conecte-se conosco

Curitiba

Curitiba tem nova morte e quase 500 pessoas recuperadas após contaminação por coronavírus

Publicado

Boletim atualizado da Secretaria Municipal de Saúde divulgado nesta segunda-feira (4) confirmou uma nova morte e 28 novos casosde novo coronavírus em Curitiba. Atualmente, a capital paranaense registra o total de 26 óbitos e 651 pessoas infectadas com a covid-19. A mais recente vítima fatal da doença é um homem de 63 anos, que estava internado há duas semanas. A boa notícia é que o total de pacientes recuperados também aumentou, chegando a 483 pessoas.

Em transmissão feita pelo Facebook, a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak e a médica infectologista, Marion Burger informaram que desde o início da pandemia, 176 pessoas precisaram ser internadas em Curitiba devido a complicações em decorrência da covid-19. Hoje, a cidade ainda tem 55 pacientes hospitalizados, 30 deles em unidades de terapia intensiva (UTI) e nove em estado mais grave, que contam com o auxílio de ventilação mecânica para respirar

Ainda de acordo com o novo boletim, Curitiba já descartou 1.406 suspeitas da doença e ainda avalia outros 136 casos. Com relação às mortes, além dos 26 óbitos confirmados até agora, a secretaria investigou 139 mortes por suspeita de coronavírus – 132 foram descartadas e sete aguardam os resultados dos exames.

Leia mais:  Prefeitura começa a aplicar 55 mil testes em grupos prioritários

Números da covid-19 em Curitiba

651 casos confirmados
26 óbitos por covid-19
483 pacientes liberados do isolamento
1.406 casos descartados
136 casos em investigação

Coronavírus no Paraná

O Paraná confirmou mais uma morte e 48 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Conforme dados divulgados nesta segunda-feira (4), o estado já registrou 1.562 casos e 94 mortes por coronavírus. O óbito divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) é de mulher de 78 anos, de Paranavaí. Ela estava internada e foi morreu no domingo. A morte do homem de 63 anos também confirmada nesta segunda pelas autoridades de saúde de Curitiba não entrou nesta estatística. Das 1.562 pessoas que contraíram a doença no Paraná, 1.030 são consideradas recuperadas.

 

Comentários Facebook

Curitiba

Jovem que estava desaparecida foi assassinada em Curitiba

Publicado

Desaparecida desde outubro deste ano, a jovem Ana Carla Dalacosta de Menezes foi encontrada morta em Curitiba. O corpo já havia sido localizado na manhã do dia 10 do mês passado, mas só nesta sexta-feira (19) foi identificado.

Ana era moradora de Rolândia e foi considerada desaparecida após sair de casa informando que iria atrás de um emprego em Maringá. Alguns dias depois, ela teria sido vista em Apucarana.

No entanto, Ana viajou para Curitiba e foi brutalmente assassinada na capital paranaense. O corpo foi localizado em chamas às margens do Rio Belém, na Rua Sérgio Venci, por moradores da região. A Guarda Municipal foi chamada e controlou o fogo.

A Polícia Científica realizou a perícia e contratou que ela pode ter sido morta asfixiada, antes de atearem fogo no corpo.

Nos últimos dias, o pai da vítima divulgou nas redes sociais sobre o seu desaparecimento, pois estranhou que ela estava há muitos dias sem se comunicar com a família. Ao descobrir que havia um corpo no Instituto Médico Legal (IML), de Curitiba, que batia com as características de Ana Carla, familiares foram até a capital e com um exame de arcada dentária, conseguiram confirmar que se tratava dela. A família também reconheceu as roupas que ela usava.

Leia mais:  Campanha arrecada fundos para ajudar crianças em Curitiba

A Divisão de Homicídios segue com a investigação para tentar identificar o autor ou autores do crime. A motivação do crime ainda é desconhecida.

O corpo de Ana Carla após ser liberado, deverá ser encaminhado para Rolândia onde acontecerá o enterro.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana