conecte-se conosco

Norte do Estado

Julgamento de dois PMs acusados de matar filho de ex-jogador do Londrina é adiado

Publicado

G1 PR

O julgamento dos dois policiais militares acusados de matar Raphael Bezerra da Silva, filho do ex-jogador Zequinha, que atuou no Londrina nos anos 80 e 90, que estava previsto para ocorrer nesta quinta-feira (13), em Londrina, no norte do Paraná, foi adiado.

De acordo com a defesa do policial Edney Ronaldo Gomes, um dos militares acusados pelo crime, o júri popular foi adiado porque a defesa do outro réu não compareceu, não foi tecnicamente intimada. Não foi marcada uma nova data para o julgamento.

O crime aconteceu em novembro de 2004. Os PMs respondem, em liberdade, por homicídio duplamente qualificado.

Raphael tinha 20 anos quando foi morto. Na época, Edney Ronaldo Gomes e Rangel Barbosa da Cunha faziam parte da equipe de Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone) e procuravam por criminosos que tinham roubado um carro, quando abordaram o jovem. Os disparos ocorreram em uma casa no Conjunto Ernani Moura Lima, na zona Leste.

Ao longo do processo, os PMs apontaram que os disparos ocorreram durante buscas a suspeitos e negaram excessos. Já a família de Raphael sempre disse que o jovem não tinha envolvimento com o roubo do veículo e era totalmente inocente.

Leia mais:  Homem é preso suspeito de matar ex-mulher e botar fogo em carro com corpo dentro, em Guapirama

O rapaz levou 14 tiros e morreu depois de ficar internado por 40 dias. Raphael jogava no time Sport Lisboa, de Portugal, e estava de férias em Londrina.

Outro policial suspeito de envolvimento no crime, Sérgio Fontanetti, foi absolvido. José Carlos da Silva, o ex-jogador Zequinha, morreu em 2013.

Comentários Facebook

Norte do Estado

Arapongas:Motociclista perde a vida após acidente na PR-444

Publicado

Um motociclista de 47 anos morreu após um acidente na tarde deste sábado (4) na PR-444 em Arapongas. Socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, Samu e da Viapar foram chamados por volta das 16h15, mas o homem não resistiu aos ferimentos.

Conforme testemunhas, a princípio, o motociclista que seria morador de Arapongas estava no Km1 quando teria desviado de um carro, porém atingiu um tambor que estava na rodovia, uma placa de sinalização, depois

caiu na canaleta, batendo a cabeça.

O local do acidente está em obras, tem uma faixa interditada, o tráfego segue em pista simples e foi instalado algumas lombadas pra controlar a velocidade.

As causas do acidente serão apuradas. O nome da vítima ainda não foi revelado.

Comentários Facebook
Leia mais:  Equipamentos de endoscopia furtados do Hospital Universitário de Londrina foram enviados para o exterior, diz polícia
Continue lendo

Mais Lidas da Semana