conecte-se conosco

Geral

Cursos de boas práticas em aplicação aérea e terrestre iniciam na próxima semana

Publicado

Doze municípios de Mato Grosso recebem o treinamento entre 02 e 11 de julho

A Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) realiza, de 02 a 11 de julho, o treinamento “Tecnologia de Aplicação Aérea e Terrestre”, em 12 municípios de Mato Grosso. O curso é uma parceria com a Syngenta e será ministrado pelo professor Ulisses Guimarães, do Departamento de Engenharia Rural da Faculdade de Ciências Agronômicas da Universidade Estadual de São Paulo (Unesp), campus Botucatu.
Os municípios que receberão o treinamento são: Tangará da Serra (02/07), Campos de Júlio (03/07), Sapezal (03/07), Campo Novo do Parecis (04/07), Diamantino (04/07), Tapurah (05/07), Sorriso (05/07), Cláudia (06/07), Alto Garças (09/07), Itiquira (10/07), Jaciara (11/07) e Primavera do Leste (11/07).
O treinamento teórico terá uma hora e abordará tanto aplicação aérea como terrestre. Os temas serão: boas práticas, geração de gotas, cobertura e deposição, risco de deriva e interferências das caldas no desempenho da tecnologia da aplicação.
No caso da parte prática, cada região escolheu previamente se o curso seria focado na aplicação terrestre ou aérea. A duração é de duas horas. No caso da aplicação aérea, os alunos aprenderão sobre calibração da aeronave, ajustes dos parâmetros da pulverização e o risco de deriva. Já na aplicação terrestre, a abordagem será sobre regulagem de bico e barra e risco de deriva.
“O objetivo do treinamento é ensinar e difundir práticas para aperfeiçoar os recursos e reduzir impactos em sistemas de produção agrícola. Poderão participar produtores rurais, aplicadores e pessoas ligadas ao agronegócio”, explica a gerente de Pesquisa e Gestão de Propriedades da Aprosoja, Cristiane Sassagima.
Mais informações – Os interessados poderão tirar dúvidas com os supervisores de projeto de cada região, na sede da Aprosoja em Cuiabá e com os representantes técnicos de vendas da Syngenta nas regiões. O treinamento é gratuito e não é necessário fazer inscrição antecipada.
Locais dos cursos:

 

Leia mais:  Campanha de vacinação contra gripe atinge 65% do público-alvo no Rio

Data

Horário

Municípios

Aula teórica

Aula prática

02/07

14h às 17h

Tangará da Serra

Hangar da Fazenda Jatobá

Faz. Jatobá

03/07

8h às 12h

Campos de Júlio

Faz. Simarelli – Grupo Bom Futuro

Faz. Simarelli – Grupo Bom Futuro

14h às 17h

Sapezal

Faz. Encantado I

Faz.  Encantado I

04/07

8h às 12h

Campo Novo do Parecis

Sindicato Rural

Faz.  Nossa Senhora Aparecida

14h às 17h

Diamantino

Faz. Hervalense

Faz.  Hervalense

05/07

8h às 12h

Tapurah

Sindicato Rural

Faz.  Verde Vale

14h às 17h

Sorriso

Sindicato Rural

Faz.  Bela Vista I

06/07

8h às 12h

Cláudia

NAC (Núcleo Avançado de Capacitação)

Parque de Exposição

09/07

14h às 17h

Alto Garças

Faz. Prata II

Faz.  Prata II

10/07

8h às 12h

Itiquira

Faz. Esperança

Faz.  Esperança

11/07

8h às 12h

Jaciara

Faz. Entre Rios

Faz.  Entre Rios

14h às 17h

Primavera do Leste

À definir

À definir

 

Comentários Facebook

Geral

PF desarticula quadrilha que roubava funcionários dos Correios na Grande Curitiba

Publicado

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta a segunda fase da operação Mascarados, que tem como o objetivo de desarticular grupo suspeito de efetuar seis roubos contra funcionários dos Correios no ano de 2020, em Curitiba e Colombo, no Paraná. Os fatos criminosos ocorreram no mês de dezembro, quando um grande volume de mercadorias SEDEX são distribuídas pelos Correios, em razão das compras de natal.

Conforme foi identificado na investigação policial, os criminosos utilizaram arma de fogo para praticar o crime, abordando o carteiro e roubando o veículo de distribuição. A subtração dos objetos postais do veículo ocorria de forma rápida em um ponto ainda próximo ao local dos fatos, ocorrendo o transbordo para um veículo dos suspeitos. A divisão dos objetos roubados era realizada em uma das residências dos investigados, no município de Colombo/PR.

A prisão no dia de hoje ocorreu no município de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. O preso será indiciado pelo crime de receptação e roubo qualificado, cuja pena pode chegar a 15 anos de reclusão.

Leia mais:  MDB nega debandada e reafirma apoio à candidatura de Wellington Fagundes

O mandado judicial foi expedido 9ª Vara da Justiça Federa em Curitiba/PR.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana