conecte-se conosco

Curitiba

Servidores em greve fazem ato no Centro de Curitiba

Publicado

Em greve desta a última quarta-feira, 26 de junho, servidores estaduais fazem um ato unificado nesta manhã de segunda-feira, 1º de julho. Desde o começo desta manhã, caravanas do interior, com professores, funcionários de escolas e servidores de concentram na Praça Santos Andrade, em frente ao prédio histórico da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Segundo os grevistas, a paralisação completa 7 dias e atinge a quase 90% das escolas públicas estaduais. “Hoje é um dia importante. Nós estamos há quatro anos com os salários congelados e pedimos ao menos a reposição da inflação do último ano”, afirma Hermes Leão presidente da APP-Sindicato.

Por volta das 11h os manifestantes farão uma marcha até o Palácio Iguaçu, passando pela Avenida Marechal Deodoro, Marechal Floriano Peixoto e depois segue pela Avenida Cândido de Abreu até o Centro Cívico, onde servidores permanecem até à tarde durante a sessão da ALEP.

O objetivo do ato, segundo os organizadores, é pedir o apoio de deputados estaduais para que o governo negocie com os servidores. “Desde março estamos nos reunindo com o governo e não tivemos respostas, apesar das promessas do governador durante a campanha e após ser eleito. Diálogo se faz com respostas e não tivemos, por isso iniciamos a greve” afirmou Marlei Fernandes da coordenação do FES.

Leia mais:  Curitiba é o terceiro destino de negócios para estrangeiros

Setran

De acordo com a Setra, o trânsito está mais lento no entorno da Praça Santos Andrade, por causa de um protesto de servidores estaduais. A partir das 11h, eles seguem em passeata até a Praça Nossa Senhora de Salete, utilizando a João Negrão, Mal. Deodoro, Mal. Floriano, Barão do Serro Azul e Cândido de Abreu.

 

Comentários Facebook

Curitiba

Covid-19: remessa comCovid-19: remessa com 65,5 mil vacinas para crianças chega ao Paraná 65,5 mil vacinas para crianças chega ao Paraná

Publicado

A Sesa (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná) recebeu na madrugada desta terça-feira (18) mais 65.500 vacinas da Pfizer/BioNTech para crianças, de 5 a 11 anos, contra a Covid-19.

Esta é a segunda remessa direcionadA Sesa (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná) recebeu na madrugada desta terça-feira (18) mais 65.500 vacinas da Pfizer/BioNTech para crianças, de 5 a 11 anos, contra a Covid-19.

Esta é a segunda remessa direcionada ao público infantil e faz parte do 78º Informe Técnico do governo federal. O documento orienta os municípios a vacinarem seguindo a ordem de prioridades, começando pelas crianças com comorbidades e deficiências permanentes.a ao público infantil e faz parte do 78º Informe Técnico do governo federal. O documento orienta os municípios a vacinarem seguindo a ordem de prioridades, começando pelas crianças com comorbidades e deficiências permanentes.

As vacinas destinadas às crianças chegaram ao Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, às 23h10, e nos próximos dias serão distribuídas para as 22 Regionais de Saúde do Paraná.

Leia mais:  Caminhada pelas ruas de Curitiba pede um 'basta’ contra a violência racial

“Estamos só no começo ainda na vacinação deste novo público. Receberemos e vamos distribuir muitos lotes como este, para que, desta forma, consigamos atingir as mais de 1 milhão de crianças do Estado. Estou confiante de que, assim como foi com os adolescentes, teremos bastante comparecimento aos postos de vacinação”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

A imunização das crianças depende de consentimento dos pais ou responsáveis. Caso eles não estejam presentes no momento da vacinação, é necessário entregar uma autorização por escrito.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana