conecte-se conosco

Paraná

Parada Pet vira uma das maiores feiras de adoção do Paraná

Publicado

Bem Paraná

O Parada Pet de Curitiba terá um espaço de mais de 200 m² que será voltado à adoção de cães e gatos, sendo filhotes e adultos, do Instituto Fica Comigo, organização sem fins lucrativos que tem como objetivo ajudar os animais. No último ano, cerca de 80 animais foram adotados e a ideia é que o número seja ainda maior neste ano.

Nos finais da tarde do evento, um desfile especial com os cães se raça definida tomará conta do Parcão com o intuito de dar um empurrãozinho para quem quer adotar um melhor amigo. O evento já recebeu menção honrosa do Prêmio Personalidade Animal, na categoria “Melhor Evento Animal do Paraná”.

Gastronomia Vegana
Claro que o evento não contará com espaço só para os pets. Os humanos de plantão também poderão desfrutar das operações gastronômicas disponíveis, incluindo pratos vegetarianos e veganos, como a Moqueca Vegana, preparada com banana da terra e leite de coco; e o hambúrguer vegano, composto por feijão, grão de bico, cenoura e berinjela.

Leia mais:  Paraná lidera ranking nacional de violência contra idosos

Sanduíches, barreado, churros, fish n’chips, açaí, cafés e sorvetes também estarão à disposição. Os valores são a partir de R$15.

Patrocinadores e Apoiadores
A terceira edição do Parada Pet bateu o recorde de patrocinadores, com grandes marcas do segmento pet, sendo a Premier Pet, Special Dog, Purina, a Hill’s, Total Alimentos; e como co-patroninadoras, a Gran Plus Affinity, Royal Canin e Adimax. Já, entre os apoiadores, estão o Grupo VB Fino Trato, Biocom, Farmina, Comercial Lupe, Propecuaria, Virbac, Ercosul e MSD.

Acompanhe as redes sociais oficiais: Facebook @eventoparadapet / Instagram: @_parada_pet
O Parada Pet é apresentado pela Casa do Produtor, referência no mercado na capital paranaense, e realizada pela Agência 302, Planeta Brasil Entretenimento e T2.

Comentários Facebook

Paraná

Paraná se aproxima dos 470 mil casos de Covid-19 e mortes já são 8.676

Publicado

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou neste domingo (10) 1.625 casos confirmados e 7 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 469.538 casos confirmados e 8.676 mortos em decorrência da doença.

Os casos deste informe referem-se à pacientes que estiveram ou estão com a doença entre 24 de outubro de 2020 e 8 de janeiro de 2021. Os casos por data de confirmação do diagnóstico, ou encerramento (fechamento) do caso no sistema estão distribuídos nos meses: janeiro de 2021 são 1.541, os demais de 2020 nos meses de outubro 1, novembro 24 e dezembro 59. O detalhamento completo está no arquivo csv.

INTERNADOS – 1.350 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. São 1.075 pacientes em leitos SUS (585 em UTI e 490 em leitos clínicos/enfermaria) e 275 em leitos da rede particular (140 em UTI e 135 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 1.251 pacientes internados, 458 em leitos UTI e 793 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

Leia mais:  No Paraná, 68% dos projetos aprovados na Lei Rouanet não conseguem captar um centavo sequer

ÓBITOS – A secretaria estadual informa a morte de mais 7 pacientes. São 4 mulheres e 3 homens, com idades que variam de 40 a 90 anos. Os óbitos ocorreram nos dias 8 e 9 de janeiro.

Os pacientes que foram a óbito residiam em: Ponta Grossa (3), Arapongas (2). A Sesa registra ainda a morte de uma pessoa que morava em cada um dos seguintes municípios: Ampére e Santa Mariana.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Sesa registra 3.741 casos de residentes de fora, 73 pessoas foram a óbito.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana