conecte-se conosco

Esportes

Coritiba jogo pouco, empata com o Sport e completa cinco jogos sem perder

Publicado

O Coritiba empatou em 1 a 1 com o Sport, nessa quinta-feira (dia 1º) à noite, na Arena Pernambuco, pela 14ª rodada da Série B. Com o resultado, o time paranaense ficou em 4º lugar, com 23 pontos, mas pode perder posições até o final da rodada, no sábado. A equipe pernambucana está na 5ª colocação, também com 23 pontos, mas atrás por critérios de desempate

Com o resultado, o Sport completou oito partidas consecutivas sem perder – três vitórias e cinco empates. Como mandante, a série invicta do time pernambucano é ainda maior. A última derrota em casa foi na final do Campeonato Pernambucano – 2 a 1 para o Náutico. Já o Coritiba completou cinco jogos seguidos sem perder – três vitórias e dois empates.

Em relação ao desempenho, o Coritiba repetiu o fraco desempenho individual e tático apresentado na maioria das partidas nessa Série B. O time apresentou fragilidade na marcação, pouca criatividade no meio-campo e ataque quase inoperante. Os dez primeiros minutos da partida até empolgaram, com algumas boas tabelas. No entanto, os demais 80 minutos foram de pouco futebol e muitos erros.

TÉCNICO
Esse foi o 21º jogo do técnico Umberto Louzer no Coritiba, agora com 10 vitórias, 7 empates e 4 derrotas.

ESCALAÇÃO
O time paranaense não contava com seis jogadores: o goleiro Wilson, o meia-atacante Rafinha, o centroavante Rodrigão, o meia Giovanni, o lateral/meia Patrick Brey e o lateral-direito Felipe Mattioni. Giovanni e Rodrigão estavam suspensos. Os demais, em recuperação.

Louzer vinha usando o 4-1-4-1, mas dessa vez adotou o 4-2-3-1, com Luiz Henrique e Matheus Sales como volantes. A linha de três tinha Robson (esquerda), Thiago Lopes (direita) e Alano (centro).

O Sport não tinha o meia Leandrinho. O técnico Guto Ferreira também usou o 4-2-3-1.

Leia mais:  Hulk marca de novo e alcança artilharia da Libertadores

PRIMEIRO TEMPO
O Coritiba começou melhor, com Luiz Henrique e Alano trocando passes pelo centro e acionando os pontas (Robson e Thiago Lopes). O Sport foi dominado no início e levou o gol aos 10 minutos. Alano lançou Diogo Mateus na ponta-direita. Ele cruzou rasteiro e Robson fuzilou, na cara do gol: 1 a 0. O time pernambucano conseguiu equilibrar o jogo depois disso, mas atacou de forma desorganizada. Aos 35, a arbitragem acabou favorecendo o Coxa ao não marcar pênalti claro. A imagem do Sportv deixou claro que bola bateu no braço de William Matheus.

Aos 37, Walisson Maia saiu lesionado. Entrou Rafael Lima. O jogo só teve mais uma chance de gol nessa primeira etapa. E foi para o Coritiba. Aos 46, depois de bate e rebate, a bola sobrou para Alano, que mandou sobre o gol.

SEGUNDO TEMPO
O Coritiba recuou demais no segundo tempo e parou de jogar. Aos 10, saiu Luiz Henrique e entrou o volante Vitor Carvalho. O Sport aumentou a pressão e chegou ao empate aos 14 minutos. O ponta Guilherme (ex-Coritba) deu bom passe para o lateral Norberto (ex-Coritiba). Ele dominou na área e tocou para Hernane Brocador, livre, chutar. O centroavante (33 anos, ex-Paraná, Toledo e Flamengo) é o artilheiro da equipe pernambucana na Série B, com 7 gols em 14 jogos.

ESTATÍSTICAS
Nos 90 minutos, o Coritiba somou 11 finalizações (3 certas), 42% de posse de bola, 76% de acerto nos passes e 4 escanteios. O Sport obteve 10 finalizações (4 certas), 58% de posse de bola, 83% de acerto nos passes e 7 escanteios. Os números são do site Sofascore.

SPORT 1×1 CORITIBA
Sport: Mailson; Norberto, Cleberson, Thyere e Éder; Ronaldo e Charles (Yago); Yan Souza (Sammir), Ezequiel (Juninho) e Guilherme Augusto; Hernane Brocador. Técnico: Guto Ferreira
Coritiba: Muralha; Diogo Mateus, Walisson Maia (Rafael Lima), Sabino e William Matheus; Matheus Sales e Luiz Henrique (Vitor Carvalho); Thiago Lopes, Juan Alano e Robson (Wellissol); Igor Jesus. Técnico: Umberto Louzer
Gols: Robson (10-1º) e Hernane Brocador (14-2º)
Cartões amarelos: Robson, Rafael Lima, Muralha (C). Cleberson (S).
Árbitro: Vinicius Gomes do Amaral (RS)
Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE)

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
6 – Thiago Lopes cruza rasteiro. A zaga tira antes que Igor Jesus complete na pequena área.
7 – Escanteio. Luiz Henrique cruza. Sabino cabeceia no alto. O goleiro espalma.
10 – Gol do Coritiba. Diogo Mateus cruza rasteiro, na medida. Robson chuta de primeira e marca.
35 – Brocador divide com Wallisson Maia. A bola bate no braço de William Matheus. O árbitro não marca o pênalti.
46 – Thiago Lopes divide com Cleberson. A bola sobra na área. Diogo Mateus cruza e Robson cabeceia. O goleiro espalma. Alano pega o rebote e manda sobre o gol.

Segundo tempo
14 – Gol do Sport. Guilherme faz boa jogada e toca para Noberto, na área. Ele cruza rasteiro e encontra Hernane livre. Ele chuta e marca.
27 – William Matheus chuta de longe. A bola vai para fora.
30 – William Matheus cruza. Robson erra o cabeceio e perde boa chance.
31 – Norberto cruza da direita. Juninho cabeceia no centro. Muralha segura.
36 – Juninho solta a bomba da meia-lua. Muralha segura no centro.

Comentários Facebook

Esportes

Na estreia do Campeonato Paulista, Santos FC empata com a Inter de Limeira

Publicado


Na noite desta quarta-feira (26), o Santos FC realizou sua estreia no Campeonato Paulista e na temporada de 2022, diante da Internacional de Limeira, no Estádio Major José Levy Sobrinho. E no primeiro jogo do ano, o time santista empatou com o time da casa em 0 a 0.

No sábado (29), o time santista entra em campo pela 2ª rodada do estadual, e fará sua estreia na Vila Belmiro em 2022, diante do Botafogo-SP, às 11h00.

O jogo
A primeira etapa foi concentrada principalmente no meio campo, e as duas equipes criaram poucas chances de gol.

O Santos FC teve seu melhor momento no primeiro tempo aos 24 minutos. Gabriel Pirani colocou na grande área, e Marcos Leonardo chegou primeiro que a marcação, mas colocou a bola pela linha de fundo.

Antes do árbitro encerrar os primeiros 45 minutos, Gabriel Pirani recebeu cartão vermelho.

Na volta para a segunda etapa, o time santista voltou melhor. E antes do relógio marcar o primeiro minuto, Lucas Braga cruzou na área e Vinícius Zanocelo cabeceou com perigo, e a bola saiu ao lado da trave direita.

  Santos vence na estreia da Copa Sul-Americana e leva vantagem para o jogo da volta

Leia mais:  Para a final e para a história!

Aos 26 minutos, Marcos Leonardo é derrubado próximo a entrada da área, e ele mesmo vai para a cobrança. O camisa 9 capricha, e a bola passa muito próxima ao gol, batendo na rede pelo lado de fora.

O meia Bruno Oliveira realizou sua estreia ao entrar na vaga de Camacho, e aos 35 minutos, ele teve a chance de já estrear com um gol marcado. Marcos Leonardo envolve a marcação e toca para Bruno já dentro da área. Em velocidade, ele bate e a bola para na rede pelo lado de fora.

FICHA TÉCNICA
AA Internacional de Limeira 0 x 0 Santos FC
Local: Estádio Major José Levy Sobrinho (Limeirão), em Limeira, São Paulo.
Data: quarta-feira, 26 de janeiro de 2022
Horário: 19h00
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo
Assistentes: Luiz Alberto Andrini Nogueira e Mauro Freitas
Cartões Amarelos: Jhony Douglas e Léo Duarte (AAIL); Camacho (SFC)
Cartão Vermelho: Gabriel Pirani (SFC)
AA Internacional de Limeira: Lucas Frigeri; Léo Duarte (Celsinho), Rodolfo Filemon, Xandão e Rafael Carioca; Matheus Galdezani (Júlio Rusch), Jhony Douglas (Lima), Felipe Baxola e Geovane (Diego Tavares); Ronaldo Silva e Osman. Técnico: Vinicius Bergantin
Santos FC: João Paulo; Eduardo Bauermann, Luiz Felipe e Velázquez; Madson, Camacho (Bruno Oliveira), Vinícius Zanocelo, Gabriel Pirani e Lucas Braga; Marcos Guilherme (Vinícius Balieiro) e Marcos Leonardo (Ângelo). Técnico: Leandro Silva (auxiliar técnico)

  Em clássico movimentado, Santos e Palmeiras ficam no empate de 2 a 2

Leia mais:  Galo treina para clássico com o América

fonte: https://www.santosfc.com.br/na-estreia-no-campeonato-paulista-santos-fc-empata-com-a-inter-de-limeira/

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana