conecte-se conosco

Curitiba

Polícia Civil homenageia profissionais de saúde de Curitiba na luta contra o coronavírus

Publicado

Médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e todos os profissionais do Hospital do Trabalhador (HT), referência no tratamento da covid-19 em Curitiba, foram homenageados pela Polícia Civil na noite de terça-feira (29). A homenagem foi no fim de um dos turnos do plantão, quando os funcionários do deixavam o hospital para ir para casa.

Além de ligar as luzes das viaturas, os policiais levaram uma faixa para frente do HT com a frase “Obrigado aos profissionais de saúde. Estamos juntos nessa luta!”. No discurso, o policial João Mário Góes, da comunicação da Polícia Civil, elogiou a dedicação de todos os profissionais de saúde em salvar vidas durante a pandemia.

O diretor do HT, o médico Geci Labres de Souza, agradeceu a homenagem em sua conta no Facebook. “Atitude muita linda e de solidariedade, cercada de bastante emoção”, agradeceu o médico.

A direção do HT decidiu deixar a faixa na frente do hospital enquanto durar a pandemia. Quando a epidemia passar normalidade, a direção do Hospital do Trabalhador fará uma cerimônia com policiais civis para marcar o fim do período de dificuldade.

Leia mais:  Polícia Civil alerta para aumento de casos de golpe no WhatsApp em Curitiba; saiba como se prevenir

“Esta faixa ficará exposta durante toda a Pandemia, ao final faremos um evento semelhante para retirar a faixa e retribuir o carinho destes colegas que também estão trabalhando para segurança da nossa população”, finalizou o diretor do Hospital do Trabalhador.

Luto

Curitiba está de luto em homenagem a outra profissional de saúde. A técnica de enfermagem Valdirene Santos, 40 anos, foi a primeira profissional de saúde vítima de coronavírus no Paraná. Em homenagem a ela, o prefeito Rafael Greca determinou luto oficial na capital, lembrando também de todos os mortos pela covid-19 na cidade. Além do luto oficial, Valdirene também foi homenageada pelos colegas de trabalho no Hospital Marcelino Champagnat.

 

Comentários Facebook

Curitiba

VÍDEO: Ônibus com 37 pessoas perde o freio na serra entre Curitiba e Joinville

Publicado

Um ônibus de viagem que fazia o trajeto Belém (PA) – Florianópolis (SC) perdeu os freios enquanto trafegava na rodovia BR-376 na madrugada da Última quarta-feira, 6. O veículo ocupado por 37 passageiros, sendo oito crianças, atingiu 118 km/h e só parou depois de entrar na área de escape do quilômetro 671,7, em Guaratuba (PR). Ninguém se feriu.

De acordo com a Arteris Litoral Sul, concessionária do trecho, o ônibus entrou 115 metros na área de escape por volta da 1h45. O condutor relatou às equipes que não conseguiu mais utilizar os freios dois quilômetros antes da área e, como ele já conhecia o dispositivo, direcionou o ônibus para entrada.

O motorista e os passageiros foram transportados até um posto de apoio para seguirem viagem com suporte da empresa responsável.

Segundo a concessionária, essa foi a sexta vez que um ônibus usou a área de escape, inaugurada em agosto de 2011. Neste período ela foi utilizada por 257 veículos pesados, ajudando a salvar 376 vidas.

Leia mais:  Caminhão-baú tomba no Contorno Sul e motorista fica ferido, em Curitiba

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana