conecte-se conosco

Norte do Estado

Médico é flagrado realizando consultas particulares durante horário de trabalho como servidor público municipal

Publicado

Por Luciane Cordeiro, G1 PR

Um médico concursado da Prefeitura de Astorga, no norte do Paraná, foi preso pela Polícia Civil suspeito de realizar consultas particulares durante o horário de trabalho no município. Segundo o Ministério Público do Paraná (MP-PR), o profissional foi flagrado atuando dessa forma na manhã desta segunda-feira (24)

Segundo o MP-PR, uma denúncia informou que o médico estava deixando a unidade de saúde para atender outros pacientes de forma particular no hospital municipal. Conforme essa denúncia, encaminhada a promotoria na sexta-feira (21), cada consulta valia R$ 150.

O promotor Lucilio de Held Junior diz que decidiu verificar se a denúncia procedia indo direto no posto de saúde nesta manhã.

“O profissional foi até o posto de saúde, registrou o horário de entrada, mas saiu e atendeu duas consultas particulares no hospital municipal. Temos os dois prontuários médicos que comprovam. É autorizado a realização de consultas particulares no hospital municipal, o que não pode é utilizar o horário de trabalho no município para fazer atividades particulares”, explicou.

Leia mais:  Motorista é preso ao transportar detentos da Colônia Penal Agrícola de Maringá

O MP-PR afirma que essa situação estava ocorrendo desde o dia 10. “Nesse período o médico realizou aproximadamente 20 consultas particulares. Agora vamos verificar desde quando essa prática era realizada”, esclareceu o promotor Lucílio Júnior.

O médico Darci Ricardo Ramos é servidor público do município desde 2017, e tem carga horária semanal de 20 horas. Ramos também é vereador em Iguaraçu, cidade vizinha a Astorga.

A defesa do médico Darci Ricardo Ramos disse que não vai se manifestar.

O MP-PR informou que o médico pode responder pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica e prevaricação. O caso será encaminhado à Justiça.

A diretora do Departamento Municipal de Saúde, Carolina Padanoschi, disse que o município não tinha conhecimento sobre a possível irregularidade e que vai investigar o caso. Afirmou que Darci Ramos é um profissional respeitado pela população e comprometido com a comunidade.

A Câmara de Vereadores de Iguaraçu informou que o fato é uma questão profissional do parlamentar, que não tem relação com a Câmara. Por isso, o órgão não vai se manifestar neste momento.

Leia mais:  MP-PR denuncia pai e avó de Eduarda Shigematsu por homicídio e ocultação de cadáver

Comentários Facebook

Norte do Estado

Arapongas:Motociclista perde a vida após acidente na PR-444

Publicado

Um motociclista de 47 anos morreu após um acidente na tarde deste sábado (4) na PR-444 em Arapongas. Socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, Samu e da Viapar foram chamados por volta das 16h15, mas o homem não resistiu aos ferimentos.

Conforme testemunhas, a princípio, o motociclista que seria morador de Arapongas estava no Km1 quando teria desviado de um carro, porém atingiu um tambor que estava na rodovia, uma placa de sinalização, depois

caiu na canaleta, batendo a cabeça.

O local do acidente está em obras, tem uma faixa interditada, o tráfego segue em pista simples e foi instalado algumas lombadas pra controlar a velocidade.

As causas do acidente serão apuradas. O nome da vítima ainda não foi revelado.

Comentários Facebook
Leia mais:  Voluntários retiram mais de 30 toneladas de lixo em córrego para eliminar focos de dengue, em Maringá
Continue lendo

Mais Lidas da Semana