conecte-se conosco

Região Oeste

Paraguaia é presa por engano no lugar de mulher com mesmo nome

Publicado

Por RPC Foz do Iguaçu

A paraguaia Griselda Diana Cáceres Martínez, que vive há sete anos em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, foi presa por engano no lugar de uma mulher com o mesmo nome, em uma rodovia a cerca de 70 quilômetros da fronteira.

Segundo ela, no momento em que os policiais digitaram o número do documento de identificação no banco de dados da polícia começou o engano.

“Quando eu desci do carro, eles já começaram a falar para mim que eu ia ser levada para a delegacia porque eu tinha um mandado de prisão por homicídio doloso. Eu não acreditei quando eles falaram porque não tinha nada a ver comigo”, contou ela.

Depois da abordagem na rodovia, Griselda foi levada para a sede da Polícia Nacional. Foram necessárias 12 horas até que se comprovasse que ela não era a mulher condenada por um homicídio.

Griselda contou ainda que os policiais chegaram a mostrar uma notícia de um site paraguaio em que uma mulher, que tem o mesmo nome dela, matou o irmão com uma barra de ferro.

Leia mais:  Gasto de R$ 30 mil com guarda-chuvas causa polêmica em Palotina

“Queriam fazer eu duvidar da minha palavra. Perguntavam se eu tinha certeza que não era eu e se eu não conhecia o homem morto”, relatou ela.

Após o ocorrido, Griselda decidiu gravar um vídeo denunciando a prisão irregular.

Para o advogado dela, mesmo com a confirmação de que se tratavam de pessoas diferentes, a polícia manteve a detenção.

“Muitas vezes nós nos deparamos com o descaso por parte do poder publico e isso ocorre em qualquer lugar do mundo. Ela tentou dar a sua versão e foi alvo de descredito das pessoas”, explicou o advogado João Leopoldo Siqueira.

G1 tentou contato com o Ministério da Justiça de Boquerón, no Paraguai, onde está o processo que envolve a mulher condenada, mas não obteve resposta.

Comentários Facebook

Região Oeste

Prefeitura e Câmara debatem início das atividades do programa Foz Conhecendo Foz

Publicado

O Executivo e o Legislativo municipal debateram a efetivação do programa Foz Conhecendo Foz, uma ação estratégica que visa fortalecer o turismo, gerar renda e emprego para centenas de trabalhadores afetados pela pandemia da Covid-19.

A reunião foi realizada na tarde de quarta-feira, 6 de janeiro, com a presença do vice-prefeito, Delegado Francisco Sampaio e da vereadora Anice Gazzaoui, presidente da Comissão de Turismo da Câmara e idealizadora do programa.

Também participaram da reunião o Secretário de Turismo, Paulo Angeli; a diretora de gabinete, Elaine Anderli; o presidente da LIGUIA (Liga Independente dos Guias de Turismo de Foz do Iguaçu), Carlos Alberto; o presidente da COOTRAFOZ, Vitalino Capeletto; e o presidente do SINPROVET (Sindicato dos Motoristas de Vans Escolares) Eudes Maurício Guiotto.

“Definimos alguns encaminhamentos de como será a parte operacional. O Programa terá início no dia 16 de janeiro às 09h da manhã com o primeiro start. Houve o cadastramento e com essas definições o programa entrará em operação”, explicou a vereadora.

“Essa iniciativa da Câmara, acatada pelo prefeito Chico Brasileiro, vai ajudar estes profissionais que tanto sofreram com a pandemia. Nosso objetivo é auxiliar essas pessoas, gerando emprego e renda e contribuindo com a retomada do turismo”, afirmou o vice-prefeito, Francisco Sampaio.

Leia mais:  Câmara de Foz do Iguaçu aprova projeto que multa quem jogar lixo na rua

Inscrições

As inscrições para os profissionais seguem abertas e podem ser feitas na sede da Prefeitura, na Praça Getúlio Vargas, nº 280, Centro, no horário das 8h30 às 14h. Até o momento 116 profissionais do transporte escolar e 167 guias de turismo estão cadastrados.

O programa tem o objetivo de proporcionar, exclusivamente aos moradores de Foz do Iguaçu, visita aos atrativos turísticos. A ideia é contemplar quase mil profissionais do turismo e do transporte escolar que farão os passeios com a população local. A ação conta com auxílio da Secretaria Municipal de Turismo, responsável pela implantação do programa.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana