conecte-se conosco

Geral

Agricultura brasileira sabe que pode cumprir o Acordo de Paris, diz ministra

Publicado

Por Laís Lis, G1 — Brasília

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, afirmou nesta quarta-feira (3) que a agricultura brasileira está em condições de contribuir para que o Brasil cumpra as metas estabelecidas pelo Acordo de Paris, que visa combater as mudanças climáticas.

Em vigor oficialmente desde novembro de 2016, o Acordo de Paris tem como objetivo manter o aumento da temperatura média mundial “muito abaixo de 2°C”, mas “reúne esforços para limitar o aumento de temperatura a 1,5°C”, em relação dos níveis pré-industriais.

O acordo foi aprovado por aclamação por representantes de 195 países na COP 21, em dezembro de 2015.

As dúvidas sobre o cumprimento das metas pelo Brasil surgiram depois que o presidente Jair Bolsonaro deu declarações no sentido de que poderia retirar o país do tratado, caso ele não fosse alterado.

Na semana passada, porém, diante de pressão de países europeus, o presidente voltou atrás. Em reunião com o presidente Francês, Emmanuel Macron, sinalizou que o Brasil vai continuar no Acordo do Clima de Paris.

Leia mais:  Unicentro oferece 443 vagas remanescentes em cursos de graduação

No mesmo dia, Mercosul e União Europeia anunciaram que chegaram a um acordo comercial que vinha sendo negociado há 20 anos.

“O Acordo de Paris não causa nenhum tipo de problema para nós. A agricultura brasileira sabe que pode cumprir as metas do Acordo de Paris”, disse a ministra.

Comentários Facebook

Geral

PF desarticula quadrilha que roubava funcionários dos Correios na Grande Curitiba

Publicado

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta a segunda fase da operação Mascarados, que tem como o objetivo de desarticular grupo suspeito de efetuar seis roubos contra funcionários dos Correios no ano de 2020, em Curitiba e Colombo, no Paraná. Os fatos criminosos ocorreram no mês de dezembro, quando um grande volume de mercadorias SEDEX são distribuídas pelos Correios, em razão das compras de natal.

Conforme foi identificado na investigação policial, os criminosos utilizaram arma de fogo para praticar o crime, abordando o carteiro e roubando o veículo de distribuição. A subtração dos objetos postais do veículo ocorria de forma rápida em um ponto ainda próximo ao local dos fatos, ocorrendo o transbordo para um veículo dos suspeitos. A divisão dos objetos roubados era realizada em uma das residências dos investigados, no município de Colombo/PR.

A prisão no dia de hoje ocorreu no município de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. O preso será indiciado pelo crime de receptação e roubo qualificado, cuja pena pode chegar a 15 anos de reclusão.

Leia mais:  Balanço do semestre: quem ganhou, quem perdeu e o que esperar até o fim do ano

O mandado judicial foi expedido 9ª Vara da Justiça Federa em Curitiba/PR.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana