conecte-se conosco

Economia

Segurança Privada perde 10 mil vagas no Paraná em cinco anos

Publicado

Bem Paraná

De 2014 até agora o setor de segurança privada perdeu quase 100 mil postos de trabalho no País. No Paraná foram cerca de 10 mil postos perdidos no período. Os dados são da Federação Nacional das Empresas de Segurança e Transporte de Valores (Fenavist) que, nesta semana, divulgou o VI Estudo do Setor da Segurança Privada (VI Esseg). O relatório foi apresentado durante a 14ª Feira e Conferência Internacional de Segurança (ISC Brasil 2019), em São Paulo.

De acordo com o presidente do Sindicato das Empresas Privadas do Estado do Paraná (Sindesp-PR), Alfredo Vieira Ibiapina Neto, isso é reflexo da crise econômica e política no Brasil nos últimos anos. “Essa crise vem impactando muito o setor”, diz.

O Paraná tem atualmente 26.855 trabalhadores no setor de vigilância e transporte de valores atuando em 206 empresas. Em 2018 o setor faturou R$ 1,6 bilhão no Estado. O salário médio do vigilante paranaense é de R$ 1.736,87, o segundo maior do País.

Impacto
Os números do relatório comprovam que, apesar do aumento da criminalidade, o setor segue em queda. “A crise veio quebrar o mito de que a segurança privada cresce com a criminalidade”, analisou o presidente da Fenavist, Jeferson Nazário. Para ele, os resultados são ruins para o segmento, para a economia e para o governo. “Cerca de 80% do faturamento da segurança pública retorna para os governos municipal, estadual e federal em impostos e encargos sociais. Logo, o governo tem arrecadado menos também”, disse. Para Nazário, são menos vigilantes nas ruas ajudando a garantir a segurança da população e permitindo que os policiais atuem onde de fato são necessários, que é na segurança ostensiva.

Leia mais:  Ninguém acerta a Mega Sena; mas vem aí a Quina de São João

Aprovação de estatuto pode minimizar perdas
Segundo o presidente da Federação Nacional das Empresas de Segurança e Transporte de Valores (Fenavist), Jeferson Nazário, a aprovação do Estatuto da Segurança Privada poderia minimizar a queda no setor. “Ele vem regular e fortalecer a fiscalização da Polícia Federal nas empresas, porque existe um universo de clandestinidade muito grande”, explicou. O Projeto de Lei 4238/2012 reúne propostas envolvendo segurança em eventos, proteção da área externa de presídios, segurança de transportes coletivos e outras atividades, e está em trâmite.

Em abril a Polícia Federal realizou uma operação de fiscalização nas empresas de segurança. Segundo o Sindicato das Empresas Privadas do Estado do Paraná (Sindesp-PR), boa parte das empresas que atuam no Estado atuam ilegalmente. “O cliente mal avisado, que não está por dentro da situação, acaba contratando pelo preço (baixo). Muitas vezes, ele (cliente) coloca um meliante dentro de casa ou de sua empresa”, comentou o presidente do Sindesp-PR, Alfredo Vieira Ibiapina Neto na época da operação. Denúncias sobre empresas ilegais devem chegar à Polícia Federal.

Leia mais:  Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 34,4 milhões

Comentários Facebook

Economia

Caixa reduz juros e anuncia R$ 33 bi em estímulos para economia

Publicado

A Caixa Econômica Federal reforçou, em R$ 33 bilhões, as linhas de crédito para enfrentar a crise provocada pelo coronavírus. O dinheiro se somará aos R$ 78 bilhões anunciados na semana passada, o que totalizará R$ 111 bilhões em recursos injetados.

Os R$ 33 bilhões adicionais serão destinados a linhas de capital de giro para empresas, que ganharam reforço de R$ 20 bilhões; para a compra de carteiras (R$ 10 bilhões); para o crédito a Santas Casas (R$ 2 bilhões) e para o crédito agrícola (R$ 1 bilhão).

A Caixa também cortou as taxas de juros do cheque especial para pessoa física, do parcelamento da fatura do cartão de crédito, de capital de giro, de empréstimos para hospitais, para o Crédito Direto ao Consumidor (CDC) e para o penhor. Os juros reduzidos entrarão em vigor em 1º de abril para o cheque especial e o cartão de crédito. Para os demais produtos, as taxas já estão em vigor.

Os juros do cheque especial passaram de 4,95% para 2,90% ao mês. As taxas do parcelamento da fatura do cartão caíram de 7,7% ao mês (em média) para juros a partir de 2,90% ao mês. Para o capital de giro, as taxas máximas passaram de 2,76% para 1,51% ao mês. As taxas do CDC caíram de 2,29% para 2,17% ao mês. Os juros do penhor foram cortados de 2,1% para 1,99% ao mês. Nas linhas de crédito para hospitais, as taxas passaram de 0,96% para 0,8% ao mês

Leia mais:  Parceria visa aumentar emprego e renda em cidades com baixo IDH

O período em que o cliente pode ficar sem pagar as parcelas passou de 60 para 90 dias. A medida abrange o crédito a pessoas físicas, a pessoas jurídicas, a hospitais e o crédito habitacional para pessoas físicas e empresas.

Estados e municípios

O banco reforçou o volume de empréstimos para estados e municípios. A medida abrange os financiamentos com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e o Financiamento à Infraestrutura e Saneamento Ambiental (Finisa). De 2 a 17 de março, a Caixa empestou R$ 3,35 bilhões a governos locais, em 246 operações com 195 tomadores. Ainda estão em estudo outras 324 operações, no total de R$ 1,81 bilhão.

Conforme a Medida Provisória 927, o banco suspendeu o recolhimento do FGTS pelos empregadores em março, abril e maio. Quem não recolher pode parcelar o valor em até seis vezes, tendo o certificado de regularidade do FGTS prorrogado por 90 dias. O empregador que precisar suspender o pagamento precisará declarar as informações dos trabalhadores no aplicativo Sefip.

Micro e pequenas empresas

A Caixa anunciou uma linha de capital de giro para manutenção da folha de pagamento das micro e pequenas empresas. O valor não foi divulgado. O banco firmou parcerias para ampliação de linhas de crédito e para o suporte a pequenos negócios por meio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). A antecipação de recebíveis, quando o comerciante recebe adiantado o valor de compras com cartão de crédito, terá taxas reduzidas.

Leia mais:  Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 3 milhões

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana