conecte-se conosco

Paraná

Pastor é preso no Paraná suspeito de estuprar criança de 5 anos

Publicado

destaque

Um pastor de 64 anos foi preso nesta sexta-feira (8) suspeito de estuprar uma criança de cinco anos, do próprio círculo familiar, em Londrina, na região norte do Paraná. De acordo com a PC (Polícia Civil), o crime aconteceu em 2020.

Ouvida pelo Paraná Portal, a delegada Lívia Pini, da PC, revelou que outra vítima se apresentou na Nucria (Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes) para relatar outro ataque do suspeito. Esse segundo caso teria acontecido há mais de 30 anos, quando a mulher ainda era menor de idade.

“Essa segunda vítima é uma vizinha dele, já adulta. Ela resolveu contar porque ficou sabendo dessa nova suspeita e quis reforçar o caso”, relata a delegada.

A prisão preventiva, ou seja, por tempo indeterminada, foi cumprida por dois motivos: o fato de existir mais de uma vítima e existir o risco do crime ser cometido novamente. “A vítima atual era do círculo familiar, tinha fácil acesso a ela. Nesse caso, tínhamos essas duas situações”, completa Pini.

SUSPEITO NÃO SE APROVEITAVA DA SUA FUNÇÃO COMO PASTOR, DIZ POLÍCIA

De acordo com a delegada Lívia Pini, não é possível afirmar que o homem não se aproveitava da função de pastor na Igreja para cometer os crimes. Apesar ser conhecido na região, os crimes têm um caráter mais “familiar” já que a segunda vítima se trata de uma vizinha. Ou seja, não há qualquer relação entre o trabalho desenvolvido por ele.

Para a polícia, o relatos das duas vítimas corroboram no acontecimento dos fatos, sendo que a criança de cinco anos foi ouvida com os familiares presentes.

“Existe um relato que teria possível outra vítima familiar e possibilidade de outras vítimas. Vamos fazer mais duas diligências, sendo uma delas o depoimento de suposta testemunha”, completa Pini.

Na teoria, a Polícia Civil tem até 10 dias para concluir o inquérito. A expectativa, no entanto, é que o resultado das investigações seja enviado até a próxima sexta-feira (15) ao MP-PR (Ministério Público do Paraná). O pastor já foi indiciado por estupro de vulnerável, que tem pena de 8 a 12 anos de prisão conforme o Código Penal.

Comentários Facebook
Leia mais:  Surfista teria sido atacado por pequeno tubarão no litoral do Paraná

Paraná

Paraná se aproxima dos 470 mil casos de Covid-19 e mortes já são 8.676

Publicado

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou neste domingo (10) 1.625 casos confirmados e 7 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 469.538 casos confirmados e 8.676 mortos em decorrência da doença.

Os casos deste informe referem-se à pacientes que estiveram ou estão com a doença entre 24 de outubro de 2020 e 8 de janeiro de 2021. Os casos por data de confirmação do diagnóstico, ou encerramento (fechamento) do caso no sistema estão distribuídos nos meses: janeiro de 2021 são 1.541, os demais de 2020 nos meses de outubro 1, novembro 24 e dezembro 59. O detalhamento completo está no arquivo csv.

INTERNADOS – 1.350 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. São 1.075 pacientes em leitos SUS (585 em UTI e 490 em leitos clínicos/enfermaria) e 275 em leitos da rede particular (140 em UTI e 135 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 1.251 pacientes internados, 458 em leitos UTI e 793 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

Leia mais:  Surfista teria sido atacado por pequeno tubarão no litoral do Paraná

ÓBITOS – A secretaria estadual informa a morte de mais 7 pacientes. São 4 mulheres e 3 homens, com idades que variam de 40 a 90 anos. Os óbitos ocorreram nos dias 8 e 9 de janeiro.

Os pacientes que foram a óbito residiam em: Ponta Grossa (3), Arapongas (2). A Sesa registra ainda a morte de uma pessoa que morava em cada um dos seguintes municípios: Ampére e Santa Mariana.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Sesa registra 3.741 casos de residentes de fora, 73 pessoas foram a óbito.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana