conecte-se conosco

Geral

PF combate fraudes previdenciárias em Campinas/SP

Publicado

Campinas/SP – A Força Tarefa Previdenciária de Campinas, composta pela Polícia Federal, Previdência Social e Ministério Público Federal, deflagrou nesta quarta-feira (4/7) a Operação Mixórdia, que investiga a obtenção fraudulenta de benefícios previdenciários e benefício de prestação continuada (LOAS), mediante a utilização de declarações e documentos falsos.

Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão em Sumaré. A ação contou com policiais federais e servidores da Coordenação Geral de Inteligência Previdenciária (COINP).

modus operandi inclui a omissão de componentes e suas rendas no formulário de declaração de composição do grupo familiar, a apresentação de comprovantes de endereço ideologicamente falsos e declarações inidôneas de separação de fato ou de ausência de renda.

As investigações continuam para determinar a quantidade de fraudes concretizadas e o montante efetivamente desviado.

Fonte: Comunicação Social da Polícia Federal em Campinas

Contato: (19) 3345-2269

Comentários Facebook
Leia mais:  MP-PR pede que decretos que permitem reabertura do comércio em Ponta Grossa sejam revogados

Geral

PF desarticula quadrilha que roubava funcionários dos Correios na Grande Curitiba

Publicado

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta a segunda fase da operação Mascarados, que tem como o objetivo de desarticular grupo suspeito de efetuar seis roubos contra funcionários dos Correios no ano de 2020, em Curitiba e Colombo, no Paraná. Os fatos criminosos ocorreram no mês de dezembro, quando um grande volume de mercadorias SEDEX são distribuídas pelos Correios, em razão das compras de natal.

Conforme foi identificado na investigação policial, os criminosos utilizaram arma de fogo para praticar o crime, abordando o carteiro e roubando o veículo de distribuição. A subtração dos objetos postais do veículo ocorria de forma rápida em um ponto ainda próximo ao local dos fatos, ocorrendo o transbordo para um veículo dos suspeitos. A divisão dos objetos roubados era realizada em uma das residências dos investigados, no município de Colombo/PR.

A prisão no dia de hoje ocorreu no município de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. O preso será indiciado pelo crime de receptação e roubo qualificado, cuja pena pode chegar a 15 anos de reclusão.

Leia mais:  Valentina Bulc expõe assédio de seguidor: “Machistas não passarão”

O mandado judicial foi expedido 9ª Vara da Justiça Federa em Curitiba/PR.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana