conecte-se conosco

Região Metropolitana

Quatro Barras flexibiliza lockdown na área rural e abertura do comércio local

Publicado

Em Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba, onde foi decretado lockdown na área rural, foi liberado um novo acesso controlado pela Rua Avelino Alves Pires, com acesso a BR-116. A flexibilização ocorre cinco dias após ao início do isolamento da área. Com isso, agora são quatro bloqueios de acesso controlado.
Os agentes de saúde comunicaram a flexibilização à comunidade pela redes sociais e agradeceram o apoio recebido dos moradores da área rural nesse momento de pandemia. “Reforçamos que durante esse período, as pessoas só devem circular para necessidades essenciais,” afirmou o Subcomandante Silva da Guarda Municipal de Quatro Barras.
A partir das 22 horas todos os moradores da área rural deverão permanecer em suas residências. “Esta é uma das ações do Lockdown, para controle da disseminação da Covid19. Pedimos a todos que respeitem as normativas, evitando possíveis penalidades, e mais do que isso, contribuindo para a prevenção da saúde de todos”, conforme comunicado da Prefeitura de Quatro Barras.

O lockdown foi adotado como uma medida intensiva de controle e combate à pandemia que torna obrigatório o distanciamento social. Ele prevê a suspensão total de atividades não essenciais e restrições de circulação. Estão submetidos ao controle de acesso os moradores das regiões do Palmitalzinho, Ribeirão do Tigre, Campininha, Rio do Meio, Estrada do Pocinho e Fazenda Lagoinha.

Leia mais:  Ônibus do transporte coletivo pega fogo na Rodovia dos Minérios

O Lockdown terá um prazo de 15 dias, mas poderá ser prorrogado. Ele também prevê o bloqueio de entradas do perímetro por profissionais de segurança

Comércio
Desde a última segunda-feira, dia 1º de junho, passaram a valer novas normas de funcionamento para o setor de comércio e serviços, como medidas de controle à pandemia da Covid-19.

Comércios e serviços considerados essenciais deverão funcionar até às 20h. A primeira hora de funcionamento deve ser destinada exclusivamente para pessoas que integram o grupo de risco, como idosos, gestantes, lactantes e portadores de doenças crônicas.

A capacidade do estabelecimento não deve ultrapassar os 30% e fica proibido o consumo de qualquer produto em seu interior.

Comércios considerados não essenciais também deverão enquadrar-se em novas regras. O horário de funcionamento passa a ser das 8 às 17 horas.

Fica proibido o ingresso de clientes no estabelecimento, que devem ser atendidos na porta, com a devida sinalização. Todos os produtos comercializados devem ser previamente limpos.

Comentários Facebook

Região Metropolitana

Festival de Empreendedorismo reúne 50 expositores no Barigui

Publicado

Frequentadores do Parque Barigui tiveram a oportunidade de conhecer e até comprar, neste sábado (20/11), produtos e serviços de quem empreende e tem negócio em Curitiba e região. O 3º Festival de Empreendedorismo do Vale do Pinhão reuniu, das 10h às 18h, 50 expositores em uma feira no Salão de Atos da Prefeitura.

O evento do ecossistema de inovação do Vale do Pinhão foi organizado pela Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação.

O público pode conferir, durante a feira,  itens de artesanato e produtos de moda e acessórios, beleza, lazer e bem-estar, saúde, casa e decoração. Uma área com artesanato gastronômico e cafés especiais também integrou a programação.

No estande da  artesã Ana Nilcen, os visitantes podiam encontrar porta-guardanapos, porta-copos, jogo americano, enfeites de porta e bordados também, todos os produtos feitos à mão. ‘’Parece que as pessoas este ano estão mais dispostas a comemorar, então confeccionamos produtos tanto para decoração de fim de ano como para uso no dia a dia’’, contou Ana.

Já as empreendedoras Karla Camacho e Elza Bernarde apresentaram para o público produtos de beleza naturais criados por elas e que levam a marca Kaé.  Uma parte dos cosméticos, inclusive, é produzida artesanalmente pelas próprias sócias curitibanas.  A linha conta com xampus e condicionadores sólidos, óleos corporais, sabonetes em barra, sabonetes líquidos, além de toda a linha facial como os séruns, hidratantes e desodorantes sem alumínio.

“A iniciativa do festival do Vale do Pinhão é fantástica e uma grande oportunidade para nós empreendedores mostrarmos a nossa marca e quem somos’’, disse Karla.

Além da feira de empreendedores, também ocorreu, neste sábado (20/11), das 14h às 17h, o Business Round do Festival de Empreendedorismo do Vale do Pinhão. A rodada de negócios foi realizada no formato de “pitch” onde os empreendedores apresentaram produtos e serviços para ponteciais parceiros de negócios, fornecedores e investidores.

Leia mais:  Ônibus do transporte coletivo pega fogo na Rodovia dos Minérios

Programação híbrida

A 3ª edição do Festival de Empreendedorismo do Vale do Pinhão teve início, na última terça-feira (16/11), com capacitações diárias on-line com especialistas em inovação do Vale do Pinhão. Temas como Empreendendo do Zero, Atendimento ao Cliente e Franquia Pode Ser o Seu Negócio foram abordados por nomes como Eduardo Taffa, CEO do Sofá Novo de Novo; Márcia Giubertoni, consultora de negócios do Sebrae/PR; e Marcio Aurelio, CEO e co-fundador da Aurelio Luz Franchising & Varejo.

Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba, explicou que o evento encerra as atividades de capacitação no ano dos programas municipais Bom Negócio, Emprendedora Curitibana e Worktiba, oferecendo troca de experiências e conhecimento, além da feira de negócios para apresentação de produtos e serviços.

“O festival começou há dois anos e busca criar oportunidades para que os empreendedores de Curitiba e região possam fazer conexões, se capacitem e apresentem produtos para a população e para potenciais parceiros”, reforçou Cris Alessi.

O 3º Festival de Empreendedorismo do Vale do Pinhão  teve como patrocinadores Datatem, Conta Azul, Positivo Tecnologia, OpenMEI, Dinie e Viacredi.

Leia mais:  Carro explode no meio da rua em São José dos Pinhais, na RMC

O Instituto Municipal de Turismo, o Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), a Nobis, o Sebrae/PR, a Unibrasil, a Uninter e aUniversidade Positivo foram apoiadores do evento.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana