conecte-se conosco

Paraná

Coronavírus: A Revista Paraná mostra o que foi cancelado ou adiado no Paraná

Publicado

Ações do poder público e da iniciativa privada visam prevenir a transmissão do vírus. Segundo os últimos dados do Ministério da Saúde, no estado são 80 casos suspeitos e seis confirmados.

Com o intuito de prevenir a transmissão do novo coronavírus, autoridades públicas e organizadores de atividades particulares, com aglomeração de pessoas, decidiram suspender ou adiar os eventos.

Os últimos dados do Ministério da Saúde, divulgados no domingo (15), mostraram que no Paraná há 80 casos suspeitos do novo coronavírus; seis pessoas testaram positivo; e 50 suspeitas foram descartadas.

Não há confirmação de transmissão comunitária – que são aqueles casos em que não é possível identificar a trajetória de infecção do vírus.

UNIVERSIDADES

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) e a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) suspenderam as aulas por duas semanas por causa do novo coronavírus.A medida é válida para as atividades letivas acadêmicas presenciais, a partir desta segunda-feira (16).

A Universidade Estadual de Londrina (UEL), no norte do Paraná, suspendeu, por recomendação do Ministério da Saúde, todos os eventos com aglomerações de pessoas como uma das medidas de prevenção ao novo coronavírus. Palestras, simpósios, congressos e outros eventos acadêmicos.

Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) anunciou que palestras, seminários, eventos culturais e desportivos, previstos para março e abril, devem ser cancelados.

Os campi de Realeza, no sudoeste do Paraná, e de Laranjeiras do Sul, na região central do estado, da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) estão com as atividades acadêmicas presenciais suspensas a partir desta segunda-feira (16).

Universidade Positivo anunciou que vai seguir as recomendações das autoridades públicas de saúde e que as aulas presenciais dos alunos de graduação e pós-graduação foram suspensas de 17 a 29 de março.

RESTAURANTES UNIVERSITÁRIOS

Universidade Federal do Paraná vai fechar os Restaurantes Universitários (RUs) a partir desta segunda-feira (16). O objetivo da medida, de acordo com a UFPR, é evitar o aglomerado de pessoas nos RUs e a contaminação de alimentos e utensílios de cozinha.

Comentários Facebook

Paraná

Paraná se aproxima dos 470 mil casos de Covid-19 e mortes já são 8.676

Publicado

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou neste domingo (10) 1.625 casos confirmados e 7 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 469.538 casos confirmados e 8.676 mortos em decorrência da doença.

Os casos deste informe referem-se à pacientes que estiveram ou estão com a doença entre 24 de outubro de 2020 e 8 de janeiro de 2021. Os casos por data de confirmação do diagnóstico, ou encerramento (fechamento) do caso no sistema estão distribuídos nos meses: janeiro de 2021 são 1.541, os demais de 2020 nos meses de outubro 1, novembro 24 e dezembro 59. O detalhamento completo está no arquivo csv.

INTERNADOS – 1.350 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. São 1.075 pacientes em leitos SUS (585 em UTI e 490 em leitos clínicos/enfermaria) e 275 em leitos da rede particular (140 em UTI e 135 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 1.251 pacientes internados, 458 em leitos UTI e 793 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

Leia mais:  Sul do Paraná pode ter neve entre a sexta-feira e o sábado, aponta meteorologia

ÓBITOS – A secretaria estadual informa a morte de mais 7 pacientes. São 4 mulheres e 3 homens, com idades que variam de 40 a 90 anos. Os óbitos ocorreram nos dias 8 e 9 de janeiro.

Os pacientes que foram a óbito residiam em: Ponta Grossa (3), Arapongas (2). A Sesa registra ainda a morte de uma pessoa que morava em cada um dos seguintes municípios: Ampére e Santa Mariana.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Sesa registra 3.741 casos de residentes de fora, 73 pessoas foram a óbito.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana