conecte-se conosco

Curitiba

Cerejeiras começam a florir no inverno de Curitiba

Publicado

Bem Paraná

O inverno curitibano, que vem oscilando suas temperaturas, já tem novas cores nas ruas. Desde o começo do mês as cerejeiras que estão nas ruas da Capital estão no início de suas floradas.

As cerejeiras ganharam visibilidade a partir de 1994, na primeira gestão do prefeito Rafael Greca, quando mudas enviadas como presente do imperador e da imperatriz do Japão foram tratadas, ambientadas e passaram a compor a arborização das praças da cidade.

Várias delas estão na Praça do Japão, onde também na primeira gestão de Greca foram instalados o Memorial da Imigração e o Portal Japonês.

Outro ponto importante do turismo da Capital, o Jardim Botânico, também tem diversas delas plantadas na entrada do parque, formando um corredor para o visitante.

Previsão

O inverno, que ainda está no seu primeiro mês nesta semana, deve ter mais uma onda de frio mais forte nos próximos dias. Nesta segunda-feira (15), uma frente fria provoca chuva em boa parte do Paraná. Durante o dia, as temperaturas já ficam amenas na parte Sul do Estado. Em Curitiba, a previsão é de oscilação entre 13 e 19 graus.

Leia mais:  Carro invade supermercado de Curitiba e deixa três pessoas feridas

A partir desta terça (16), uma massa de ar mais fria deixa as temperaturas mais baixas, com mínimas de 7ºC em Curitiba e no Sul do Estado. Na quarta (17), as mínimas podem ir a 4ºC no Sul por conta da grande cobertura de nuvens. O sol deve voltar a aparecer na quinta-feira (18).

Comentários Facebook

Curitiba

Defensoria Pública do Paraná emite recomendação aos postos de combustíveis sobre reajuste abusivo

Publicado

O Núcleo de Defesa do Consumidor (NUDECON) da Defensoria Pública do Estado do Paraná (DPE-PR) emitiu, nesta segunda-feira (14), uma Recomendação à entidade que representa os donos de postos de combustíveis do Paraná, o Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Derivados de Petróleo, Gás Natural, Biocombustíveis e Lojas de Conveniência do Estado do Paraná (Paranapetro).

O objetivo, segundo o Coordenador do Núcleo, Defensor Público Erick Lé Palazzi Ferreira, é coibir o abuso quando a Petrobrás anunciar reajustes. “O que se viu em vários casos na última quinta-feira foi uma prática abusiva, uma elevação injustificada dos preços”, explica o Defensor.

De acordo com ele, a Recomendação pretende barrar a prática de repassar o reajuste com produto comprado por preço velho. “Antes de ter sido repassado o aumento, os postos já estavam aplicando. O que fizeram foi pegar um produto mais barato e colocar o preço exorbitante”.

Segundo a Recomendação, os varejistas de combustíveis devem se abster de aumentar os preços antes da existência real de reajuste das distribuidoras. “Caso haja reclamações e comprovação sobre aumento excessivo de combustíveis pelos postos, o Nudecon adotará as medidas judiciais cabíveis, individuais ou coletivas, para areparação de eventuais danos”, afirma a Recomendação.

Leia mais:  Grupo de ciclistas arrecada roupas e cobertores para pessoas carentes no Centro de Curitiba

Na semana passada, a Petrobrás anunciou reajuste dos combustíveis. De acordo com a empresa, o aumento seria de 18,77% para a gasolina, 24,9% para o diesel e 16% para o gás de cozinha.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana