conecte-se conosco

Região Oeste

MPF recomenda que prefeitura não comece obra no aeroporto de Guaíra até finalização de estudo arqueológico

Publicado

G1 PR

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou que a Prefeitura de Guaíra, no oeste do Paraná, suspenda qualquer ação que envolva o início das obras de ampliação do aeroporto da cidade.

De acordo com o MPF, antes é preciso serem concluídos os estudos técnicos para proteger o sítio arqueológico que existe na região, que também é ocupado por uma comunidade indígena.

O MPF diz ainda que a medida de suspensão é até que seja formalizada uma consulta prévia e informada à aldeia sobre a ampliação do aeroporto, já que vai impactar a vida dos moradores.

A assessoria técnica especializada do MPF indica que toda a região e o entorno da localidade ocupada pela aldeia indígena Tekohá Jevy constitui área de significativo interesse arqueológico, com bens culturais que foram severamente impactados e podem voltar a receber novos impactos, caso uma medida de proteção definitiva não seja implantada de forma urgente.

A Prefeitura de Guaíra informou que ainda não foi notificada oficialmente. A recomendação do MPF diz que o município tem dez dias para se manifestar.

Leia mais:  Motorista morre e outra pessoa fica gravemente ferida em acidente na BR-277, diz PRF

Comentários Facebook

Região Oeste

Prefeitura e Câmara debatem início das atividades do programa Foz Conhecendo Foz

Publicado

O Executivo e o Legislativo municipal debateram a efetivação do programa Foz Conhecendo Foz, uma ação estratégica que visa fortalecer o turismo, gerar renda e emprego para centenas de trabalhadores afetados pela pandemia da Covid-19.

A reunião foi realizada na tarde de quarta-feira, 6 de janeiro, com a presença do vice-prefeito, Delegado Francisco Sampaio e da vereadora Anice Gazzaoui, presidente da Comissão de Turismo da Câmara e idealizadora do programa.

Também participaram da reunião o Secretário de Turismo, Paulo Angeli; a diretora de gabinete, Elaine Anderli; o presidente da LIGUIA (Liga Independente dos Guias de Turismo de Foz do Iguaçu), Carlos Alberto; o presidente da COOTRAFOZ, Vitalino Capeletto; e o presidente do SINPROVET (Sindicato dos Motoristas de Vans Escolares) Eudes Maurício Guiotto.

“Definimos alguns encaminhamentos de como será a parte operacional. O Programa terá início no dia 16 de janeiro às 09h da manhã com o primeiro start. Houve o cadastramento e com essas definições o programa entrará em operação”, explicou a vereadora.

“Essa iniciativa da Câmara, acatada pelo prefeito Chico Brasileiro, vai ajudar estes profissionais que tanto sofreram com a pandemia. Nosso objetivo é auxiliar essas pessoas, gerando emprego e renda e contribuindo com a retomada do turismo”, afirmou o vice-prefeito, Francisco Sampaio.

Leia mais:  Adolescente morre atropelado pelo pai com trator em colheita, em Serranópolis do Iguaçu

Inscrições

As inscrições para os profissionais seguem abertas e podem ser feitas na sede da Prefeitura, na Praça Getúlio Vargas, nº 280, Centro, no horário das 8h30 às 14h. Até o momento 116 profissionais do transporte escolar e 167 guias de turismo estão cadastrados.

O programa tem o objetivo de proporcionar, exclusivamente aos moradores de Foz do Iguaçu, visita aos atrativos turísticos. A ideia é contemplar quase mil profissionais do turismo e do transporte escolar que farão os passeios com a população local. A ação conta com auxílio da Secretaria Municipal de Turismo, responsável pela implantação do programa.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana