conecte-se conosco

Cidades

Detentos da Peco trabalham para reconstrução da pista da escola de trânsito

Publicado

O Bemdito

O 7º Batalhão de Polícia Militar (7º BPM) de Cruzeiro do Oeste deve reativar em breve o projeto Escotrans – Escola de Trânsito Infanto-Juvenil. As obras já estão em andamento e contam com mão de obra de apenados da Peco.

De acordo com o 7º BPM o projeto foi elaborado e concretizado no início no ano de 2013 com a inauguração de uma pista de trânsito em miniatura anexa à sede do batalhão.

O projeto atendeu centenas de crianças da rede pública de ensino da cidade e de municípios vizinhos durante muitos anos, mas estava desativado há quatro anos. Mas agora, com a parceria com a prefeitura e a Penitenciária Estadual de Cruzeiro do Oeste, que fornece mão de obra dos apenados, foi iniciada uma reforma na pista.

A previsão do 7º BPM é para que as obras sejam concluídas ainda neste mês e que em agosto as crianças já possam visitar.

O projeto funciona assim: as crianças recebem dos policiais militares aulas de teóricas e práticas sobre as regras vigentes no trânsito Brasileiro. A pista é a maior e mais atrativa ferramenta do projeto, pois retrata os diferentes cenários que existem no trânsito do mundo real, com a finalidade de ensinar às crianças o significado das placas, faixas, cores, sinais de trânsito e a função do semáforo e dos agentes de trânsito.

Leia mais:  Defensoria Pública da União pode deixar de atender no interior do Paraná no fim de julho

 

Comentários Facebook

Cidades

Prefeito evangélico é alvo de macumba em Mato Grosso

Publicado

O prefeito Jeferson Ferreira Gomes (DEM), de Comodoro, extremo oeste de MT, que é evangélico, foi surpreendido por um “despacho espiritural” no cemitério da cidade. A informação é do site Olhar Direto.

Segundo a publicação, o despacho foi descoberto na primeira quinzena neste mês.

No local havia um papel com nome do prefeito em cruz, garrafa de cachaça e um sapo morto. Tudo junto e misturado. O “trabalho” foi descoberto por uma moradora que visitava o túmulo de parente.

O despacho estava na porta, com terra de cemitério sobre o nome.

Não se sabe por quais motivos, alguém deseja a morte do prefeito, que não comentou o assunto.

Mistério!

Comentários Facebook
Leia mais:  Defensoria Pública da União pode deixar de atender no interior do Paraná no fim de julho
Continue lendo

Mais Lidas da Semana