conecte-se conosco

Cidades

Verão Maior: PM confirma redução de crimes no início da temporada

Publicado

O número de ocorrências no litoral paranaense caiu em 16% em comparação com o início da temporada de 2018/2019. De acordo com a Polícia Militar (PM), nos primeiros cinco dias do Verão Maior, foram 628 registros, 120 a menos do que o registrado no ano passado, quando foram 748 ocorrências.

A PM afirmou que o roubo teve a maior queda durante o período analisado pela PM. Foram cinco ocorrências do crime, contra 14 no mesmo período de 2018.

Os furtos caíram de 62 para 54 nos primeiros cinco dias da operação no ano passado. As ocorrências de perturbação de sossego também caíram 15%, de 110 para 93.

“Esse resultado inicial foi alcançado porque atuamos de forma integrada e, principalmente, porque nos planejamos antecipadamente para que o cidadão paranaense possa desfrutar de um verão mais tranquilo”, disse o major. “Atuar nas entradas das cidades, principais vias de acesso aos balneários e diferentes locais dos municípios vem surtindo efeito”, completou.

O major acrescentou que os policiais militares passaram por um nivelamento para que pudessem desempenhar as mesmas ações e falar a mesma linguagem nos atendimentos ao cidadão. “Tivemos também o lançamento do aplicativo 190 PR. No dia 20 os nossos policiais militares já estavam atuando com os recursos, meios e estrutura necessários aqui no Litoral”.

Leia mais:  Ressaca do mar atinge comércio e casas em Matinhos, no Paraná

Comentários Facebook

Cidades

Prefeito evangélico é alvo de macumba em Mato Grosso

Publicado

O prefeito Jeferson Ferreira Gomes (DEM), de Comodoro, extremo oeste de MT, que é evangélico, foi surpreendido por um “despacho espiritural” no cemitério da cidade. A informação é do site Olhar Direto.

Segundo a publicação, o despacho foi descoberto na primeira quinzena neste mês.

No local havia um papel com nome do prefeito em cruz, garrafa de cachaça e um sapo morto. Tudo junto e misturado. O “trabalho” foi descoberto por uma moradora que visitava o túmulo de parente.

O despacho estava na porta, com terra de cemitério sobre o nome.

Não se sabe por quais motivos, alguém deseja a morte do prefeito, que não comentou o assunto.

Mistério!

Comentários Facebook
Leia mais:  UFPR divulga datas das feiras Cursos e Profissões 2019 em Curitiba e Jandaia; confira
Continue lendo

Mais Lidas da Semana