é um tema que amadureceu na sociedade”, disse.

Para o secretário, o resultado agora alcançado é “superlativo”. “Isso vai certamente permitir que o País entre no que nós chamamos de ciclo virtuoso de crescimento”, afirmou.

Comentários Facebook
Leia mais:  Relator da Previdência pode fazer ajustes em texto, diz presidente da comissão

Política Nacional

Celular do presidente Jair Bolsonaro também foi alvo de invasão por hackers

Publicado

O grupo hacker preso na terça-feira, 23, atacou celulares do presidente da República, Jair Bolsonaro. A informação foi transmitida pela Polícia Federal ao Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e já foi encaminhada ao presidente. Quatro pessoas presas sob suspeita de invasão de celular de autoridades estão custodiadas em Brasília.

Na nota, o Ministério da Justiça diz que, segundo a PF, “aparelhos celulares utilizados pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, foram alvos de ataques pelo grupo de hackers preso na última terça feira (23)”.

“Por questão de segurança nacional, o fato foi devidamente comunicado ao presidente da República”, acrescenta a nota – que não informa se foi extraído conteúdo de conversas de aparelhos do presidente Jair Bolsonaro.

Leia a íntegra da nota:

“O Ministério da Justiça e Segurança Pública foi, por questão de segurança nacional, informado pela Polícia Federal de que aparelhos celulares utilizados pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, foram alvos de ataques pelo grupo de hackers preso na última terça feira (23). Por questão de segurança nacional, o fato foi devidamente comunicado ao presidente da República”.

Leia mais:  Sergio Moro reclama de ataques e fala em revanchismo

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana