conecte-se conosco

Curitiba

PUC PR oferece 90 bolsas de estudo para cursos de graduação Redação

Publicado

PUC PR (Pontifícia Universidade Católica do Paraná) vai disponibilizar 90 bolsas de estudo para cursos de graduação dos quatro campi: Curitiba, Londrina, Maringá e Toledo. Elas serão distribuídas por meio de um processo seletivo VestiBolsa. De acordo com a universidade, as inscrições podem ser feitas até a próxima terça-feira (21).

VestiBolsa é destinado a estudantes que pretendem cursar ensino superior na PUC PR, mas que não podem arcar com a mensalidade. São cinco bolsas de estudo integrais, uma para cada campus. As demais bolsas oferecem descontos de 20% a 50%, conforme o desempenho no processo seletivo.

De acordo com a PUC PR, as bolsas de ensino são válidas para cursos de graduação presencial, nova graduação ou ensino a distância (EaD), distribuídas entre tecnólogos, bacharelados e licenciaturas. Mais de 100 cursos são oferecidos pela instituição.

Conforme a instituição, as provas do VestiBolsa têm uma proposta de redação e 30 questões objetivas — língua portuguesa, matemática e conhecimentos gerais. O processo seletivo é realizado nos quatro campi: Curitiba, Londrina, Maringá e Toledo.

Leia mais:  Jovem que estava desaparecida foi assassinada em Curitiba

As inscrições encerram no dia 21 e as provas serão aplicadas no dia 26, um domingo. De acordo com a PUC PR, a divulgação do resultado está prevista para o dia 3 de fevereiro.

SERVIÇO – Pontifícia Universidade Católica do Paraná

  • Inscrições: até 21/01
  • Provas: 26/01

Comentários Facebook

Curitiba

Defensoria Pública do Paraná emite recomendação aos postos de combustíveis sobre reajuste abusivo

Publicado

O Núcleo de Defesa do Consumidor (NUDECON) da Defensoria Pública do Estado do Paraná (DPE-PR) emitiu, nesta segunda-feira (14), uma Recomendação à entidade que representa os donos de postos de combustíveis do Paraná, o Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Derivados de Petróleo, Gás Natural, Biocombustíveis e Lojas de Conveniência do Estado do Paraná (Paranapetro).

O objetivo, segundo o Coordenador do Núcleo, Defensor Público Erick Lé Palazzi Ferreira, é coibir o abuso quando a Petrobrás anunciar reajustes. “O que se viu em vários casos na última quinta-feira foi uma prática abusiva, uma elevação injustificada dos preços”, explica o Defensor.

De acordo com ele, a Recomendação pretende barrar a prática de repassar o reajuste com produto comprado por preço velho. “Antes de ter sido repassado o aumento, os postos já estavam aplicando. O que fizeram foi pegar um produto mais barato e colocar o preço exorbitante”.

Segundo a Recomendação, os varejistas de combustíveis devem se abster de aumentar os preços antes da existência real de reajuste das distribuidoras. “Caso haja reclamações e comprovação sobre aumento excessivo de combustíveis pelos postos, o Nudecon adotará as medidas judiciais cabíveis, individuais ou coletivas, para areparação de eventuais danos”, afirma a Recomendação.

Leia mais:  Câmeras de segurança flagram momento em que PM troca tiros com suspeito e é baleado em Curitiba

Na semana passada, a Petrobrás anunciou reajuste dos combustíveis. De acordo com a empresa, o aumento seria de 18,77% para a gasolina, 24,9% para o diesel e 16% para o gás de cozinha.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana