conecte-se conosco

Esportes

Paraná Clube vive alta expectativa para confronto com Bragantino

Publicado

Tribuna Paraná

O Paraná Clube está com expectativas altas em relação ao que uma vitória diante do Bragantino pode proporcionar à equipe na competição. O duelo com o líder da Série B do Campeonato Brasileiro está marcado para o dia 13 de julho na Vila Capanema e o Tricolor, caso vença e conte com outros resultados, pode entrar no G4. Em sétimo, o time está com 13 pontos, apenas dois a menos que a Ponte Preta, na quarta colocação.

O técnico Matheus Costa vê como fundamental o triunfo para que o Paraná tenha uma certa tranquilidade em relação às estratégias que serão utilizadas no restante da disputa. A equipe estava embalada na Segundona antes da parada para a Copa América e mais próxima da área de classificação. O objetivo é manter o ritmo e alcançar uma vaga entre os quatro primeiros. Assim, o grupo vai trabalhar com mais calma para se manter no topo. “A gente vem de uma sequência boa de duas vitórias e tem a oportunidade de fazer a terceira. Isso gera uma expectativa muito boa e estamos trabalhando com os pés no chão, mas realmente pensando em vencer essa partida para que exista essa possibilidade de entrar no G4”, explicou.

Leia mais:  No Estádio Antônio Accioly, Santos FC empata com o Atlético-GO

Com uma campanha muito regular, a equipe do interior paulista tem seis vitórias, um empate e apenas uma derrota. Será um adversário duro para o Tricolor, que mesmo sabendo das dificuldades vai brigar por esses três pontos diante de seu torcedor. O comandante vê como essencial essa conquista. “Você estando na parte de cima da tabela é um diferencial importante para a sequência e a gente sabe o que a vitória diante do Bragantino pode representar”, afirmou.

Sequência

O Tricolor terá uma maratona de oito jogos em 28 dias com viagens cansativas nesse período e até por conta disso Matheus Costa vê que o time poderá render mais durante esse difícil período caso esteja na parte de cima da tabela. Com pouco tempo de treinos, ele quer gastar esses momentos apenas para pequenos ajustes e não para reformular estratégias. “Vamos ter uma sequência com pouco período de treinamento e aí podemos ajustar o que for necessário com esse tempo mínimo ou até com vídeos. Do contrário, se for uma situação em que precisa treinar muito para a equipe evoluir será complicado. Vencer o Bragantino nos deixará mais tranquilos para buscar os pontos”, esclareceu.

Leia mais:  "O mais importante é que obtivemos o resultado", diz Paulo Autuori

Sem especificar metas que o time terá em relação às 30 rodadas que restam até o fim da competição, Matheus Costa garantiu que o principal neste momento é focar nas vitórias para que assim o time jogue demonstrando convicção em campo. “A meta é sempre a gente atingir os três pontos. É claro que se a gente está na parte de cima da tabela podemos usar mais estratégias. Se jogar com um adversário de baixo sabemos que no desespero pela vitória a tendência é abrir mais espaço”, exemplificou, tendo outras ideias táticas em mente para aplicar com o time em uma classificação confortável. “É muito importante sempre estarmos tranquilos vendo o Paraná Clube lá em cima porque isso nos traz mais confiança dentro do jogo para criar situações com mais segurança no momento de achar o passe, construir uma jogada e finalizar”, arrematou.

Comentários Facebook

Esportes

Abel comanda primeiro treino do Palmeiras em Montevidéu

Publicado


Felipe Melo treinou durante com o grupo (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

O Palmeiras treinou na tarde desta quinta-feira (25), no estádio Gran Parque Central, em Montevidéu (URU), na preparação à final da CONMEBOL Libertadores 2021 contra o Flamengo, neste sábado (27), às 17h, no Estádio Centenário. Sob forte chuva, foi o primeiro trabalho do Verdão em solo uruguaio desde o desembarque no país na noite desta quarta-feira (24).

Após uma atividade de vídeo no hotel e trabalhos de ativação física na academia, os jogadores foram ao campo do Nacional-URU para um treino tático de cerca de 1h de duração comandado pelo técnico Abel Ferreira e sua comissão técnica. Divididos em dois times, os jogadores ensaiaram o posicionamento, movimentações e jogadas, entre outros aspectos.

Assim como no treino de quarta (24), o meio-campista Felipe Melo treinou durante todo o tempo com o grupo. Ao final, o elenco praticou bolas paradas e cobranças de pênaltis e faltas.

Esta é a sexta final de Libertadores na história do Palmeiras. Primeiro clube brasileiro a chegar à decisão do torneio (em 1961, contra o Peñarol-URU, com o jogo de ida em Montevidéu), o Verdão é o que mais vezes alcançou a fase decisiva da competição, ao lado do São Paulo – foi campeão em 1999 e 2020 e vice-campeão em 1961, 1968 e 2000.

  Abel Ferreira comanda treinos visando confronto contra o Ceará

Leia mais:  Abel Ferreira avalia vitória contra Juventude fora de casa e elogia Deyverson

O Maior Campeão do Brasil é ainda o clube brasileiro com mais participações de Libertadores (21, ao lado de São Paulo e Grêmio), mais jogos (209), mais vitórias (116), mais vitórias como visitante (44), mais gols (390), mais gols como mandante (233) e mais gols como visitante (156 tentos).

Os jogadores Wesley e Gustavo Gómez (à direita) durante treinamento no Estádio Gran Parque Central, em Montevidéu (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
fonte: https://www.palmeiras.com.br/pt-br/noticias/abel-comanda-atividade-tatica-no-primeiro-treino-do-palmeiras-em-montevideu/

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana