conecte-se conosco

Região Oeste

Operação Muralha apreende cerca de R$ 45 milhões em contrabando

Publicado

G1 PR

A Operação Muralha 2019, deflagrada na faixa de fronteira com o Paraguai no dia 13 de maio, apreendeu o equivalente a cerca de R$ 45 milhões em produtos contrabandeados e descaminhados – sem o pagamento de impostos – do país vizinho.

De acordo com o balanço final divulgado nesta terça-feira (9), o valor é 44,7% maior que o registrado durante a operação da Receita Federal em conjunto com o forças policiais em 2018.

Na ação que este ano incluiu o Mato Grosso do Sul foram tiradas de circulação também 2,3 milhões de maços de cigarros, 2,8 toneladas de maconha e 35 mil comprimidos de medicamentos e ampolas de anabolizantes.

Na ação que este ano incluiu o Mato Grosso do Sul foram tiradas de circulação também 2,3 milhões de maços de cigarros — Foto: Receita Federal/Divulgação

Na ação que este ano incluiu o Mato Grosso do Sul foram tiradas de circulação também 2,3 milhões de maços de cigarros — Foto: Receita Federal/Divulgação

No Paraná, as barreiras fixas foram montadas próximo à praça de pedágio da BR-277 em São Miguel do Iguaçu e na BR-163, em Guaíra, ambas no oeste do estado.

Leia mais:  Ciclista morre atropelado enquanto arrumava bicicleta na PR-180

Uma das ações que mais chamou a atenção foi a retenção de 19 ônibus de turismo em um dia. Mercadorias contrabandeadas foram encontradas presas ao corpo dos passageiros, em fundos falsos em bolsas e travesseiros, dentro de garrafas térmicas, em uma caixa de ferramentas e em potes de alimento.

Segundo a Receita Federal, a Operação Muralha “vem atingindo o objetivo de fortalecer o Estado, por meio da integração com as instituições parceiras, no combate aos crimes de fronteira, elevando a percepção de risco e a presença fiscal em toda região de fronteira do Brasil com o Paraguai”.

Em um dia de operação foram retidos 19 ônibus de turismo carregados com mercadorias contrabandeadas — Foto: Receita Federal/Divulgação

Em um dia de operação foram retidos 19 ônibus de turismo carregados com mercadorias contrabandeadas — Foto: Receita Federal/Divulgação

Comentários Facebook

Região Oeste

Prefeitura e Câmara debatem início das atividades do programa Foz Conhecendo Foz

Publicado

O Executivo e o Legislativo municipal debateram a efetivação do programa Foz Conhecendo Foz, uma ação estratégica que visa fortalecer o turismo, gerar renda e emprego para centenas de trabalhadores afetados pela pandemia da Covid-19.

A reunião foi realizada na tarde de quarta-feira, 6 de janeiro, com a presença do vice-prefeito, Delegado Francisco Sampaio e da vereadora Anice Gazzaoui, presidente da Comissão de Turismo da Câmara e idealizadora do programa.

Também participaram da reunião o Secretário de Turismo, Paulo Angeli; a diretora de gabinete, Elaine Anderli; o presidente da LIGUIA (Liga Independente dos Guias de Turismo de Foz do Iguaçu), Carlos Alberto; o presidente da COOTRAFOZ, Vitalino Capeletto; e o presidente do SINPROVET (Sindicato dos Motoristas de Vans Escolares) Eudes Maurício Guiotto.

“Definimos alguns encaminhamentos de como será a parte operacional. O Programa terá início no dia 16 de janeiro às 09h da manhã com o primeiro start. Houve o cadastramento e com essas definições o programa entrará em operação”, explicou a vereadora.

“Essa iniciativa da Câmara, acatada pelo prefeito Chico Brasileiro, vai ajudar estes profissionais que tanto sofreram com a pandemia. Nosso objetivo é auxiliar essas pessoas, gerando emprego e renda e contribuindo com a retomada do turismo”, afirmou o vice-prefeito, Francisco Sampaio.

Leia mais:  Acidente entre van e carro deixa seis feridos na BR-163, em Guaíra

Inscrições

As inscrições para os profissionais seguem abertas e podem ser feitas na sede da Prefeitura, na Praça Getúlio Vargas, nº 280, Centro, no horário das 8h30 às 14h. Até o momento 116 profissionais do transporte escolar e 167 guias de turismo estão cadastrados.

O programa tem o objetivo de proporcionar, exclusivamente aos moradores de Foz do Iguaçu, visita aos atrativos turísticos. A ideia é contemplar quase mil profissionais do turismo e do transporte escolar que farão os passeios com a população local. A ação conta com auxílio da Secretaria Municipal de Turismo, responsável pela implantação do programa.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana