conecte-se conosco

Geral

Zeca diz aceitar ser vice de Mauro, mas foca em composição de chapa majoritária

Publicado

Zeca Viana diz que pode acitar ser vice na chapa de Mauro Mendes, caso convite seja feito

Presidente regional do PDT e um dos principais apoiadores da pré-candidatura de Mauro Mendes ao governo, o deputado estadual Zeca Viana aceita compor como vice do democrata caso seja convidado. Ele, no entanto, garante que sua prioridade é a formação da chapa majoritária e acomodação de Adilton Sachetti (PRB) dentro do grupo em prol do ex-prefeito de Cuiabá.

A poucos dias para o fim do prazo das convenções, existe um impasse no grupo. Além de Sachetti, Carlos Fávaro (PSD) tenta conquistar a 2ª vaga ao Senado – a 1ª deve ficar com o pré-candidato Jayme Campos (DEM).

“Nós do PDT somos abertos e francos. Nós temos um a preferência pelo Adilton Sachetti e existe um pré-acordo entre o PSD e o DEM. Vamos sentar e vê se ajustamos essa questão, pois, nessas horas, não podemos deixar companheiro na mão”, enfatiza o pedetista, em visita a Barra do Garças, no sábado passado (21).

Vice

Embora afirme não ter pretensão em sair a vice de Mauro, Zeca disse que se tiver espaço, vai aceitar o convite. O nome do deputado surgiu como alternativa a relutância do ex-prefeito de Lucas do Rio Verde Otaviano Pivetta, em aceitar a reeedição da chapa formada em 2010, ao lado do democrata.

Leia mais:  4 Passeios divertidos e inusitados da África do Sul

“Não sou pré-candidato impositivo, que exige. Muito pelo contrário, na política temos que buscar onde encaixa os pauzinhos do tabuleiro para ganhar às eleições. Mas, se chamado, é óbvio que vou aceitar”, ressaltou.

Em Barra do Garças, Zeca Viana participou do lançamento da pré-candidatura do empresário Gordin Tur (PDT) à Câmara Federal. O parlamentar saiu às pressas para uma reunião ainda em Cuiabá para fechar a composição da chapa majoritária.

 

Fonte: RD News

Comentários Facebook

Geral

PF desarticula quadrilha que roubava funcionários dos Correios na Grande Curitiba

Publicado

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta a segunda fase da operação Mascarados, que tem como o objetivo de desarticular grupo suspeito de efetuar seis roubos contra funcionários dos Correios no ano de 2020, em Curitiba e Colombo, no Paraná. Os fatos criminosos ocorreram no mês de dezembro, quando um grande volume de mercadorias SEDEX são distribuídas pelos Correios, em razão das compras de natal.

Conforme foi identificado na investigação policial, os criminosos utilizaram arma de fogo para praticar o crime, abordando o carteiro e roubando o veículo de distribuição. A subtração dos objetos postais do veículo ocorria de forma rápida em um ponto ainda próximo ao local dos fatos, ocorrendo o transbordo para um veículo dos suspeitos. A divisão dos objetos roubados era realizada em uma das residências dos investigados, no município de Colombo/PR.

A prisão no dia de hoje ocorreu no município de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. O preso será indiciado pelo crime de receptação e roubo qualificado, cuja pena pode chegar a 15 anos de reclusão.

Leia mais:  Petrobras e estatal chinesa fazem parceria para investir no Comperj

O mandado judicial foi expedido 9ª Vara da Justiça Federa em Curitiba/PR.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana