conecte-se conosco

Esportes

Jogador do Athletico é pego no antidoping do Brasileirão

Publicado

Tribuna Paraná

Envolvido no caso do doping do Athletico na Copa Libertadores, o volante Camacho terá mais um capítulo para enfrentar em relação ao seu afastamento. O jogador teve outro teste positivo para uso de substâncias irregulares, mas, desta vez, no Campeonato Brasileiro. O jogo em que o atleta foi submetido a exames foi na goleada por 4×1 do Furacão em cima do Vasco, na primeira rodada da competição. As informações são do site UOL Esportes.

O jogador não vem sendo relacionado, assim como o zagueiro Thiago Heleno, de forma preventiva, já que o julgamento dos dois ainda não foi agendado. Não há possibilidade da punição de Camacho ser agravada por conta do novo teste positivo, uma vez que o período de contaminação pelo uso da higenamina é o mesmo.

O intervalo entre as partidas se enquadra no tempo de eliminação do produto. A substância, depois de consumida, leva de cinco a sete dias para sair do organismo. O zagueiro, que também esteve em campo na estreia do time no Brasileirão, não foi flagrado com a substância.

Leia mais:  Na Argentina, Flamengo faz último treino antes da estreia na Libertadores

Thiago Heleno foi pego no antidoping no dia 9 de abril, na vitória por 1×0 sobre o Tolima, na Arena, enquanto Camacho foi flagrado na derrota por 3×2 para o Jorge Wilstermann, na Bolívia, quatro dias antes do duelo com o Vasco, quando também precisou fazer o exame.

O Athletico assumiu a total responsabilidade pela ingestão da substância. De acordo com o presidente do Conselho Deliberativo do Rubro-Negro, Mário Celso Petraglia, o erro foi do de um profissional do departamento de nutrição do clube, que está respondendo pelo ocorrido.

Comentários Facebook

Esportes

São Paulo empata com o Cuiabá pelo Brasileirão

Publicado


No primeiro confronto entre os clubes na história, o São Paulo empatou com o Cuiabá em 2 a 2 nesta quarta-feira (23), no Morumbi, em duelo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro de 2021.00

Os gols são-paulinos foram marcados por Benitez e Gabriel Sara, ambos no primeiro tempo. Com o resultado, o Tricolor ainda não conseguiu vencer na competição nacional deste ano e, agora, detém três pontos.

No próximo domingo (27), às 20h30, na Arena Castelão, o São Paulo enfrentará o Ceará na sequência do torneio.

Para encarar os mato-grossenses, o time não contou com Miranda (estiramento no músculo posterior da coxa esquerda), William (trauma no joelho direito), Luan (transição para o campo após edema na região posterior da coxa esquerda), Hernanes (aprimora forma física após contratura muscular no tronco) e Luciano (estiramento no músculo posterior da coxa esquerda), além de Arboleda (Seleção do Equador), Reinaldo e Igor Vinícius (suspensos).

Assim, o técnico Hernán Crespo escalou a equipe com Tiago Volpi; Diego Costa, Bruno Alves e Léo; Orejuela, Liziero, Gabriel Sara, Benitez e Welington; Rigoni e Eder.

  Botafogo até que tentou mas perdeu de 3 a 1 para o Grêmio

Leia mais:  Contra Universitario-PER, Palmeiras registra goleada de 6 a 0

O primeiro tempo foi agitado e teve quatro gols. Aos 17 minutos, em grande linda jogada ofensiva, o Tricolor abriu o placar: Orejuela recebeu pela direita e tocou para Rigoni, que deixou Benítez na cara do gol para abrir o placar! 1 a 0!

O São Paulo largou na frente, mas sofreu a virada: aos 23, com Rafael Gava, e aos 38, com Elton, os visitantes balançaram as redes.

No entanto, sem desanimar, o time são-paulino reagiu e deixou tudo igual antes mesmo do intervalo: aos 42 minutos, Sara, que já tinha carimbado o travessão no início do jogo, testou com categoria após cruzamento de Rigoni e empatou. 2 a 2.

Na volta para a etapa complementar, o treinador argentino promoveu a entrada de Dani Alves na vaga de Orejuela – recuperado de lesão, o camisa 10 retornou após nove jogos e estreou no Brasileirão desta temporada.

Mais tarde, Vitor Bueno, Pablo, Talles Costa e Rojas herdaram as vagas de Eder, Rigoni, Welington e Rojas. Mesmo com mais opções ofensivas, o São Paulo não conseguiu furar o bloqueio adversário, e o confronto terminou empatado: 2 a 2.

  Lateral esquerdo Romário é novo reforço do Coritiba

Leia mais:  Tricolor encara o Racing em Avellaneda

SÃO PAULO 2 x 2 CUIABÁ

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 23/06/2021 (quarta-feira)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Marcus Vinicius Gomes (MG) e Fernanda Nândrea Gomes Antunes (MG)
Quarto Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Analista de Campo: Marcio Verri Brandão (SP)
Árbitro de Vídeo: Heber Roberto Lopes (SC)
AVAR: Thiaggo Americano Labes (SC)
Observador de VAR: José Antônio Chaves Franco Filho (RS)

Gols: Benítez, 17/1; Rafael Gava, 22/1; Elton, 38/1; Sara, 42/1
Cartões amarelos: Welington, 21/1; João Lucas, 1/2

SPFC: Volpi; Diego Costa, Bruno Alves e Léo; Orejuela (Daniel Alves, intervalo), Liziero, Sara (Rojas, 40/2), Benitez e Welington (Pablo, 31/2); Rigoni (Talles, 31/2) e Eder (Vitor Bueno, 19/2). Técnico: Hernán Crespo.

CUI: Walter; João Lucas, Marllon, Paulão e Lucas Hernández (Anderson Conceição, 32/2); Yuri (Auremir, 10/2), Rafael Gava, Pepê (Pepê, 32/2) e Clayson (Osman, 23/2); Jonathan Cafu e Elton (Jenison, 23/2). Técnico: Luiz Fernando Iubel.

fonte: http://www.saopaulofc.net/noticias/noticias/campeonato-brasileiro/2021/6/23/sao-paulo-empata-com-o-cuiaba-pelo-brasileirao

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana