conecte-se conosco

Esportes

Palmeiras vence o Corinthians em Barueri

Publicado


Em seu sexto clássico disputado em 2022, o Palmeiras chegou à quinta vitória no duelo da noite deste sábado (23), contra o líder Corinthians, na Arena Barueri (com mando do Verdão), por 3 a 0, com gols de Gustavo Gómez, aos 14, e Rony, aos 18 do primeiro tempo, ambos de cabeça após cobrança de escanteio de Raphael Veiga, e depois com Dudu completando o placar, aos 25 da etapa final, após receber passe açucarado de Zé Rafael. Com este primeiro triunfo na competição, em jogo válido pela terceira rodada (quarto compromisso do Palmeiras no Brasileirão) o Alviverde chegou a cinco pontos – uma vitória, dois empates e um revés -, encerrando, desta forma, sua participação na rodada no G4.

Clique aqui para ver a ficha técnica, estatísticas e tudo sobre o jogo!

Os outros clássicos disputados em 2022 foram todos válidos pelo Campeonato Paulista, em uma sequência de três jogos seguidos, quando o Palmeiras enfrentou o São Paulo (vitória por 1 a 0 no Morumbi), o Santos (vitória por 1 a 0 no Allianz Parque) e o Corinthians (vitória por 2 a 1 no Allianz Parque); depois, na final do Estadual, enfrentou o São Paulo no Morumbi (revés por 3 a 1 – sendo esta a única vez que o time foi superado em clássicos neste ano) e, depois, novamente o Tricolor, no jogo de volta, desta vez no Allianz Parque (vitória por 4 a 0 e título paulista conquistado).

Curiosamente, tanto Gómez quanto Rony, autores dos dois primeiros gols do triunfo palmeirense por 3 a 0, só não haviam balançado as redes em clássicos contra o Corinthians e, agora, completaram a trinca com o adversário que faltava. O zagueiro paraguaio já havia pontuado contra o São Paulo pelo Brasileiro de 2018, e contra o Santos pelos Brasileiros 2019 e de 2021, enquanto o camisa atual 10 havia vazado o Tricolor no Morumbi, duas vezes, uma pelo Brasileiro e outra pelo Paulista de 2022; e havia feito gol sobre o Peixe na Vila Belmiro pelo Brasileiro de 2021.

O gol de Gómez sobre o Corinthians, que abriu o placar, aliás, foi o tento de número 50 do Palmeiras em jogos na Arena Barueri. Este foi o 29º jogo do Verdão no local, e chegou agora a 18 vitórias (acumula ainda sete empates e quatro derrotas). Além dos 52 gols marcados (com o de Dudu) na Arena Barueri, o Alviverde foi vazado 22 vezes no local.

E destes 29 jogos do Maior Campeão na Arena Barueri, este foi o primeiro clássico. Aliás, Palmeiras e Corinthians não se enfrentam fora da capital paulista desde 2011, quando mediram forças, em Presidente Prudente-SP, pelo Campeonato Brasileiro – vitória palestrina por 2 a 1, com gols de Luan e Fernandão. O Alviverde, inclusive, possui ampla vantagem atuando longe da cidade de São Paulo contra o seu maior rival, com 16 jogos, sete vitórias, oito empates e apenas uma derrota, além de 31 gols marcados e 19 gols sofridos. Curiosamente, o time palestrino não passou em branco no placar em nenhuma dessas 16 partidas.

  Palmeiras se reapresenta na Academia de Futebol com Menino, Kuscevic e coletivo

Leia mais:  Palmeiras bate o Coritiba fora de casa e segue lider.

O retrospecto geral do Palmeiras na Arena Barueri, inclusive, vem sendo pé quente. Os últimos quatro duelos (já com o de hoje) terminaram com vitória do Verdão. Os outros três duelos mais recentes no local foram vitórias todas por 1 a 0: Flamengo (Campeonato Brasileiro 2012), Oeste (Campeonato Paulista 2019) e Ceará (Campeonato Brasileiro 2021).

E não é só no cenário fora da capital que o Alviverde leva vantagem. Nos números gerais do Derby, o Palmeiras está ainda mais a frente: em 383 jogos disputados ao longo da história, são 136 vitórias palmeirenses, 116 empates, 131 derrotas, 542 gols marcados e 493 gols sofridos.

E quando se trata apenas de Campeonato Brasileiro, a vantagem também é verde, pois, pelo Brasileiro, ao todo, Palmeiras e Corinthians se enfrentaram 65 vezes com esta, e o histórico aponta 24 vitórias do Maior Campeão do Brasil contra 18 ocasiões em que foi derrotado – houve ainda 23 empates. O Palmeiras fica na frente também nos gols: balançou as redes alvinegras 84 vezes pela competição e foi vazado em 61 oportunidades.

Ainda nos aspectos individuais, o Dudu, com o gol marcado (o terceiro da partida), voltou a ser o artilheiro do atual elenco do Verdão em clássico, ao lado de Raphael Veiga, com 12 bolas na rede. Agora são três sobre o Corinthians, quatro sobre o Santos, e cinco diante do São Paulo. Já os 12 gols de Veiga em clássicos foram quatro sobre o Corinthians, quatro diante do Santos, e outros quatro frente o São Paulo.

E não foram apenas os jogadores. O técnico Abel Ferreira manteve ainda mais favorável seu ótimo desempenho em clássicos: este foi o 24º clássico disputado na ‘Era Abel Ferreira’, ou seja, desde que o português assumiu o comando do Verdão. Incluindo uma partida dirigida pelo seu auxiliar João Martins (o primeiro clássico da Era Abel, empate por 2 a 2 contra o Santos na Vila Belmiro pelo Brasileiro de 2020), são, ao todo, 12 vitórias, sete empates e cinco derrotas sofridas nos 24 jogos disputados. Apenas contra o Corinthians, este foi o sétimo clássico de Abel, com quatro vitórias, dois empates e uma única derrota.

Com o resultado, o Palmeiras reforçou também os seus bons números gerais na temporada. Por não ter sofrido gol nesta partida, a temporada 2022 saltou da quarta para a segunda posição dentre as menos vazadas da história do Palmeiras – com o jogo de hoje, a média foi a 0,58 gol sofrido por jogo (14 gols sofridos em 24 partidas), atrás apenas da temporada de 1972, com 0,54 (44 vezes em 81 jogos).

  Ceará busca o gol da vitória até o fim, mas fica no empate com o São Paulo, na Arena Castelão

Leia mais:  CSA-AL e CRICIÚMA-SC empatam pelo serie B

O JOGO

Com um primeiro tempo avassalador, o Palmeiras foi às redes duas vezes em um intervalo de cinco minutos, aos 14 e aos 18 do primeiro tempo, e lances praticamente idênticos: Veiga cobrou escanteio e, de cabeça, Gustavo Gómez e Rony marcara, respectivamente.

O Palmeiras foi a campo com: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez; Danilo, Zé Rafael e Raphael Veiga; Gabriel Veron, Dudu e Rony. No segundo tempo, o Verdão sentiu um jogo mais equilibrado, mas não deixou de ser o time que chegava com mais perigo ao ataque: criou oportunidades com Zé Rafael, que chutou uma bola no travessão, logo aos 2 minutos; depois, com Veron, aos 21.

Aos 25 da etapa final, ampliou o resultado para 3 a 0, com Dudu, que recebeu lindo passe de Zé Rafael, saiu em arrancada, ganhando da marcação, e finalizando sem chance para o goleiro Matheus Donelli (que entrou de última hora no clássico devido ao fato de Cássio ter sido cortado minutos antes de o jogo começar por apresentar sintomas gripais).

Após o terceiro gol, o Palmeiras ainda poderia ter chegado ao quarto gol com Rafael Navarro, que recebeu passe de Zé Rafael na entrada e, por pouco, não chegou antes do arqueiro corintiano. Depois, aos 45, novamente o Palmeiras teve boa chance, desta vez com Gustavo Gómez, que já havia marcado o seu: o paraguaio recebeu cruzamento na área e cabeceou por cima de Donelli, que ainda deu um toquinho para a bola ir para fora.

No segundo tempo, o técnico Abel Ferreira ainda promoveu as seguites alterações: o zagueiro Kuscevic entrou na vaga de Murilo, aos 32; depois, o lateral Mayke entrou no lugar do atacante Dudu, atuando como meio-campo, aos 39, mesmo momento em que o fôlego no ataque foi renovado com Wesley no lugar de Gabriel Veron, que vinha atuando como um meia-central, e Rafael Navarro no lugar de Rony. Por fim, Atuesta ainda substituiu Raphael Veiga na meia.

AGENDA

O Palmeiras volta a campo no dia 27/04 (próxima quarta-feira), quando enfrenta o Emelec-EQU, fora de casa, pela Libertadores, às 21h de Brasília. Em seguida, fará sua estreia na Copa do Brasil 2022 contra a Juazeirense-BA, no dia 30/04 (sábado), às 21h, novamente na Arena Barueri.

PALMEIRAS: ​Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo (Kuscevic, 32’/2ºT) e Piquerez; Danilo, Zé Rafael e Raphael Veiga (Atuesta, 42’/2ºT); Dudu (Mayke, 39’/2ºT), Gabriel Veron (Wesley, 39’/2ºT) e Rony (Rafael Navarro, 39’/2ºT). Técnico: Abel Ferreira.

Gols: Gustavo Gómez, 14’/1ºT (1-0), Rony (18’/1ºT) (2-0) e Dudu (25’/2ºT) (3-0)

Cartão amarelo (SEP): Gustavo Gómez.

fonte: https://www.palmeiras.com.br/noticias/palmeiras-vence-5o-classico-no-ano-apos-derby-em-barueri-e-sobe-na-tabela-do-brasileiro/

Comentários Facebook

Esportes

Timão treina de olho no duelo diante do Fluminense

Publicado

Na manhã desta quinta-feira (30), no CT Dr. Joaquim Grava, o Corinthians deu sequência na preparação para o próximo compromisso válido pelo Campeonato Brasileiro. No sábado (02/07), às 16h30, no Maracanã, o Timão visita o Fluminense pela 15ª rodada da competição.

Os atletas realizaram o aquecimento no Campo 1 e, em seguida, participaram de um trabalho de posse de bola em espaço reduzido sob as orientações do técnico Vítor Pereira. Depois, todos foram ao Campo 2 para uma atividade de enfrentamento e, por fim, os jogadores praticaram cruzamentos e finalizações.


Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

A novidade do dia foi a chegada do atacante Yuri Alberto. Ele teve o primeiro contato com os novos companheiros e realizou testes físicos no Lab R9. Mais tarde, no Universo SCCP, você confere uma entrevista exclusiva do novo reforço do Timão.

Amanhã (1º/07), novamente pela manhã, o elenco corinthiano fará o último treinamento preparatório para o duelo diante do Fluminense. À tarde, a delegação embarca para o Rio de Janeiro.

fonte: https://www.corinthians.com.br/noticias/futebol-masculino-timao-treina-de-olho-no-duelo-diante-do-fluminense

COMENTE ABAIXO:
Leia mais:  Elenco avança nos ajustes para encarar o Avaí

Fonte: Agência Esporte

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana