conecte-se conosco

Paraná

Paraná é o 3º estado que mais arrecada com IPVA: R$ 3,7 bilhões em 2019

Publicado

No rol dos estados que cobram as maiores alíquotas do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) no Brasil, o Paraná tem uma das maiores frotas do país e é o terceiro que mais arrecada com o tributo. A taxa é de 3,5% do valor de venda, que é determinado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), a Tabela Fipe.

Com cerca de 7,8 milhões de veículos automotores, a frota paranaense fica na terceira posição nacional. Se contados apenas os automóveis, o estado fica em quarto, com 4,5 milhões, conforme os dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Desses, 4,3 milhões de veículos são tributáveis. Lembrando que o IPVA 2020 não será entregue em casa, saiba como ter o boleto.

Em 2019, a arrecadação com o IPVA ficou na casa de R$ 3,7 bilhões, o que representa cerca de 10% da previsão de entradas de impostos do Paraná, conforme previsto na Lei Orçamentária Anual. Como o IPVA é um tributo recolhido pelos estados, as alíquotas variam entre 2% e 4% do valor do veículo. Segundo levantamento feito pela reportagem, 20 unidades da federação cobram taxa menor e apenas quatro cobram mais. O Paraná tem taxa equivalente ao Distrito Federal e Mato Grosso do Sul, de 3,5%, ficando atrás de Goiás, com tarifa de 3,75%, e de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, que taxam em 4%.

Leia mais:  Epidemia de dengue já atinge 88 municípios do Paraná e casos se aproximam de 19 mil

Mesmo com a alta taxa, no número de carros por habitante o Paraná é o quarto do país, com praticamente um carro para cada duas pessoas (0,44 carro/habitante). O Distrito Federal (0,52) lidera essa tabela, seguido por Santa Catarina e São Paulo, mas a diferença estatística é mínima entre os quatro. O Paraná é o sexto estado com maior população do Brasil, com 10,4 milhões de habitantes de acordo com o último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 2010.

Comentários Facebook

Paraná

Paraná se aproxima dos 470 mil casos de Covid-19 e mortes já são 8.676

Publicado

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou neste domingo (10) 1.625 casos confirmados e 7 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 469.538 casos confirmados e 8.676 mortos em decorrência da doença.

Os casos deste informe referem-se à pacientes que estiveram ou estão com a doença entre 24 de outubro de 2020 e 8 de janeiro de 2021. Os casos por data de confirmação do diagnóstico, ou encerramento (fechamento) do caso no sistema estão distribuídos nos meses: janeiro de 2021 são 1.541, os demais de 2020 nos meses de outubro 1, novembro 24 e dezembro 59. O detalhamento completo está no arquivo csv.

INTERNADOS – 1.350 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. São 1.075 pacientes em leitos SUS (585 em UTI e 490 em leitos clínicos/enfermaria) e 275 em leitos da rede particular (140 em UTI e 135 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 1.251 pacientes internados, 458 em leitos UTI e 793 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

Leia mais:  Epidemia de dengue já atinge 88 municípios do Paraná e casos se aproximam de 19 mil

ÓBITOS – A secretaria estadual informa a morte de mais 7 pacientes. São 4 mulheres e 3 homens, com idades que variam de 40 a 90 anos. Os óbitos ocorreram nos dias 8 e 9 de janeiro.

Os pacientes que foram a óbito residiam em: Ponta Grossa (3), Arapongas (2). A Sesa registra ainda a morte de uma pessoa que morava em cada um dos seguintes municípios: Ampére e Santa Mariana.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Sesa registra 3.741 casos de residentes de fora, 73 pessoas foram a óbito.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana