conecte-se conosco

Esportes

Após respaldo, Umberto Louzer teve tempo pra trabalhar e montar um novo Coritiba

Publicado

Tribuna Paraná-Luiz Ferraz

Contratado no início do segundo turno do Campeonato Paranaense, o técnico Umberto Louzer, depois de quatro meses à frente do Coritiba, já teve o tempo suficiente para mostrar a que veio. Prestigiado pela diretoria mesmo diante de atuações irregulares e de uma campanha de altos e baixos neste começo da Série B, o treinador pode trabalhar nesta intertemporada. Será quase um mês desde o duelo diante do Guarani, no mês passado, até a partida de terça-feira (9), diante do Criciúma, às 21h30, no Estádio Heriberto Hülse, em Santa Catarina.

Louzer substituiu Argel Fucks no final de fevereiro com um objetivo traçado pela diretoria: fazer do Coxa protagonista dos jogos. Algo que, de fato, não acontecia sob o comando do ex-treinador. Ainda no Campeonato Paranaense o Alviverde até teve uma certa melhora, mas não foi capaz de ser campeão estadual. O time chegou na final do segundo turno, mas perdeu a decisão nos pênaltis para a equipe alternativa do Athletico.

Já na segunda divisão, o treinador balançou, mas não caiu. As atuações irregulares e os resultados que deixaram a desejar fizeram o técnico ficar por um fio no comando. A derrota no clássico com o Paraná, em pleno Couto Pereira, quase foi a gota d’água para ele ser demitido. No entanto, a vitória sobre o Guarani deu sobrevida a Louzer, que segue com a confiança da diretoria.

Leia mais:  Entre o G-4 e o Z-4, Coritiba busca a primeira vitória fora para afastar crise antes da Copa América

Depois do duelo contra o Bugre, o comandante coxa-branca teve bastante tempo para trabalhar. Além dos oito dias de folga, serão quase mais três semanas até a próxima partida. Por isso, a expectativa é grande de que o Coritiba, já diante do Tigre, possa ter uma postura bem diferente daquela apresentada até agora.

Para fazer do Coxa, de fato, um protagonista, como a diretoria quer, Umberto Louzer tem dado ênfase aos trabalhos ofensivos nesta intertemporada. Apesar de ter o artilheiro isolado da Série B (Rodrigão, com sete gols), o time apresentou muitos problemas ofensivos. Não tanto pela falta de criatividade, já que foi o terceiro clube que mais finalizou a gol nas oito primeiras rodadas da Série B, mas sim pela escassez de qualidade para finalizar as jogadas.

“Nessa parada, o Umberto veio corrigindo o que precisava ajustar. Ele cobrou bastante o último terço do campo, a última decisão, aquele reflexo na partida e que pode refletir no resultado. E a gente sabe que futebol é resultado. A gente chegava bem na frente, mas não fazia os gols. A gente vem ajustando nessa parada para chegar bem na retomada da Série B”, cravou o meia-atacante Juan Alano.

Leia mais:  Vanderlei é o sexto reforço do Vasco para a temporada 2021

Outro problema detectado no Coritiba foi a falta de regularidade durante os 90 minutos. Em diversas jornadas, o Coxa não conseguiu ser linear e isso acabou custando melhores resultados.

“O Umberto trabalha muito isso, a posse, a hora certa para atacar, a hora para segurar. Ele cobra muito isso de nós nos treinos, para que nos jogos, quando o contra-ataque é nosso, a gente tenha calma e não venha a pecar. É ter mais paciência, fazer o que ele pede e na hora certa abrir os espaços no adversário”, arrematou o jogador.

Comentários Facebook

Esportes

Galo pronto para confronto contra o Bahia

Publicado


A equipe do Atlético fez neste sábado (24.07) o último treino para o jogo contra o Bahia, amanhã (25.07), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida será disputada no Mineirão, em Belo Horizonte, às 11h. Com 25 pontos ganhos, o Galo é o segundo colocado na tabela de classificação do campeonato, a três pontos do líder Palmeiras.

O confronto de amanhã será o de número 65 entre os dois times na história. O retrospecto é favorável ao Galo: foram 29 vitórias alvinegras, 19 empates e 16 vitórias do Bahia.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO X BAHIA
Competição: Campeonato Brasileiro 2021
Rodada: 13ª
Data: 25/07/2021 (domingo)
Hora: 11h
Estádio: Mineirão
Cidade: Belo Horizonte

Árbitro: Antonio Dib Moraes de Sousa (PI)
Árbitro Assistente 1: Rogério de Oliveira Braga (PI)
Árbitro Assistente 2: Márcio Iglésias Araújo Silva (PI)
4° Árbitro: Ronei Candido Alves (MG)
Analista de Campo: Marcio Eustaquio Sousa Santiago (MG)
Árbitro de Vídeo: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
AVAR: Carlos Henrique Cardoso de Souza (RJ)
Observador de VAR: Emerson Augusto de Carvalho (SP)

  Galinho | Após vitória na estreia, Sub-17 enfrenta o Corinthians pelo Brasileiro

Leia mais:  Arana do Atlético MG está focado em manter o embalo para seguir na luta pelo título

Fonte: https://agenciaesporte.com.br/proxy/atletico.php?slug=galo-pronto-para-confronto-contra-o-bahia

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana