conecte-se conosco

Geral

DEM tenta desestabilizar Wellington Fagundes

Publicado

A safra de plantação política já começou. É a tentativa de meios tradicionais (criação de fatos mentirosos ou desabonadores sobre adversários), com nome novo (as tais fakenews).
Em Mato Grosso, é nítida a plantação do DEM, leia-se grupo de Jayme, que é o mais versado na política mato-grossense, tentando emplacar a ideia de que o PP e PTB vão apoiar Pedro Taques, e o MDB vai apoiar Mauro Mendes.

A ideia é simples. Esses partidos fazem parte da base de sustentação da pré-candidatura do senador Wellington Fagundes ao governo, a manobra é no sentido de desestabilizar Welligton e fazê-lo desistir da campanha. Por um lado, fortalece Mauro Mendes que é do seu partido, mas o plano mesmo é diminuir o número de candidaturas fortes ao senado. Isso porque, se Wellington continuar, ele terá um palanque forte com bons e competitivos candidatos ao senado.

Jayme quer menos rivais possíveis. Ele vetou o Sacheti e a Selma com Mauro,. Escolheu Fávaro, mas vai pedir votos à Leitão.

 

Muvuca Popular

Leia mais:  Lutando pelas palavras: Nazismo é de direita

Comentários Facebook

Geral

Eleições 2022: Ratinho Junior anuncia primeiras mudanças no secretariado

Publicado

Arquivo/Rodrigo Félix Leal/AEn

O governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), anunciou nesta quarta-feira (12) as primeiras mudanças no secretariado de olho nas Eleições de 2022. As trocas serão efetivadas na próxima segunda-feira (17).

O atual secretário-chefe da Casa Civil, Guto Silva (PSD), deixará o cargo para retomar o mandato como deputado estadual. Ele deve se lançar candidato à reeleição, ou concorrer à Câmara dos Deputados ou Senado Federal.

O posto dele será ocupado pelo atual secretário João Carlos Ortega, que chefiava a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas. A pasta agora será conduzida pelo ex-prefeito de Pato Branco Augustinho Zucchi (Podemos).

Outra mudança é na Chefia de Gabinete, que passará a ser conduzida pelo ex-presidente da AMP (Associação dos Municípios do Paraná) Darlan Scalco (PSDB). O atual chefe, Daniel Villas Bôas, assume a Superintendência de Relações Institucionais.

Sem mencionar as Eleições 2022, o governador Ratinho Junior afirmou que o objetivo das mudanças é reforçar o atendimento aos municípios e fortalecer o diálogo com o terceiro setor, o empresariado e com os outros órgãos.

Leia mais:  Poliana Ampessan - Ensaio Sensual

“Tenho plena confiança em cada pessoa que assume esses cargos. Fizeram excelentes trabalhos em seus postos anteriores”, disse ele, por meio da Agência Estadual de Notícias.

Outras mudanças são esperadas nas próximas semanas. O prazo limite para que os futuros candidatos às Eleições 2022 se afastem de cargos públicos é dia 1º de abril, seis meses antes do pleito.

Na lista de futuros candidatos estão os também secretários estaduais Ney Leprevost (Justiça e Família), Sandro Alex (Infraestrutura e Logística) e Beto Preto (Saúde).

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana