conecte-se conosco

Política

Câmara de Vereadores de Ibaiti debate Segurança Pública em audiência hoje a noite

Publicado

Câmara Municipal de Ibaiti realiza nesta segunda-feria (01), uma audiência pública para debater a Segurança Pública no município.

A audiência foi proposta pelo presidente da casa, o vereador Sidinei Róbis de Oliveira.

Um dos temas a ser discutido será a situação do prédio da cadeia pública localizado no centro da cidade. Construído em 1950, a cadeia está ao lado de uma creche, uma escola, projeto infantil, hospital municipal, terminal rodoviário, feira da lua e a própria Câmara Municipal.

No último dia 22 uma rebelião destruíu a Delegacia de Polícia que fica anexa a cadeia. Todas as salas adminsitrativas foram destruídas, entre elas, sala de investigações, inquéritos, cartórios, sala de imprensa, cozinha, banheiros, sala do delegado, recepção, sala de registro de BO, além de equipamentos, viaturas queimadas e computadores. O valor do prejuízo para o Estado ainda não foi calculado mas deve passar de meio milhão de reais.

No mês de maio uma audiência pública já havia sido realizada na Câmara para tratar o tema.

Leia mais:  Deputado cria Frente Parlamentar pelo Desenvolvimento do Noroeste do Paraná

Participaram além dos vereadores, o prefeito Dr. antonely Carvalho, o vice Ulisses Mingote, o degado chefe da 37ª Delegacia Regional de Polícia de Ibaiti Dr. Pedro Dini Neto, o major sub-comandante do 2º Batalhão, Emerson Castelo Branco, representantes da OAB e sociedade civil organizada.

Foram discutidos vários projetos para melhorar a segurança na cidade, entre eles a contrução de um presídio fora da área urbana, a instalação de câmeras de vigilância em pontos estratégicos da cidade, a construção de um posto para o Batalhão de Patrulha Escolar na Praça Julio Farah e a construção de um novo posto da Polícia Rodoviária Estadual na PR-272, saída para Londrina.

Alguns comerciantes, que não participaram da audiência pública para os debates, se posicionaram nas redes sociais contra a construção do presídio.

 

Redação InformePolicial

Comentários Facebook

Política

Eleitores têm até 6 de maio para procurar cartório e regularizar situação eleitoral

Publicado

Para votar nas Eleições Municipais de 2020, os eleitores devem estar atentos ao prazo de 6 de maio, que é o último dia para regularizar a situação na Justiça Eleitoral. A partir do dia 7 de maio até o final da eleição, o Cadastro Eleitoral ficará fechado – período em que nenhuma alteração poderá ser efetuada no registro do eleitor –, sendo permitida somente a emissão da segunda via do título. Esse prazo é importante para que a Justiça Eleitoral tenha um retrato fiel do eleitorado que participará do pleito.
Diversos serviços podem ser solicitados diretamente nos cartórios eleitorais, sem a necessidade de intermediação de terceiros. São eles: emissão do título de eleitor, transferência de domicílio eleitoral, revisão dos dados e cadastramento biométrico, entre outros. Todos esses serviços são gratuitos.

Dia 6 de maio também é a data-limite para o cidadão procurar o cartório para pedir a mudança de domicílio eleitoral e regularizar sua situação, estando apto a exercer o direito de voto.

É possível verificar a regularidade do título acessando o Portal do TSE. Basta clicar em Serviços ao Eleitor e, depois, em Situação Eleitoral. As informações necessárias são nome completo e data de nascimento.

Leia mais:  Câmara de Curitiba promove audiência pública sobre reciclagem

Fonte: Blog Politica em Debate

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana