conecte-se conosco

Curitiba

Governo do Paraná desmente lockdown para todo o Estado

Publicado

Em nota oficial à imprensa, o governo do Paraná negou o lockdown em todo o Estado, mas confirma que medidas devem ser anunciadas nesta terça-feira (30). O governo afirma que as medidas estão sendo discutidas em diversas instâncias do Executivo e serão apresentadas aos demais poderes do Estado.

Confira a nota na íntegra:

“O Governo do Paraná informa que está elaborando uma série de medidas para conter o avanço da Covid-19. As medidas estão sendo discutidas em diversas instâncias do Executivo e serão apresentadas aos demais poderes do Estado. A previsão é de que haja ampla divulgação das decisões nesta terça-feira (30). O Governo do Estado antecipa que, diferente do que foi noticiado, não se trata de impor um ‘lockdown’ em todo o Paraná.”

 ‘Lockdown pontual’

Após a repercussão da petição protocolada nesta segunda-feira (29) pelo Ministério Público do Paraná (MPPR) pedindo a invalidação dos decretos que autorizaram o funcionamento das atividades comerciais não essenciais durante o período de emergência por conta da pandemia da covid-19 o governo do Paraná deve anunciar novas medidas de restrição para as regiões do estado que estão mais afetadas e com avanço da pandemia nesta terça (30).

Leia mais:  Região da Praça Osório terá bloqueios para obras de revitalização, em Curitiba

De acordo com o site Bem Paraná, o governo estuda fazer um ‘lockdown pontual’, afetando as macrorregiões Leste e Oeste do Estado, que englobam Curitiba e Região, Campos Gerais e a Região Oeste do Paraná são as regiões provavelmente afetadas pelo lockdown. As duas macrorregiões são as que registram os maiores índices de ocupação de leitos de UTI e enfermarias tanto nos leitos exclusivos para covid-19, quanto nos leitos gerais para o SUS.

Comentários Facebook

Curitiba

Covid-19: remessa comCovid-19: remessa com 65,5 mil vacinas para crianças chega ao Paraná 65,5 mil vacinas para crianças chega ao Paraná

Publicado

A Sesa (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná) recebeu na madrugada desta terça-feira (18) mais 65.500 vacinas da Pfizer/BioNTech para crianças, de 5 a 11 anos, contra a Covid-19.

Esta é a segunda remessa direcionadA Sesa (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná) recebeu na madrugada desta terça-feira (18) mais 65.500 vacinas da Pfizer/BioNTech para crianças, de 5 a 11 anos, contra a Covid-19.

Esta é a segunda remessa direcionada ao público infantil e faz parte do 78º Informe Técnico do governo federal. O documento orienta os municípios a vacinarem seguindo a ordem de prioridades, começando pelas crianças com comorbidades e deficiências permanentes.a ao público infantil e faz parte do 78º Informe Técnico do governo federal. O documento orienta os municípios a vacinarem seguindo a ordem de prioridades, começando pelas crianças com comorbidades e deficiências permanentes.

As vacinas destinadas às crianças chegaram ao Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, às 23h10, e nos próximos dias serão distribuídas para as 22 Regionais de Saúde do Paraná.

Leia mais:  Prefeitura identifica 80 pontos de descarte irregular de entulhos em Curitiba

“Estamos só no começo ainda na vacinação deste novo público. Receberemos e vamos distribuir muitos lotes como este, para que, desta forma, consigamos atingir as mais de 1 milhão de crianças do Estado. Estou confiante de que, assim como foi com os adolescentes, teremos bastante comparecimento aos postos de vacinação”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

A imunização das crianças depende de consentimento dos pais ou responsáveis. Caso eles não estejam presentes no momento da vacinação, é necessário entregar uma autorização por escrito.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana